sábado, 20 de fevereiro de 2021

João Victor Ferreira é o primeiro judoca DI faixa preta de Santa Catarina


João Victor Ferreira, 21 anos, autista, mora na cidade de Timbó, Santa Catarina, e é um judoca que tem em seu currículo um título de Campeão Mundial de Judô para deficientes intelectuais, o Judô DI. O título foi conquistado em 2017, quando tinha 17 anos.

Judoca dedicado, em 2020 João teve mais um grande desafio. Seu exame de graduação que foi realizado em duas datas: 24 de outubro os teóricos e 20 de novembro o Kata e outros módulos. João realizou os exames completos e foi aprovado.

"A Graduação do João foi de grande exemplo para todos que almejam a graduação superior, demonstrando que ser faixa preta foi  superado pelo "TER" a faixa preta. João foi dedicado e não se opôs em passar pelo processo de Graduação exigido por nossa Federação, superou todas as expectativas e deixou muitas pessoas emocionadas durante a realização do seu exame. Serve de exemplo para todos os futuros candidatos que, por vezes, alegam ter limitações e por isso não querer passar pelo processo de conquista da graduação superior. Se superar faz parte do processo de ser faixa preta", disse Miguel Leopoldino, Coordenador de Graduação da Federação Catarinense de Judô (FCJ). 

"Tenho certeza que o a promoção do João, irá fazer com que muitos outros venham a fazer parte da conquista da tão sonhada faixa preta. Ele realizou o seu exame de graduação e foi avaliado com os mesmos critérios dos demais candidatos e se superou executando corretamente sua avaliação em todas as etapas do processo", disse Ladi Julian, Presidente da Coordenação de Graduação da FCJ.

João é um judoca que se destaca em tudo que faz, uma pessoa que tem na superação de desafios o seu modo de viver. Tanto que foi destaque em uma matéria pra lá de bacana no site Autismo e Realidade.

"Nunca o resultado é somente de uma pessoa, são muitas pessoas envolvidas, tantas que nem se pode citar nomes, esta matéria muito bem redigida pela repórter do Autismos e Realidade esta sendo divulgada para dizer #nosestamosaqui #nosestamosaqui, não somente o João Vitor Ferreira, mas todos que estão neste movimento! Pais, atletas, professores, educadores, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, amigos, tios, colegas de treino, árbitros, vizinhos, repórteres, apoiadores anônimos, enfim: #nosestamosaqui", disse Giovani de Oliveira Ferreira, pai de João Victor e presidente da recém fundada Associação Brasileira de Judô Inclusivo (ABJI).

"Quero salientar aqui a importância do Prof. de Judô de Indaial- SC Prof. Pablo Batista, que foi o uke do João e foi a pessoa que o treinou para o exame com técnica, muito esforço e carinho, nosso muito obrigado de coração", complementou Giovani, em um compartilhamento em seu perfil nas redes sociais. Então ratificamos aqui essa informação.

João Victor é o primeiro faixa preta DI de Santa Catarina.

Colaborou com essa matéria Francielle Cecília, Assessora de Comunicação da FCJ.

#PraCegoVer

Um retângulo com cor de fundo predominantemente azul, do lado esquerdo superior os logotipos da Associação Brasileira de Judô Inclusivo (ABJI) e da Federação Catarinense de Judô (FCJ). Abaixo dos dois logotipos a inscrição "Campeão Mundial DI João Victor conquista a Faixa Preta". Do lado direito do retângulo a imagem de João Victor sentado,  com a mão direita fazendo o sinal de positivo e a outra mão apoiada na mesa. Ele veste uma camiseta azul clara com uma estampa na cor preta com os dizeres "Inclusão é Informação".

Por: Boletim OSOTOGARI 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria? Deixe um comentário!
Aproveite e seja um membro deste grupo, siga-nos e acompanhe o judô diariamente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada