terça-feira, 22 de dezembro de 2020

Corte Arbitral do Esporte mantém decisão e Rafaela Silva está fora das Olimpíadas de Tóquio.


Corte Arbitral do Esporte mantém pena por doping e Rafaela Silva está fora das Olimpíadas de Tóquio

Judoca foi punida com dois anos de exclusão do esporte por uso de doping durante os Jogos Pan-Americanos de 2019

Rio - Atual campeã olímpica da categoria até 57kg de Judô, a brasileira Rafaela Silva está fora das Olimpíadas de Tóquio, que foi adiada para o ano que vem por conta da pandemia do novo coronavírus. Pega no exame antidoping durante os Pan-Americanos de 2019, a atleta foi punida com dois anos exclusão do esporte e entrou com um recurso na Corte Arbitral do Esporte (CAS) para tentar a redução na última instância. No entanto, Rafaela Silva foi punida e não poderá brigar para manter o título nos Jogos Olímpicos. Além disso, a CAS também decidiu retirar as medalhas conquistas no Mundial de 2019: bronze no individual e o bronze por equipes.

O objetivo da defesa de Rafaela Silva no julgamento foi comprovar a origem da substância (fenoterol) que entrou no corpo da brasileira durante os Jogos Pan-Americanos de Lima, buscando a redução da pena na última instância de acordo com o grau de negligência.

No entanto, de acordo com as regras do código antidoping, os atletas são responsáveis por tudo que ingerem e, mesmo que a ingestão não tenha sido proposital e/ou que não haja ganho técnico ou esportivo com a substância, há a punição por negligência. Dessa forma, a pena foi mantida e Rafaela Silva só poderá voltar a competir em novembro de 2021, dois anos depois de sua última competição, perdendo assim as Olimpíadas de Tóquio.

A Confederação Brasileira de Judô emitiu uma nota:

"A Confederação Brasileira de Judô lamenta os efeitos da decisão proferida pela Corte Arbitral do Esporte no julgamento da atleta Rafaela Silva, confirmada, nesta segunda-feira, 21.

Rafaela é uma das maiores atletas do país, única judoca brasileira campeã mundial e olímpica, em carreira construída à base de muito suor, disciplina, coragem e, sobretudo, superação. 

Uma das principais lições que o nosso esporte ensina é aprender a cair, levantar e seguir. Rafaela Silva e o judô brasileiro levantarão ainda mais fortes. Juntos, estamos preparados para vencer as dificuldades".

Por: Boletim OSOTOGARI




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria? Deixe um comentário!
Aproveite e seja um membro deste grupo, siga-nos e acompanhe o judô diariamente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada