sábado, 28 de março de 2020

F.P.Judô divulgou as primeiras aulas do projeto "Corrente do Bem".


A Federação Paulista de Judô acabe de publicar as primeiras aulas à distância do projeto "Corrente do Bem"  dos professores que estão com o nobre propósito de manter seus alunos na ativa durante esse período de quarentena.

Nesta primeira edição, aulas com os professores Alexandre Sebá, da A.D.C. Fábrica de Campeões de São Carlos, Fernando Catalano, do Circulo Militar de São Paulo e dos  irmãos Léo e Lairton Mansor, de São José do Rio Preto.

O objetivo da F.P.Judô é publicar mais vídeo aulas e ações que estão acontecendo por todo o estado de São Paulo, fazendo com que essa corrente do bem fique cada vez maior e fortalecida. 

Clique aqui e confira as primeiras vídeo aulas da "Corrente do Bem".

Por: assessoria de Imprensa da F.P.Judô


F.P.Judô lança a Corrente do Bem compartilhando ações positivas dos professores durante a quarentena.


Para manter os alunos ativos em tempos de quarentena vários filiados da Federação Paulista de Judô realizaram atividades on line para seus alunos.

Uma corrente do bem para manter os alunos com atividades lúdicas e específicas, visando minimizar o impacto dessa quarentena e mantendo os alunos ativos com a modalidade.

E a Federação Paulista de Judô conversou com alguns professores que se prontificaram a compartilhar suas ações com os demais filiados no site da entidade.

Será iniciada uma série de matérias visando divulgar essas ações, publicando cada treino ou ação específica desses professores.

Conforme dito no site a FP.Judô espera que essa crise de saúde mundial seja resolvida o mais breve possível. Enquanto isso não acontece, irão reforçar os elos dessa “corrente do bem” com todos!

Por: Assessoria de Imprensa da F.P.Judô

sexta-feira, 27 de março de 2020

Atletas da Associação de Judô Messias usam tecnologia para se manterem ativos em tempos de isolamento social



Os atletas da Associação de Judô Messias encontraram na tecnologia uma forma de se manterem ativos nessa época de isolamento social.

Usando a ferramenta Atlhlete Analyzer, o professor Mauricio  Neves, usando a função  planejamento, envia os treinamentos da semana para cada um deles.

O aplicativo envia alertas aos atletas lembrando do treinamento. Eles devem relatar no sistema o treinamento concluído. Automaticamente  o sistema envia um alerta ao professor,  que acessa a plataforma e interage com o atleta. 

Três vezes por semana, todos se reúnem online através da ferramenta Microsoft Teams  para um treinamento conjunto. Para aqueles que, por ventura, tenham algum imprevisto o treinamento é gravado e colocado nas duas plataformas: Analyzer e Teams, para posterior consulta.


Além disso os atletas estão aproveitando o tempo extra para analisar seus vídeos no sistema, gerando relatórios com informações importantes.

E na próxima semana os mais jovens, da classe sub 09 e sub 11 vão receber material para treinar em casa e depois enviar os videos  treinando com os pais.

Por: Mauricio  Neves - Associação de Judô Messias.


quarta-feira, 25 de março de 2020

Instituto Camaradas Incansáveis iniciam divulgação dos seus beneméritos.


Nesse momento de reflexão os Incansáveis vão aproveitar para reconhecer aqueles BENEMÉRITOS que mesmo sem treinar com o exército, contribuem para a prosperidade do Instituto.

O primeiro a ser reconhecido e Daniel Pinsky. Faixa preta de judo, formado por Chiaki Ishii, foi atleta e o principal gestor da Atlética da Getúlio Vargas (GV) durante os anos de ouro da organização. Atualmente, sócio de duas das principais editoras do Brasil, está liderando a edição do livro Incansáveis, sobre a trajetória do Instituto Camaradas Incansáveis (ICI). Mais ainda, sempre que necessário apoia as iniciativas sociais do ICI com garra absurda.

Pela sua vitoriosa trajetória nos esportes e nos negócios, e pela sua generosidade em apoiar o Coliseu e seus Incansáveis, ele e o primeiro BENEMÉRITO a ser homenageado. Daniel, aceite nosso muito, muito obrigado. Vamos com garra absurda e nós por nós sempre!

Por: ASCOM Instituto Camaradas Incansáveis


Reações de dirigentes e atletas do Judô sobre o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021


Com o agravamento contínuo da pandemia de COVID-19 (coronavírus), o Comitê Olímpico Internacional e o Governo do Japão anunciaram, nesta terça-feira, 24, o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021. O evento, que começaria em 24 de julho de 2020, será realizado até, no máximo, o verão de 2021, no Japão. A marca Tokyo 2020 será, contudo, mantida pelos organizadores.  
No Brasil e no mundo, atletas e dirigentes reagiram à decisão inédita na história dos Jogos Olímpicos que, em outras ocasiões, já foram cancelados por causa de guerras, mas, nunca haviam sido adiados.  
Confira abaixo algumas das principais reações:  
Marius Vizer - Presidente da Federação Internacional de Judô

“Eu sei que foi uma decisão difícil, porque a decisão afeta totalmente os atletas e o esporte, mas neste momento foi a melhor decisão para proteger todos. Concluindo, quero agradecer muito a sábia decisão do COI junto ao Governo do Japão, levando em consideração que todos nós, COI, Movimento Mundial do Esporte e Governos, não podemos lutar contra um inimigo invisível e imprevisível. 

Silvio Acácio Borges - presidente da CBJ 
“Eu acho que os últimos movimentos desde que o COB se manifestou levavam a esse cenário. É uma decisão sensata que veio ao encontro de uma expectativa de todos. Do ponto de vista das instituições, como o COI, comitê organizador, comitês olímpicos, federações internacionais e confederações vai impactar e vai exigir um novo contexto administrativo. Para o atleta, sobretudo, foi uma grande decisão. No geral, vejo de forma muito positiva esse adiamento. Não se poderia esperar algo diferente diante das consequências graves dessa pandemia.” 
Ney Wilson Pereira - gestor de Alto Rendimento da CBJ 
“A primeira palavra que me vem à cabeça é ippon! Foi um ippon! Não tinha a menor condição de adiar para esse ano ainda. Ninguém sabe o quanto tempo vai durar essa pandemia, quando os atletas voltarão a treinar normalmente. Os Jogos Olímpicos são para os atletas chegarem no ápice. É onde vemos as melhores lutas, as performances históricas e isso não seria possível dentro dessa realidade. Foi uma decisão sensata. Agora é aguardar o que a FIJ vai determinar para o calendário, regras de classificação e começar a replanejar a partir daí. Penso que só em meados de junho poderemos pensar nesse novo planejamento de forma mais concreta. Há muitas dúvidas ainda. Mas, é uma noticia que permite várias situações positivas. Atletas que estavam sem treinar, outros já sem esperança de se classificarem. Vai dar tempo para os atletas do mundo inteiro chegarem em condição de igualdade que é o mais justo nos Jogos Olímpicos.” 
Rafael Silva “Baby” (+100kg) - bronze Londres 2012 e Rio 2016
“Está todo mundo no mesmo barco esperando resolver isso da melhor maneira possível e acho que daqui a alguns meses vamos voltar ao normal, falar de treinamento, de competição, de classificação olímpica. É um momento de bastante união e tomara que sejam os Jogos para a gente comemorar a vitória sobre essa pandemia que está causando muita tristeza no mundo.” 

Sarah Menezes (52kg) - campeã olímpica Londres 2012 

“É uma notícia que muda tudo. Zera tudo e começa um novo ciclo. O lado bom é que é uma nova chance para todos, principalmente para mim, que passei um período bem difícil, voltando de lesão. E o lado ruim é por conta do que o mundo está vivendo hoje. Essa pandemia mudou os sonhos e a vida de muita gente. Eu pensava em parar com o Judô esse ano após os Jogos Olímpicos. Agora, com esse adiamento, vou continuar até lá. Depois eu penso de parar, de me aposentar em termos de competição. Mas, agora, é continuar sonhando e aproveitar essa segunda chance.  
Felipe Kitadai (60kg) - medalha de bronze Londres 2012 
“Eu acredito que essa medida foi a mais certa a ser tomada. Não faz sentido nenhum o mundo inteiro estar lutando para conter um vírus e, logo em seguida, sem saber quanto tempo ou se vai dar certo essa briga, juntar o mundo inteiro num lugar só e fazer uma grande festa. Seria uma decisão muito errada manter as Olimpíadas. Foi a melhor decisão para a humanidade. A gente nunca pode botar nada acima da saúde. Nossos princípios de humanidade têm que estar sempre ativos, não podemos esquecer disso nunca. Para 2021 o plano não muda. É ser campeão olímpico, dar meu máximo todos os dias. Tivemos uma grande vitória com esse adiamento e agora é trabalhar em cima dos erros e chegar lá em 2021 mais forte ainda.” 
Daria Bilodid (48kg) - ucraniana bicampeã mundial 
"Eu tinha mais medo do adiamento dos Jogos Olímpicos. Sempre sonhei com Tóquio 2020 desde a infância. Treinei muito e me preparei para este ano. E estou muito chateada. Mas, apesar disso, entendo que a saúde é mais importante do que todas as competições e agora a coisa mais importante para todos é cumprir as regras de segurança e ser saudável”, disse ao judoinside.com  
Naohisa Takato (60kg) - japonês tricampeão mundial e bronze Rio 2016 
“Aconteça o que acontecer, eu estou pronto para lutar”, em entrevista ao judoinside.com 
Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

Clubes apostam em plataformas digitais para manter atletas ativos durante a quarentena


Os Clubes e Associações de Judô estão apostando no poder das redes sociais para compartilhar treinamentos e manter seus atletas ativos e motivados durante o período de quarentena para combate ao Coronavirus. A medida busca reforçar as orientações da Organização Mundial da Saúde de isolamento social, sem deixar de lado a importância da prática de atividades físicas para a manutenção da saúde física e mental das pessoas.
Por meio das plataformas digitais, técnicos, professores, preparadores físicos, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas se conectam com seus atletas diariamente, passando dicas de treinos em lives no Instagram, por exemplo. Tudo que possa ser adaptados à realidade das salas de estar e quintais das residências, sem deixar de lado a efetividade e a segurança na realização dos exercícios.
O Minas Tênis Clube lançou uma série de atividades por meio da #MinasComVcEmCasa para estimular seus atletas, de todas as modalidades, a se exercitarem em casa. Os instrutores da academia, em conjunto com professores da Gerência de Educação do clube, produzirão semanalmente aulas de yoga, dança, pilates, exercícios com peso, entre outros. Todo o conteúdo produzido será divulgado nas páginas do Instagram e Youtube do Minas e todos poderão ter acesso. No Judô, os técnicos Fulvio Miyata e Luciano Corrêa lançaram os desafio WOD para contribuir na preparação física dos judocas durante a quarentena. 
A Sogipa, casa de muitos judocas da Seleção, também apostou em suas plataformas digitais para manter seus atletas ativos e entreter seus sócios. Através do programa “Sogipa em Casa”, o clube vai disponibilizar diariamente vídeoaulas com treinos de judô, boxe, yoga, entre outras modalidades esportivas, tanto para seus atletas e associados, quanto para o público geral, reforçando a importância de todos permanecerem em suas casas.
“O momento é de crise, é um momento importante, mas o mais importante é a sanidade mental, física e nos manter bem alimentados. O Cuidar está a disposição de todos, em via remota. Os treinos já estão sendo enviados, mas é preciso que vocês cumpram os treinamentos”, ressaltou Rosicleia Campos, coordenadora do Judô feminino da Seleção e treinadora do Judô do Flamengo, em vídeo publicado em sua conta no Instagram. O clube carioca está enviando virtualmente uma rotina de treinos e exercícios para todos os seus judocas.
Já o Instituto Reação lançou a campanha #ReaçãoOnline, que conta com uma série de desafios e vídeoaulas diárias, com a participação de judocas convidados para ministrar e ensinar as atividades direto de suas casas. Todas as manhãs é divulgado um novo #DesafioReação focado exclusivamente na prática do Judô, para crianças e adultos.
Vale ressaltar a importância dos treinos serem acompanhados por uma rotina alimentação saudável, para que se possa aproveitar ao máximo as atividades propostas. Manter o sono em dia, se hidratar antes e durante o treinamento e realizar os exercícios de forma adequada são cuidados essenciais para manter sua segurança e bem estar.
Por: assessoria de Imprensa da CBJ

terça-feira, 24 de março de 2020

Comitê Olímpico Internacional confirma adiamento das Olimpíadas para 2021

Primeiro ministro japonês Shinzu Abe

O Comitê Olímpico Internacional (COI) confirmou em teleconferência nesta terça-feira (24) o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021. O órgão se mostrava relutante com a possibilidade do adiamento, mas conforme o alastramento da pandemia do novo coronavírus acontecia, as chances de tudo estar normalizado para julho eram praticamente nulas.

Diante da pressão internacional, o COI adotou uma medida inédita na história dos Jogos. 

Até então, os jogos haviam sido cancelados três vezes, todos em decorrência da primeira e segunda guerra mundial. Será a primeira vez em 124 anos da era moderna que uma edição será "cancelada" por outro motivo.

O pedido de adiamento partiu do primeiro ministro japonês, Shinzo Abe, que entrou em contato com o presidente do COI, Thomas Bach. Quanto a edição de 2024 em Paris, não há qualquer alteração relativa à data dos Jogos.

Por: Jornal do Comércio

COB reforça orientações e recomendações aos atletas sobre cuidados com o Coronavirus


O Comitê Olímpico do Brasil distribuiu aos atletas do Time Brasil, nesta segunda-feira, 23, cartilha com uma série de recomendações reforçando os cuidados necessários para se proteger do Coronavírus, além de orientações sobre a saúde física e mental dos atletas em quarentena.
O documento endossa as medidas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde, como higiene básica adequada, isolamento social e uma dieta nutricional que fortaleça o sistema imunológico.
Com o fechamento de clubes e academias por todo o Brasil, atletas de diversas modalidades, entre eles os judocas da seleção brasileira, se viram obrigados a refazer o planejamento de treinos e adaptá-los à realidade do isolamento social.
#EuTreinoEmCasa
Ao longo da última semana, diversos atletas usaram suas redes sociais para compartilhar a nova rotina de atividades em casa. Da mesma forma, a CBJ lançou a campanha #EuTreinoEmCasa, estimulando os judocas de todo o Brasil a seguirem as recomendações das autoridades sanitárias de evitarem aglomerações e respeitar o isolamento social. 
A medalhista olímpica Mayra Aguiar (78kg), por exemplo, contou com a ajuda da sua irmã, Hellen, nas atividades físicas realizadas dentro do seu apartamento, em Porto Alegre.
Já o casal Aléxia Castilhos (63kg) e Eric Takabatake (60kg) estão em quarentena juntos e aproveitam para realizar seus treinos em dupla.
Enquanto isso, a campeã olímpica Sarah Menezes compartilhou, em suas redes sociais, exercícios educativos para animar a quarentena das crianças, as ajudando a evoluir na prática do Judô com objetos improvisados de sua residência, como uma cadeira.
Diversos outros atletas do Judô brasileiro estão compartilhando seus treinamentos com a hashtag #EuTreinoEmCasa. A iniciativa visa reforçar a importância de se manter em casa durante a quarentena, utilizando seu tempo livre para se exercitar, cuidando, assim da sua saúde e do seu corpo. 
É importante reforçar que os treinos dos atletas de alto rendimento são feitos exclusivamente para eles de acordo com a necessidade e especificidade fisiológida de cada atleta. Portanto, não devem ser reproduzidos por outras pessoas sem a orientação de um profissional de educação física. 
Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

domingo, 22 de março de 2020

Shihan deixa seu recado para clientes parceiros e fornecedores!


Caros clientes, parceiros e fornecedores,
A situação que estamos enfrentando por conta do coronavírus (COVID-19) é muito séria. Continuamos com a crença de que este momento exige muita serenidade e também, muita responsabilidade.
Com a evolução da epidemia e visando preservar a saúde de nossos colaboradores, clientes e parceiros, decidimos fechar nossa loja por 10 dias. Retornando dia 01/04, se necessário estenderemos o prazo, e avisaremos com antecedência.
Sabemos que todas as mudanças na rotina trazem medo, principalmente aquelas que nunca vivemos, mas também muito aprendizado. Apesar dessa situação, precisamos continuar unidos, responsáveis e principalmente solidários. É hora de nossas casas ganharem um novo significado.
Quando tudo isso passar, estaremos de braços abertos para recebê-los novamente em nossas lojas.
Agradecemos,


SHIHAN ARTIGOS ESPORTIVOS LTDA.

A Shihan faz parte da equipe de sponsors do Boletim OSOTOGARI.




sábado, 21 de março de 2020

21 de março, dia da Síndrome de Down


Hoje, 21 de março, é comemorado o Dia Internacional da Síndrome de Down. Uma data importante para sempre lembrar a importância da inclusão das pessoas com Down.

"O Dia Internacional da Síndrome de Down tem como objetivo conscientizar as pessoas sobre a importância da luta pelos direitos igualitários, o seu bem-estar e a inclusão das pessoas com Down na sociedade. Todos deviam ter a oportunidade de conviver com essas pessoas que são anjos na terra, sou um privilegiado", disse o professor de judô da equipe da APAE de Americana, Junior Suraci, que treina uma equipe de 18 alunos. 

Suraci promove há dois anos o "Torneio de Judô Para Todos de Americana", um evento que reúne judocas portadores de necessidades especiais, incluindo Down e que faz muito sucesso entre a garotada participante.

Para comemorar essa data, vamos deixar aqui o link para a documentação fotográfica da edição de 2019 do "Torneio de Judô Para Todos de Americana". 


Por: Boletim OSOTOGARI

sexta-feira, 20 de março de 2020

Boletim OSOTOGARI: Vídeo traduzido para PT-BR viralizou e ultrapassa 1 milhão de visualizações em três dias


Recebemos um vídeo de uma amiga,  a Amanda Avelar, que está morando na Itália, e junto com o vídeo, ela enviou a tradução.

O Gabriel Galvão Monteiro, produtor audiovisual do Boletim OSOTOGARI reeditou o vídeo, incluindo a legenda traduzida para o português brasileiro e publicou em seu canal particular no youtube (@gabrielmonteirofilmes), para compartilhar a mensagem contida neste audiovisual, que achamos pertinente e importante.

Em três dias ultrapassamos 1 milhão de visualizações! Uma tradução para o português de um vídeo italiano, com um ponto de vista muito peculiar do momento que estamos passando. Para muitos, muitos mesmo, uma mensagem de esperança, uma forma de mostrarmos o que estamos fazendo com o planeta e conosco mesmos. Para outros, uma simbologia de esquerda, ou da famosa "nova ordem mundial". 

Interessante os vários pontos de vista em cima de um mesmo tema. Cada um absorve à sua maneira o conteúdo. Para nós, uma experiência nunca vivida antes. Tanto no âmbito da atual crise, que nos fez repensar muitas formas de enfrentá-la, quanto no âmbito de produtora de conteúdo que somos, pois nunca imaginaríamos que essa mensagem chegasse à tantas pessoas. Comemoramos a façanha de termos contribuído para a disseminação dessa mensagem para tantas pessoas. Mas lamentamos que tenha sido por um motivo e momento triste que assola o mundo.

Vamos torcer para que cada habitante deste planeta faça a sua parte e que a propagação do covid-19 seja interrompida o mais rápido possível, para então, seguirmos em frente com nossas vidas, sem nunca se esquecer da lição aprendida e sem repetir os mesmos erros.

Em tempo: Este vídeo não foi monetizado, pois não tínhamos essa intensão. Consideramos um serviço de utilidade de saúde pública.

Por: Boletim OSOTOGARI


Instituto Camaradas Incansáveis firma parceria com a Mitti


O Instituto Camaradas Incansáveis (ICI) firmou oficialmente nesta quinta-feira, 19 de março, uma parceria com a Mitti Kimonos, que passa a ser a fornecedora oficial de kimonos para os Incansáveis da Vila Pompéia.

Segundo o presidente do ICI, Rodrigo Motta, essa oficialização vem selar uma parceria que já existe há alguns anos, visto que os judocas competidores do ICI já utilizam os kimonos da marca nos eventos nacionais e internacionais. 

A Mitti possui como missão a inovação e alta qualidade em acabamento e caimento em sua linha de produtos, cujos moldes são inspirados nas tradicionais marcas japonesas.

Junto com a oficialização da parceria, o ICI comemora os cinco anos de parceria com o Boletim OSOTOGARI, que cuida de toda divulgação das ações realizadas, sejam elas esportivo sociais, empresariais, literárias e acadêmicas.

"O ICI agradece o profissionalismo e lealdade do valente boletim OSOTOGARI ao longo desses anos de sólida parceria. Seguiremos trabalhando em conjunto com a certeza de que a turbulência irá passar e a prática de esportes é fundamental para a população em todos os momentos em especial para superar os momentos mais difíceis. Vamos com garra absurda", disse Motta.

O ICI e a Mitti Kimonos fazem parte da equipe de sponsors do boletim OSOTOGARI.

Por: Boletim OSOTOGARI


quinta-feira, 19 de março de 2020

Projeto Judô Social Núcleo Jd. Keralux - COVID 19


Tendo em vista a necessidade de prevenir a disseminação do Coronavírus, a Secretaria Municipal de Educação, divulgou nota na última semana de que as escolas da rede municipal devem paralisar totalmente as aulas até o dia 23 de março.

Sendo assim, segundo a coordenação da EMEI Professora Leila Maria Fonteles Farias, até a próxima sexta-feira, 20 de março, será orientado aos pais e responsáveis que não mandem as crianças para a escola nesta semana, se possível, e que a partir do dia 23 de março a escola estará fechada por tempo indeterminado.
A nota completa pode ser lida aqui: https://educacao.sme.prefeitura.sp.gov.br/secretaria-municipal-de-educacao-suspende-atividades-dos-centros-educacionais-unificados/

“É muito importante cuidar dos nossos alunos nesse momento. É da nossa responsabilidade e da coordenação da escola zelar pela saúde e bem estar delas”, declarou o professor Roberto. 

A iniciativa do projeto também está em consonância com as diretrizes da diretoria da ArcelorMittal Aços Longos que ‘solicitou a suspensão de TODOS os projetos de educação, cultura, esporte e promoção social até o final de abril’ para evitar a propagação da pandemia. 

Aproveitamos também para informar que o lançamento oficial do projeto que estava previsto para o mês de abril também será reavaliado pela coordenação da entidade nos próximos dias, uma vez que será necessário acompanhar os desdobramentos da situação do COVID-19. 

Em oportuno momento a coordenação da EMEI Professora Leila Maria Fonteles Farias e do projeto Judô Social irão retomar as atividades no Núcleo Keralux. 

Por: Atleto Consultoria


No período de quarentena, ICI baixou preço da Trilogia Uruwashi


Exclusivamente no período de quarentena, para ajudar o brasileiro a passar com erudição esse momento difícil que assola o mundo, o Instituto Camaradas Incansáveis (ICI) abriu uma promoção de vendas da Trilogia Uruwashi. 

Qualquer um dos volumes (Uruwashi 1, 2 ou 3) por R$ 110,00 com frete grátis.

"Livros com preços para dar acesso ao conhecimento e as pessoas não pararem de estudar o judô", disse o presidente do ICI Rodrigo Motta.

Quer adquirir seu exemplar? Fale com o Motta! E-mail: rodrigo-motta@uol.com.br

Por: Boletim OSOTOGARI



Banzai Kimonos entra em recesso, no retorno prepara uma grande promoção!


A Banzai Kimonos, atendendo e entendendo a atual situação do problema de saúde mundial, anuncia que estará em recesso a partir de 20 de março, com previsão de retorno em 05 de abril, ou até segunda ordem das autoridades de saúde.

Mas já avisa que no retorno, realizará uma grande promoção.

A Banzai Kimonos é integrante da equipe de sponsors do boletim OSOTOGARI.

Por: Boletim OSOTOGARI


quarta-feira, 18 de março de 2020

Judô do Country Club Valinhos realizará Ensino à Distância durante Plano Contingencial de Ações Preventivas ao COVID-19


Tendo em vista a presente ameaça que a propagação do Covid-19 representa para a saúde e bem-estar dos associados, funcionários, arrendatários, visitantes e a sociedade como um todo, a Diretoria-Executiva do Country Club Valinhos, com base nas recomendações das autoridades de saúde do país, adotou procedimentos com o propósito único de preservar a vida e proteger a nossa sociedade e evitar a exposição e a aglomeração nas dependências do clube, até que esta situação se normalize.

Dentre as atividades suspensas no clube, as aulas de judô, por motivos óbvios, foi uma das modalidades que tiveram as aulas suspensas. 

Então, para que os alunos não percam totalmente o "embalo" das aulas que vinham acontecendo, inclusive com um shotyugueiko realizado há doze dias, os professores Gabriel Galvão Monteiro e Everton Monteiro resolveram desenvolver um programa de Estudo à Distância para os alunos.

"Passaremos um período sem as aulas presenciais, mas teremos a opção de mantermos todos aprendendo de uma forma diferente, e que servirá de base para quando as aulas presenciais voltarem", disse o professor Gabriel, que além de professor de judô é produtor audiovisual e sócio no Boletim OSOTOGARI, uma produtora geradora de conteúdos esportivos e mídia, com ênfase no judô.

Os primeiros módulos estão sendo gravados e a previsão é de que a primeira aula, de um total inicial de 10, será publicada nesta quinta-feira (19).

O grupo do judô countrysta terá à disposição um canal exclusivo para o EAD, onde conhecerão inicialmente a história do judô e fundamentos técnicos. Posteriormente o plano é ter aulas de kata e muito mais. 

"Com a paralisação de todas as atividades, por conta do combate ao surto do Covid-19, ficamos em casa, trabalhando em nosso estúdio. Então, pensamos em fazer esse projeto que irá ajudar nossos alunos a se manterem de uma forma diferente ligados ao judô. Administraremos daqui da produtora. A princípio ficamos chateados com a suspensão das aulas, pois os alunos estavam num ritmo muito bom. Mas isso foi necessário para que consigamos passar por esse problema crônico de saúde com sucesso. Com o EAD, manteremos todos motivados, pois o conteúdo que apresentaremos é muito rico e de excelente qualidade", disse o professor Everton.

As aulas serão publicadas de segunda à quinta, sempre no horário da primeira turma do judô countrysta, assim, poderão se programar para assistir as aulas de EAD no mesmo dia e horário de suas aulas presenciais que estão suspensas. E poderão assistir quantas vezes quiser!

Com isso, contornaram um problema com uma solução que irá atender os alunos, sem que corram o risco de saírem de suas casas, seguindo assim as recomendações das autoridades de saúde.

Agora é assistir as aulas, aprender bastante e torcer para que o  surto seja contido o mais rápido possível.

Por: Boletim OSOTOGARI.




Angola: Clube Judo Elite consagra-se campeão da 10 ª edição da Taça Nacional Março Mulher


O Clube Judo Elite, localizado no Kilamba, na Arena Sannus, com polus no Benfica, patriota e Nova Vida, consagrou-se campeão na classe Sénior, da 10.ª edição da “Taça Nacional Março Mulher”, campeonato realizado no pavilhão Serra Van-Dúnem, no Huambo.

Ao PLATINALINE, Euclides Ricardo, treinador do clube, fez saber que em trabalho colaborativo com o técnico Wilfridiano Neto, levou para o campeonato 18 atletas que mostraram o que de melhor sabem fazer na modalidade do Judo.

“Sentimo-nos honrados em participar pela primeira vez num campeonato com esta dimensão e trazermos para casa o troféu. É uma sensação muito satisfatória, sendo que fomos nos preparando desde Janeiro, isto dá-nos a sensação de dever cumprido”, disse.

Para os próximos meses, o treinador destacou que os atletas vão se preparar para os campeonatos provinciais, nacionais e quem sabe conquistar o Open de África.

Por: Stella Cortêz - Angola

terça-feira, 17 de março de 2020

F.P.Judô notifica suspensão das atividades


A Federação Paulista de Judô emitiu um comunicado oficial nesta segunda-feira, 16 de março, informando a suspensão de todas as atividades da entidade. 

A resolução atendeu as orientações dos órgãos Federais, Estaduais e Municipais e será mantida até novas determinações governamentais. 

A exceção será a realização da Assembleia Geral Extraordinária e Ordinária que acontecerá em 19 de março, por exigência estatutária.

Clique aqui e confira o comunicado oficial.

Por: Boletim OSOTOGARI


Federação Gaúcha de Judô suspende atividades por 15 dias


Comprometida com a saúde de todos os seus filiados e seguindo recomendações das autoridades sanitárias, a Federação Gaúcha de Judô comunica que está suspendendo, por 15 dias, todas as suas atividades e eventos programados. A medida começa a valer nesta segunda-feira, 16 de março.
Desta maneira, o curso de oficial de mesa e súmula, a clínica de arbitragem e a reunião técnica, agendadas para o próximo fim de semana, estão suspensos, ao contrário do que havia projetado a FGJ na última sexta-feira, quando salientou que mudanças poderiam ocorrer conforme os desdobramentos da pandemia do novo coronavírus.
Da mesma forma, também não será realizada a seletiva para o Campeonato Brasileiro Regional, em 28 de março. O torneio foi suspenso pela CBJ, assim como todos os eventos do calendário nacional até 30 de abril. Ação semelhante já tinha sido adotada pela Federação Internacional de Judô, com relação ao circuito mundial.
“Trata-se de uma medida que, naturalmente, nós não gostaríamos de tomar, mas é, acima de tudo, visando a saúde da comunidade judoística gaúcha”, destacou o presidente da FGJ, César Cação. “Estamos acompanhando e seguindo as recomendações dos órgãos de saúde, esperando retomar a normalidade o mais breve possível. No entanto, estamos conscientes que trata-se de um esforço coletivo para evitar o agravamento do quadro.”
Para este período, a FGJ recomenda às filiadas que repensem suas programações, da mesma forma que incentiva o estudo e as aulas online da história e do judô. “É um momento de prevenção, para que não precisemos de um remédio amargo adiante. Tenho certeza que, em breve, poderemos retomar treinamentos e atividades normalmente. Até lá, o momento é de ter criatividade para manter o nosso vínculo com o judô”, concluiu Cação.
Por: Assessoria de Imprensa da Federação Gaúcha de Judô

COVID-19: CBJ suspende atividades presenciais na sua sede no Rio de Janeiro


Buscando colaborar com os esforços dos órgãos de saúde governamentais na contenção do avanço da COVID-19 (Coronavirus) no Brasil e visando a proteger nossos colaboradores, a CBJ adotará o sistema de home office (trabalho remoto, em casa) para os funcionários da sede administrativa, localizada no Rio de Janeiro, de acordo com as diretrizes abaixo:   
Período: 18 a 31 de março de 2020.

Retorno previsto das atividades no escritório: 1º de abril de 2020.
Home Office: Expediente de Segunda a sexta, das 9h às 18h. 
Contatos diretos:
- Geral: cbj@cbj.com.br 
- Departamentos: https://cbj.com.br/contato/  

A situação será monitorada e atualizada com novo período de home office caso haja necessidade. 

Abaixo, as medidas já tomadas pela CBJ em virtude da pandemia de Covid-19:


Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada