quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Araras: Equipes europeias visitarão a Associação Mercadante em 2019


O estágio internacional realizado pelo Projeto Kimono de Ouro nos meses de setembro e outubro continua rendendo boas notícias. Representantes de equipes esportivas de Berlim, Alemanha, e Graz, Áustria, confirmaram, nesta semana, que visitarão o Brasil no ano que vem. Elas participarão de um intercâmbio ao lado dos judocas de Araras como contrapartida à excelente recepção dispensada ao Kimono de Ouro.

“Será um enorme prazer poder retribuir um pouco do que os amigos da Alemanha e da Áustria nos fizeram. Tivemos a satisfação de conhecer um pouco mais do trabalho dos europeus, além de experimentar um pouco dos hábitos deles durante 20 dias. E agora é a vez deles, conhecerem um pouco mais do Brasil”, comenta o coordenador do Projeto Kimono de Ouro, professor Marcos Mercadante. 

Vale lembrar que, em 2016, uma equipe da cidade de Graz, na Áustria, esteve em Araras para um estágio internacional. Sem contar que comitivas ararenses já treinaram e competiram em cidades alemãs e austríacas, o que comprova a irmandade entre as associações. “Manfred e Christoph Stiegler, chefes da delegação da Áustria, e o Henry Ballaschk, técnico da categoria de base do Sportforum Berlin da Alemanha, são amigos que a vida no judô nos presenteou”, finaliza Mercadante.

Por: Associação Mercadante de Araras

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Instituto Camaradas Incansáveis e boletim OSOTOGARI firmam parceria de publicidade


Nesta quarta-feira, 17 de outubro, o Instituto Camaradas Incansáveis (ICI) firmou uma parceria de publicidade com o boletim OSOTOGARI. 

A partir desta data o banner do ICI estará publicado no site do boletim OSOTOGARI com um link associado ao seu site. O logo também aparecerá no cabeçalho do boletim quando acessado através de smartphones. O ICI passa agora a integrar a lista de sponsors do boletim OSOTOGARI que já conta com o apoio de Kimonos Shihan, MKS Adidas e Banzai Kimonos.

O Instituto Camaradas Incansáveis (ICI), uma ONG sediada na Rua Barão do Bananal 475 – Pompéia, oferece aulas de judô de segunda à sextas-feiras para jovens e adultos, das 20h00 às 21h30. Às terças e quintas-feiras, das 9h às 10h30 e segunda, quarta e sextas-feiras das 18h30 às 20h, são oferecidas aulas para crianças. Com supervisão e treinos ministrados pelos Senseis Rodrigo Motta (faixa vermelha e branca 6º DAN), Bagé (faixa preta 5º DAN) e Cristian Cezário (faixa preta 2º DAN). A comissão técnica responsável é composta por judocas com inúmeras conquistas em campeonatos mundiais, pan-americanos, sul-americanos, brasileiros e estaduais. Com o objetivo de promover a busca incessante pelo ippon (golpe perfeito), as portas do ICI estão abertas para todos os interessados em aprender o judô.

"O ICI declara seu apoio ao boletim OSOTOGARI e ao Everton, um INCANSÁVEL em tudo o que faz. Esperamos que a parceria renda bons frutos para a ONG e para o boletim. Vamos para a medalha", declara o professor Rodrigo Motta.

Por: Boletim OSOTOGARI

.

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Ribeirão Preto: Saiu o vídeo do Lançamento do Projeto Judô na EEFERP/USP



Sobre o Projeto "Judô na EEFERP – Aproximação entre a Universidade e a Sociedade através do Esporte" cujo lançamento oficial foi realizado no dia 10 de outubro, no Campi da USP de Ribeirão Preto, no auditório da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto e que reuniu docentes de vários cursos da USP de Ribeirão Preto, além da Pró-Reitora de Cultura e Extensão Universitária da USP, Prof. Dra. Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado, o Diretor da EEFERP/USP, Prof. Dr. Cristiano Roque Antunes Barreira, o Diretor do IFSC/USP (Gestão 2014-2018), Prof. Dr. Tito José Bonagamba, os professores kodanshas de judô Uichiro Umakakeba, Sadao Fleming Mulero, Hatiro Ogawa e Cleber do Carmo, alunos da EEFERP/USP, estudantes do ensino médio e fundamental praticantes de judô federados na 12ª Delegacia Regional da Mogiana da Federação Paulista de Judô e integram o Projeto Rumo ao Pódio.

Após a exibição do ciclo de palestras e das atividades com exercícios de física e também atividades com kimono nos tatames do ginásio da EEFERP que foi fundamental para a integração dos judocas, professores e alunos do curso de Educação Física da Universidade, percebemos que algumas dúvidas pairaram entre os participantes.

Enviamos essas dúvidas ao Professor Tito José Bonagamba,  Diretor do Instituto de Física da USP de São Carlos e faixa preta de judô, um dos idealizadores do projeto para explicar de uma forma sucinta como funcionará inicialmente a base do projeto e a parceria com a Federação Paulista de Judô.


1º - Aproximar a Universidade à Sociedade, com excelência;

2º - Estimular a prática do Judô e a procura pela formação em nível superior, com foco no desenvolvimento esportivo, social e humano, através de visitas guiadas de estudantes do ensino fundamental e médio à EEFERP/USP, acompanhados por professores, dirigentes e familiares, que deverão ocorrer ao longo do dia, incluindo almoço no Restaurante Universitário.

3º - Apresentar protocolos de avaliação física através de lutas de Judô simuladas. Com os dados obtidos pela avaliação, prescrever e monitorar treinamento, indicar métodos para o desenvolvimento de força e potência, bem como recomendar estratégias nutricionais para aprimorar o desempenho esportivo, de forma específica para cada judoca. Com os resultados obtidos, produzir conhecimento científico aplicado ao Judô, com publicações em revistas dedicadas à Ciência do Esporte. Ainda nesta ação, criar um Núcleo de Alto Rendimento, inicialmente dedicado ao Judô;

4º - Realizar ciclos de palestras e debates contínuos, tanto na Universidade quanto nas entidades esportivas e parceiros;

5º - Oferecer cursos de Judô na Universidade, em parceria com a F.P.Judô, Diretorias Regionais de Ensino e Secretárias Municipais de Educação, com o intuito de oferecer formação adicional para professores de Educação Física estarem aptos a ensinar e estimular a prática do Judô em escolas públicas.

Assista o vídeo, uma produção audiovisual do Boletim OSOTOGARI, e confira como foi o lançamento do Projeto "Judô na EEFERP – Aproximação entre a Universidade e a Sociedade através do Esporte", onde no final do vídeo o professor Tito também realiza um depoimento.




Araras: Associação Mercadante é campeã em Poços de Caldas


O Projeto Kimono de Ouro sagrou-se campeão da 1ª Copa Judô Fiebig, organizada pela Associação de Judô de Divinolândia, com autorização da Federação Mineira de Judô e chancela da Federação Paulista de Judô. O evento foi disputado por associações dos dois estados, no último sábado (13/10), na cidade mineira de Poços de Caldas. 

A conquista foi garantida com um grande desempenho dos judocas do Kimono de Ouro, que trouxeram para Araras 29 medalhas, a maioria de ouro. Foram 14 ouros, nove pratas e seis bronzes, que colocaram a equipe ararense em primeiro lugar no pódio geral. Vale lembrar que um dia antes, na sexta-feira (12/10), foi realizado um treinamento de campo no mesmo local da competição, ministrado pelos técnicos José Olivio e Elton Fiebig.

“Nossos atletas realizaram excelentes lutas e se destacaram bastante neste campeonato, que teve a participação de judocas com os quais eles não estão acostumados a dividir o tatame. A quantidade de medalhas, principalmente de ouro, mostra que o Projeto Kimono de Ouro está no caminho certo na formação de talentos para o judô brasileiro”, destaca a técnica Nathália Amaral, que acompanhou os atletas em Poços de Caldas.

Por: Associação Mercadante de Araras



Cancún: Wagner Tadashi Uchida e Paulo Roberto Alves Ferreira sagram-se Campeões Mundiais de Nague No Kata 2018


O Campeonato Mundial de Kata 2018 está sendo realizado em Cancún, no México, e 10 paulistas representam o Brasil na competição que teve início nesta segunda-feira, 15 de outubro e terminará hoje, 16 de outubro.
Ontem a dupla Wagner Tadashi Uchida (tori) e Paulo Roberto Alves Ferreira (uke) sagraram-se Campeões Mundiais no Nague No Kata. Para chegar ao topo do pódio, a dupla marcou 402,5 pontos totais.
No primeiro dia de competição houve ainda as disputas de Katame No Kata e Ju No Kata. O Brasil foi representado pelas duplas paulistas Alexandre Ricardo Nardi (tori) / Mauricio Batista (uke) e Henrique Fernandes da Costa (tori) / Gabriela Fernandes da Costa (uke), no Katame No Kata e Roberto Carlos Pereira (tori) / Nadia Hissako Hori (uke), no Ju No Kata, porém não conquistaram um lugar ao pódio.
Hoje a dupla paulista Luis Alberto dos Santos (tori) / Diogo Colela (uke) competirá no Kodokan Goshin Jitsu,
Por: Assessoria de Imprensa da F.P.Judô

Seleção brasileira disputa a partir desta quarta o Campeonato Mundial Júnior, em Nassau


A seleção brasileira sub-21 de judô embarca nesta segunda-feira, 15, para Nassau, capital das Bahamas, onde disputará o Campeonato Mundial Júnior. Serão quatro dias de competições individuais, de quarta-feira, 17, até sábado, 20. E, no domingo, os judocas retornam aos tatames para a competição por equipes mistas. 


Essa é a competição mais importante do ano para a classe júnior e o Brasil vai com seus principais judocas Sub-21. Serão 10 meninas e 10 meninos da nova geração do judô brasileiro buscando um lugar no pódio. 

Apesar da pouca idade, uma das mais experientes da equipe é a peso-pesado Beatriz Souza (EC Pinheiros/FPJudô), que foi bronze no Mundial Sub-21 do ano passado e disputou neste ano o Mundial Sênior já em processo de transição para a equipe principal. 

"Com certeza, o que eu ganhei de experiência no Mundial Adulto vai servir para a disputa do Mundial Júnior. Chego preparada e vou para cima, para ganhar minha medalha de Mundial", projeta Bia, que subiu ao pódio nesse domingo, 14, conquistando o bronze no Grand Prix de Cancún, etapa do Circuito Mundial Sênior. 

A rodagem internacional aliada aos treinamentos de campo nacionais e internacionais integrados com a seleção adulta foram parte fundamental na preparação desses atletas rumo ao Mundial Su-21. Em 2018, a equipe júnior do Brasil disputou cinco etapas internacionais (Bremem/GER, Bad Blankenburg/GER, Leibnitz/AUT, Carlos Paz/ARG e Berlim/GER) e conquistou 40 medalhas, sendo 16 de ouro, oito pratas e 16 bronzes.

Com isso, o Brasil chega ao Mundial com sete atletas entre os 10 melhores do mundo em suas respectivas categorias: Ellen Santana (70kg), número um do mundo; Ketelyn Nascimento (57kg), número 3; Larissa Pimenta (52kg), número 8; Laura Ferreira (48kg), número 9; Luiza Cruz (+78kg), número 8; Renan Torres (60kg), número 7; e Michael Marcelino (66kg), número 10 do mundo. Veja o ranking Júnior completo. 

Além disso, alguns atletas destacaram-se também a nível nacional, como o meio-médio Guilherme Schimidt (Academia Espaço Marques Guiness/Femeju) que, na última quarta-feira, foi campeão brasileiro sênior, liderou o ranking nacional e, aos 17 anos, conquistou uma vaga na seleção principal para 2019. 

"O Campeonato Brasileiro serviu de experiência e preparação para o Mundial Júnior, pois eu lutei com grandes atletas", considera Schimidt.

VEJA ABAIXO OS CONVOCADOS E A PROGRAMAÇÃO DO MUNDIAL SUB-21 - NASSAU 2018

Terça-feira, 16: Sorteio das chaves
Quarta-feira, 17: 44kg, 48kg, 55kg e 60kg
Quinta-feira, 18: 52kg, 57kg, 66kg e 73kg
Sexta-feira, 19: 63kg, 70kg, 81kg e 90kg
Sábado, 20: 78kg, +78kg, 100kg e +100kg
Domingo, 21: Equipes Mistas

CONVOCADOS

44kg - Amanda Arraes - FEJUR - NUNES ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA DE CACOAL -NAEC
48kg - Laura Ferreira - FPJUDO - ESPORTE CLUBE PINHEIROS
52kg - Larissa Pimenta - FPJUDO - ESPORTE CLUBE PINHEIROS
52kg - Maria Taba - FMJ - MINAS TÊNIS CLUBE
57kg - Ketelyn Nascimento - FPJUDO - S.E.PALMEIRAS
63kg - Ryanne Lima - FGJ - SOGIPA
70kg - Ellen Santana - FPJUDO - S.E.PALMEIRAS
78kg - Camila Ponce - FJMS - JUDÔ ALIANÇA
+78kg -  Luiza Cruz - FJERJ - JUDÔ COMUNITÁRIO INSTITUTO REAÇÃO
+78kg - Beatriz Souza - FPJUDO - ESPORTE CLUBE PINHEIROS

55kg - Emerson Silva - FPIJ - ASSOCIAÇÃO JUDÔ QUEIROZ - AJQ
60kg - Renan Torres - FPJUDO - SESI SP
66kg - Michael Marcelino - FPJUDO - SESI SP
66kg - Willian Lima - FPJUDO - ESPORTE CLUBE PINHEIROS
73kg - Jeferson dos Santos Junior - FJERJ - JUDÔ COMUNITÁRIO INSTITUTO REAÇÃO
81kg - Guilherme Schimidt - FEMEJU - ACADEMIA ESPAÇO MARQUES GUINESS
81kg - Luanh Rodrigues - FJERJ - JUDÔ COMUNITÁRIO INSTITUTO REAÇÃO
90kg - Matheus Assis - FGJ - SOGIPA
100kg - Lucas Lima - FPJUDO - ESPORTE CLUBE PINHEIROS
+100kg - André Soares - FPJUDO - ESPORTE CLUBE PINHEIROS


Por: Assessoria de Imprensa da CBJ
Foto: Anderson Alves

Espírito Santo: Nacif Elias fatura medalha de bronze no Grand Prix de Cancun, no México


O atleta capixaba-libanês Nacif Elias, categoria -90Kg, subiu ao pódio no Grand Prix de Cancun, no México, que aconteceu nesse domingo (14) e faturou a medalha de bronze.

Em sua primeira luta, ele enfrentou o polonês, adversário bastante forte. Ele teve o mesmo resultado que Nacif no mundial, mas o capixaba-libanês conseguiu fazer um bom combate e aplicar três punições nele. Na segunda luta, ele enfrentou o alemão, um adversário bastante difícil, que é o 5º colocado no mundial, tem resultados de expressão em Grand Slam. Foi um combate muito forte. Nacif acabou sofrendo uma queda, caindo de waza-ari, mas faltando 30 segundos para acabar o combate, Nacif conseguiu imobilizá-lo, ganhando de ippon. Na terceira luta, ele enfrentou Rafael Macedo, que é brasileiro, uma luta boa, mas Nacif acabou sendo vencido de três punições contra duas. Nacif deu uma queda em seu adversário de waza-ari, mas infelizmente não pontuaram, tomando o terceiro Shidô contestado. Mas o capixapa-libanês não se abateu por isso, foi para o seu quarto combate contra o atleta da Eslováquia, que também é bastante forte, conseguindo jogá-lo de waza-ari e segurar o resultado. 

Na disputa pelo bronze, Nacif enfrentou David Klammert, da República Tcheca, que tem vários resultados no circuito mundial e é bem ranqueado. Foi uma luta bastante dura, mas ele conseguiu jogar seu adversário de waza-ari: “Graças a Deus deu tudo certo e consegui essa medalha. Dedico ao Líbano, país que represento, ao estado do Espírito Santo, aos parceiros e todos que me apoiam”, declarou o capixaba-libanês.

Mesmo sem estrutura e sem patrocínio, o atleta sobrevive às dificuldades: “Esse resultado mostra que estou no caminho certo, apesar das dificuldades que eu tenho enfrentado no estado do Espírito Santo, onde moro. Não tenho treino forte e nem patrocínio para que eu evolua ainda mais como atleta. O homem é do tamanho do seu sonho! Tenho batalhado bastante para chegar nesse alto nível, fiquei entre os três nessa competição do circuito mundial, dei mais um passo para a minha classificação para as olimpíadas de Tóquio, e isso me deixa muito feliz! ”, ressaltou Nacif Elias.

Essa seria a última competição de Nacif Elias desse ano, mas com esse resultado positivo, ele acredita que ainda irá participar de mais algumas competições que poderão ser definidas em breve. Ele deve treinar no Minas Tênis Clube e no Rio de Janeiro, para tentar buscar treinos mais fortes, buscando mais evolução e mais resultados positivos. Para patrocinar ou fazer parcerias, é só entrar em contato com a assessoria pelo telefone: (27) 98148-7948.

Por Raquel Lima – Assessora de Imprensa


segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Judocas do São Paulo F.C. embarcam para o Campeonato Mundial de Veteranos, no México

Clique na imagem para ampliar

A equipe de judô do São Paulo FC se prepara para seu maior desafio nesta temporada: o Campeonato Mundial de Veteranos, que acontece entre os dias 18 e 20 de outubro, em Cancún, no México. Neste ano, a competição reunirá 790 atletas de 45 países representando cinco continentes com destaque para potências esportivas como Japão, França, Alemanha e Rússia, além do próprio Brasil. Comandados pelo treinador Josué Gomes Bragança Junior e tendo como chefe de delegação Paolo Marini, a equipe embarcará amanhã (16/10) rumo a Cancún com retorno previsto para o próximo dia 22.

Considerada atualmente como uma das grandes forças da categoria no país, a equipe são-paulina realizou uma intensa preparação nos meses que antecederam esta competição. Formada por judocas com importante bagagem nacional e internacional, o time Tricolor tem entre seus integrantes o atleta olímpico em Barcelona/92, Shigueto Yamasaki Junior, os campeões mundiais veteranos Elton Fiebig e Adriano Silva, os vice-campeões mundiais veteranos, Bruno Pires Vieira, Wilson Caldeira Filho e Marciel Souza, o campeão Pan-Americano Madson Gomes e a campeã Sul-Americana e vice-campeã Pan-Americana, Lilian Canassa Terada. "Nossa equipe chega a este Mundial credenciada a conseguir bons resultados graças a um conjunto de fatores que envolveu trabalho duro tanto dentro como fora do tatame. Um agradecimento especial a toda a diretoria do São Paulo, na pessoa do presidente Leco, que não mediu esforços para que este objetivo fosse alcançado", frisou o diretor de judô, Carlos Bortole.

Por: Judô do São Paulo F.C.


Brasil fecha o Grand Prix de Cancún com 11 medalhas.


O judô brasileiro reencontrou o caminho para o pódio na primeira competição após o Campeonato Mundial de Baku e conquistou 11 medalhas no Grand Prix de Cancún neste final de semana. 

A campeã olímpica Rafaela Silva voltou ao lugar mais alto do pódio no Circuito Mundial de Judô. Nesta sexta-feira, 12, a brasileira derrotou por ippon a canadense Jessica Klimkait, sua algoz na primeira rodada do Mundial de Baku há duas semanas, e conquistou o título do Grand Prix de Cancun, no México, somando 700 pontos no ranking mundial. O Brasil ainda teve um bronze com Charles Chibana (66kg).

No sábado, 13, foram conquistadas três medalhas com judocas dos pesos Meio-Médio e Leve. Victor Penalber fez a final do 81kg com o belga Sami Chouchi e terminou com a medalha de prata. Além dele, Aléxia Castilhos (63kg) e Marcelo Contini (73kg) também foram ao pódio no México conquistando medalhas de bronze. 


No domingo, último dia de competição, a seleção foi ao pódio seis vezes, com pratas para Mayra Aguiar (78kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg), além dos bronzes de Samanta Soares (78kg), Beatriz Souza (+78kg), Rafael Macedo (90kg) e Rafael Buzacarini (100kg). 

Dos 23 atletas inscritos pelo Brasil, 16 disputaram medalhas e o país foi ao pódio em nove, das 14 categorias em disputa. Foi um ouro (Rafaela Silva), três pratas (Victor Penalber, Mayra Aguiar e Maria Suelen Altheman) e sete bronzes (Marcelo Contini, Charles Chibana, Aléxia Castilhos, Rafael Macedo, Samanta Soares, Rafael Buzacarini e Beatriz Souza). 

Resultados que colocaram o Brasil na quarta colocação no quadro geral de medalhas. A Rússia liderou, com dois ouros, duas pratas e dois bronzes. Em quantidade de medalhas, nenhum país bateu o Brasil.

Neste ano, a seleção voltará aos tatames do Circuito Mundial para mais três etapas: Grand Prix de Haia, na Holanda; Grand Slam de Osaka, no Japão; e o World Masters, em Guangzhou, na China, fechando o calendário 2018 da FIJ.

Por: Assessoria de Imprensa da CBJ



Metáfora do Judô na gestão da qualidade total de vendas é apresentado no VI Congresso Latino-Americano de Estudos Socioculturais do Esporte


No VI Congresso Latino-Americano de Estudos Socioculturais do Esporte realizado em setembro, em Ribeirão Preto, Rodrigo Guimarães Motta, Neusa Maria Bastos Fernandes dos Santos e Leandro Lacerda demonstraram o poder da metáfora do judô para a utilização em programas de gestão da qualidade total em vendas.

"A gestão da qualidade total é uma prática consolidada no campo da administração. Essa forma de trabalhar, que busca o atingimento dos resultados através do cumprimento de processos-chave pré-definidos, teve início com a área de produção e logo se expandiu com sucesso para todas as demais áreas da empresa, inclusive a área de vendas. Um programa de gestão da qualidade total em vendas tem como objetivo padronizar as melhores práticas comerciais para a equipe de vendas e assim ter um time mais preparado para atingir as metas que a empresa necessita. Para aumentar a adesão ao programa as empresas utilizam ícones inspiradores que possuam valores em convergência com os valores da organização e em especial com os valores do profissional de vendas. Diversos esportes possuem valores e práticas que poderiam facilmente ser traduzidos ao campo da administração e servir como ícones ajudando na implementação destes programas. Objetivo: Compreender se os programas de gestão da qualidade total se apropriam de alguma temática relacionada ao esporte para engajar sua equipe de vendas e motivá-la para atingir os resultados propostos. Método: Foram selecionadas quinze empresas de bens de consumo que atuam no mercado brasileiro e que possuem o programa de gestão da qualidade total em vendas há pelo menos um ano. Buscou-se identificar se nestas empresas o tema do programa estava relacionado ao esporte e em caso afirmativo quais eram os fatores que faziam com que as empresas focassem determinada atividade. Para tanto, os autores tiveram acesso a documentos relacionados ao programa e entrevistaram os responsáveis por sua implementação. Resultados: Das quinze empresas pesquisadas, dez tinham como tema do programa o esporte. Todos os temas relacionados ao esporte remetiam as modalidades de artes marciais, principalmente por estas modalidades remeterem a uma cultura guerreira sendo que dentre estas, o judô era a modalidade que mais se destacava, sendo o tema de oito empresas. Estas ao optar pela temática, compararam diferentes alternativas, como animais, militarismo e artes marciais e optaram por artes marciais pela qualidade total estar vinculada a cultura oriental (notadamente no Japão). O judô acaba prevalecendo comparado às demais modalidades por ter um caráter formativo e educativo e menos relacionado a violência. Conclusão: Dentro da amostra pesquisada, pode-se observar a relevância do tema artes marciais para servir como ícone para o programa de gestão da qualidade total em vendas, dado que se espera que essas equipes, além de atingir as metas e cumprir os processos-chave, desenvolvam uma cultura competitiva e guerreira. Dentre as artes marciais, o judô prevaleceu por ser uma modalidade que forma e educa os cidadãos em geral e no estudo em específico, os executivos de vendas das empresas pesquisadas. Este estudo pode ser complementado por outros que busquem entender como o Judô é utilizado em cada programa, como a equipe se envolve com este tema e quais os resultados motivacionais e práticos obtidos com esta tematização".

Clique aqui para mais informações.

Por: Instituto Camaradas Incansáveis - São Paulo





domingo, 14 de outubro de 2018

Judoca Ernane Neves de São José dos Campos lança campanha para arrecadar fundos para participar do Campeonato Pan-Americano.


O Judoca Ernane Neves, da ADPM Projeto Olhar Futuro de São José dos Campos, conquistou o título de Campeão Brasileiro Sub 15 2018. Este é o seu terceiro título nacional. Com essa conquista, Ernane está classificado para representar o País no Campeonato Pan-Americano de Judô Sub 15 que acontecerá em Novembro no Equador.

Os custos são altos para um atleta que está em início de uma promissora carreira esportiva e para que possa participar da competição, amigos e parentes criaram uma conta no site Vakinha, próprio para arrecadação de verba para diversos tipos de projetos.

Nos anos anteriores os mecanismos de arrecadação foram diversos, mas este ano amigos e familiares decidiram fortalecer o time da corrente do bem para contar com a ajuda de todos os simpatizantes pela modalidade e pelo jovem atleta de 13 anos de idade.

Clique aqui e conheça um pouco sobre o Judoca que foi destaque na revista Spirit of JUDO, a revista do boletim OSOTOGARI.

O boletim OSOTOGARI abraçou a causa e está ajudando a divulgar esta ação coletiva e espera que todos abracem a causa para que o judoca Ernane possa representar o País nesta importante competição.

Clique aqui e veja como contribuir.





Presidente Prudente: Em novembro, 13º Torneio Internacional Nelson Morimoto


Com o apoio da 13ª Delegacia Regional Alta Sorocabana, que comemora junto com a F.P.Judô, 60 anos da entidade, da Prefeitura Municipal de Presidente Prudente, através da Secretaria de Municipal de Esportes, e da Academia de Lutas Nelson Morimoto, será realizada em 24 de novembro de 2018 o 13º Torneio Internacional de Judô Nelson Morimoto.

Uma ótima oportunidade de fechar a temporada de competições 2018 em uma tradicional e internacional competição.

Para que os participantes possam se programar, a organização disponibilizou endereços de hotéis em Presidente Prudente. Clique aqui e confira!

E para a edição 2018, a organização contará com a cobertura do boletim OSOTOGARI!

Save The Date:
13º Torneio Internacional Nelson Morimoto
Data: 24 de novembro de 2018
Local: Ginásio de Esportes de Presidente Prudente.
Início: 08h30

Clique aqui e baixe a lista de hotéis.

Clique aqui e baixe o regulamento.

Por: Boletim OSOTOGARI


sábado, 13 de outubro de 2018

Lindóia: Vem aí o Torneio Bioleve de Judô


A última etapa do "Circuito de Torneios Amistosos" da 15ª Delegacia Regional da Grande Campinas será realizada em 24 de novembro na cidade de Lindóia.

É o Torneio Bioleve de Judô que ocorrerá no Ginásio Municipal de Esportes de Lindóia.

Esta é a última chance para somar pontos para o ranking "Melhores de 2018" da 15ª Delegacia, cuja Cerimônia de Gala para a homenagem dos rankeados acontecerá no início de 2019.

A competição será para todas as classes, de biriba à sênior, masculino e feminino e promete ser bastante acirrado em virtude dos últimos pontos a serem conquistados no ranking.

Save The Date:
Torneio Bioleve de Judô
Data: 24 de novembro
Local: Ginásio Municipal de Esportes de Lindóia
Abertura: 08h30

Por: Boletim OSOTOGARI



São Paulo: Judocas do ICI viajam para Cancún em busca de medalhas no Mundial de Veteranos


Após meses de preparação intensiva, os atletas veteranos do Brasil embarcaram rumo ao Mundial de Cancún. 

Com mais de 60 atletas, sendo metade deles pertencentes ao Estado de São Paulo, o Brasil busca repetir o feito de 2016, quando conquistou o maior número de medalhas entre todos os países participantes. 

O general Bahjet Hayek, no último treino preparatório do ICI, que aconteceu esse sábado, resumiu o sentimento de todos: "Treinamos incansavelmente. Agora é descansar e viajar. Estamos prontos para deixar tudo lá. Ganhar ou vencer é uma conseqüência. E que as energias do nosso herói Trinca nos acompanhem em cada luta da competição". 

As competições acontecerão essa semana e os resultados também serão divulgados pelo boletim OSOTOGARI. 

Por: Instituto Camaradas Incansáveis - São Paulo




Professor, que tal um Kit Personalizado de Faixas Banzai para a sua Promoção de Faixas?


A Banzai Kimonos desenvolveu vários kits para os professores que queiram dar mais do que a faixa em sua promoção de fim de ano. Além de poder bordar o nome de seu aluno na faixa, há os kits que podem ser adquiridos juntos, por preços muito, mas muito competitivos e que farão a alegria das crianças no dia da cerimônia de entrega de faixas.

A um custo muito baixo vocês farão a alegria e felicidade dos seus alunos!

Faixas + Medalhas, com adesivos personalizados;
Faixas + Mochilinha, com o logotipo da academia ou clube estampado;
Faixas + Chaveiros, com vários modelos para escolher;
Faixas + Toalhinha;
Faixas + Mini kimonos, podendo ser branco ou azul;
Faixas + Troféu em acrílico (12 cm), com 18 modelos disponíveis.

Solicite uma cotação e faça sua encomenda através dos números: 
(11) 9 4760 1015 e (11) 2408 8996

Ou acesse diretamente o site da Banzai Kimonos clicando aqui.

Clique aqui e baixe o folder dos kits em alta resolução.


Por: Banzai Kimonos



Poços de Caldas: Realizada a 1ª Copa Fiebig de Judô 2018


Neste sábado, 13, foi realizado a 1ª Copa Fiebig de Judô, um evento inter estadual que contou com a presença marcante de judocas de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Goiás.

Em uma mega estrutura, sendo 08 áreas oficiais de tatame recoma, e a parte técnica totalmente informatizada, foi realizada na parte da manhã a competição nas classes sub 09 à sênior e na parte da tarde foi a vez dos judoquinhas participarem do festival.


A mesa de honra contou com a presença do Presidente da F.P.Judô sensei Alessandro Puglia, sensei Hatiro Ogawa, Secretário de Esportes de Poços de Caldas Welington Guimarães, Delegado Regional Cleber do Carmo, Departamento Técnico sensei Terêncio Neto e Danilo Pietrucci, arbitragem Junior Zuin, tesoureiro da mogiana Tadeu Vica, sensei José Olívio da CBJ e o idealizador do evento sensei Elton Fiebig.

O destaque da competição ficou por conta da premiação, onde a organização caprichou na confecção das medalhas personalizadas e nos troféus entregues aos Top Five na contagem geral de pontos.


Para o professor Elton Fiebig, idealizador e coordenador geral do evento, a competição atingiu suas expectativas, motivando toda a equipe a realizar a segunda edição em 2019 ainda mais caprichada. Esta foi a primeira vez que um evento de judô deste porte foi realizado em Poços de Caldas, inclusive com a chancela da CBJ e também da F.P.Judô e F.M.J.

A união das três entidades do judô, uma nacional e duas estaduais, foi um fato inédito e prova que quando a organização é esmerada e conta com apoio incondicional destes, o sucesso do evento é garantido. E quem ganha são os judocas que tem a oportunidade de conhecer judocas de outros estados e se desenvolverem na modalidade.

Por: boletim OSOTOGARI



1ª Copa Rio Claro de Judô tem NOVA DATA. Confira!


A organização da 1ª Copa Rio Claro de Judô informa que o evento foi adiado e já tem a nova: 24 de novembro, sábado. 

A cidade de Rio Claro com toda a sua tradição no judô volta ao circuito de competições em grande estilo. A organização está trabalhando bastante para que a competição seja um sucesso e não está medindo esforços para isso.

Confira a premiação da competição, que está caprichada! 


O evento acontecerá no Ginásio de Esportes Felipe Karam, onde já aconteceram muitos campeonatos de judô importantes.

A 1ª Copa Rio Claro de Judô é uma realização da Associação de Judô Rio Claro, Academia Leonardo Cassab de Judô, 8ª Delegacia Regional Oeste e conta com o apoio da SETUR - Esporte e Turismo de Rio Claro e JM Design. O patrocínio é da Jaraguá Veículos de Rio Claro.

O boletim OSOTOGARI realizará a cobertura fotográfica e de vídeo.

Save The Date:
1ª Copa Rio Claro de Judô
Data: 24 de novembro de 2018
Local: Ginásio de Esportes Felipe Karam
Rua 09, nº 01, Bairro do Estádio - Rio Claro
Abertura: 09h

Clique aqui e baixe o NOVO regulamento.

Por: boletim OSOTOGARI

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Paulistas embarcam para o México para disputar o Mundial de Veteranos 2018


Nos dias 17 a 20 de outubro uma equipe de judocas paulistas representarão o Brasil no Campeonato Mundial de Veteranos, na cidade de Cancún, México. A equipe bandeirante será composta de 62 atletas de várias faixas etárias, dentro da classe veteranos. Todos estão indo muito bem preparados e a expectativa de conquista de medalhas é grande, visto o histórico de conquistas dos paulistas nas edições anteriores.
Uma competição diferente, participando atletas com alto conhecimento da modalidade e que há muitos anos, em sua maioria, praticam o judô competitivo.
O Presidente Alessandro Puglia deseja muito sucesso a todos e que principalmente façam o seu melhor, pois ele sabe que além de uma importante competição, todos estão indo para o México para fazer o que mais gostam: Lutar Judô!
Clique aqui e confira a lista de atletas de São Paulo na competição.
Por: Assessoria de Imprensa da F.P.Judô

Araras: Associação Mercadante participará neste sábado da Copa Judô Fiebig, em Poços de Caldas - MG



O Projeto Kimono de Ouro disputa, neste sábado (13/10), a 1ª Copa Judô Fiebig, organizada pela Associação de Judô de Divinolândia, na cidade de Poços de Calas (MG). O torneio contará com a participação de judocas dos estados de São Paulo e Minas Gerais. Um dia antes, o técnico do Projeto Kimono José Olivio e o técnico Elton Fiebig, de Divinolândia, ministrarão um treinamento de campo no mesmo local da competição.

Será uma excelente oportunidade para os atletas de Araras treinarem e competirem com judocas de outras associações, inclusive de fora do eixo em que estão acostumados. O dois eventos servirão também como preparação para a Seletiva Nacional das Categorias de Base, que judocas sub-18 do Kimono de Ouro disputarão em novembro.

“Dividir o tatame com outras agremiações e atletas é sempre gratificante. Será uma experiência enriquecedora para mim e espero que seja a todos os atletas que lá estarão. Em relação à competição, será muito bom para todos nós, pois será diferente do circuito de competições que estamos acostumados a fazer, logo esta possibilidade sempre aumenta o leque de hipóteses técnicas e táticas que nossos judocas podem vivenciar”, destaca o técnico José Olivio.


Por: Associação Mercadante de Araras

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada