sexta-feira, 22 de março de 2019

Faltam 10 dias! Torneio Makoto de Judô 2019


O segundo evento do Circuito de Torneios Amistosos da 15ª Delegacia Regional será realizado na cidade de Várzea Paulista. É o Torneio Makoto de Judô 2019 que no dia 31 de março transformará a "Cidade das Orquídeas" em "Cidade do Judô".

A competição contará pontos para o ranking individual e também para as agremiações da 15ª Delegacia Regional.

A organização estima uma grande participação dos clubes e academias e não está medindo esforços para que todos sejam bem recebidos na cidade e no ginásio.

A competição contará com a cobertura fotográfica do boletim OSOTOGARI!

Serviço:
Torneio Makoto de Judô 2019
Data: 31 de março
Local: Ginásio de esportes da Vila Popular - Várzea Paulista
Início: 08h45

Por: Boletim OSOTOGARI



quinta-feira, 21 de março de 2019

Araras: Judocas da Associação Mercadante conquistam um ouro e sete bronzes na Copa São Paulo 2019


O Projeto Kimono de Ouro conquistou grandes resultados na disputa da Copa São Paulo de Judô, realizada pela FPJ – Federação Paulista de Judô, no último final de semana, em São Bernardo do Campo. Foram oito medalhas no total, com destaque maior para a judoca Sarah Souza, campeã da categoria médio sub-18 e bronze no sub-21. As duas medalhas em uma das principais competições do Brasil comprovam a capacidade da atleta de Araras que também faz parte da seleção brasileira de base.
 
As outras seis medalhas de bronze foram ganhas pelos judocas Alicia Borelli (sub-11), Vitor Leite (sub-11), Nicolas Veiga (sub-13), Diego Leite (sub-13), Mary Haysy Silva (sub-15) e Vinnicius Roveroni (sub-15). Além desses medalhistas, o Projeto Kimono de Ouro teve também honrosas 5ªs colocações com os atletas Emanuele Mascarenhas, Caio Mizael, Ygor Bortolucci, João Paulo Segatelli e Patrícia Souza.
 
Além dos resultados, o desempenho garantiu ainda seis vagas para o Campeonato Brasileiro Regional, que acontece de 11 a 14 de abril, em Brusque (SC). Sarah Souza disputará a competição nas duas categorias e também garantiu presença na Seletiva Final do Combat Games. Os atletas Mary Haysy, Vinnicius Roveroni, Nicolas Veiga e Diego Leite foram os outros que garantiram vaga no Brasileiro Regional.
 
A Copa São Paulo é um dos eventos mais importantes do calendário nacional e sul-americano de judô. A competição reuniu mais de 2500 judocas de associações de todo o país. A delegação do Projeto Kimono de Ouro foi comandada pelo mestre kodansha Marcos Mercadante, acompanhado dos técnicos José Olivio, Bruno Pasqualoto, Kleybe Souza e Nathália Amaral.
 
“A competição foi importante, pois podemos analisar nossos atletas lutando com a nata do judô nacional. Alguns resultados positivos, outros que poderiam ser melhores, mas tudo dentro da expectativa. A partir das informações da Copa São Paulo, vamos preparar nossa equipe para as competições que virão, como o Campeonato Paulista e as seletivas”, destaca o técnico José Olivio.

Por: Associação Mercadante de Araras

quarta-feira, 20 de março de 2019

Argentina: Vem aí o Open Internacional de Judô Club A. Lanús


O maior clube de bairro do mundo já tem data para o seu grande torneio de judô: 13 de julho de 2019.

E conta com a volta da tradicional categoria OPEN com prêmio em dinheiro!

OPEN MASCULINO E OPEN FEMININO
- Todas as categorias
- O tradicional encontro de Escolinhas Desportivas de Judô que se desenvolverá no mesmo estádio e nas áreas olímpicas de competição.

E muitas surpresas mais!
Em breve será divulgado o regulamento completo do evento.

Serviço:
Open Internacional de Judô do Club A. Lanús 2019
Data: 13 de julho
Local: Estádio A. Rotilli - Buenos Aires, Argentina.

Por: Judô - Clube A. Lanús



Judô Atibaiense Conquista 12 medalhas na Copa São Paulo de Judô 2019


Entre os dias 15 e 17 de março, a Federação Paulista de Judô em parceria com a Confederação Brasileira de Judô e a Prefeitura Municipal de São Bernardo do Campo, realizou nas dependências do Poliesportivo “Adib Moyses Dib” a Copa São Paulo de Judô edição 2019, maior evento das Américas e um dos maiores do mundo, unindo a São Paulo mais 16 Estados e uma equipe do Chile. Grandioso em tamanho e proporção, glamoroso em participação e elevado nível técnico, com um contingente de 2.538 judocas, distribuídos nas classes Sub11, Sub13, Sub15, Sub18, Sub21 e Sênior, de 120 renomadas associações e clubes de dentro e fora do país. A competição além do título vale vagas para representar São Paulo no Campeonato Brasileiro Região V 2019 e na classe Sub18 na Seletiva Nacional do Combate Games.

Atibaia, muito bem representada pela equipe de judô do São João Tênis Clube/Associação Paulo Alvim de Judô de Atibaia/Secretaria de Esportes e lazer da PEA, orientada pelos professores Paulo Alvim (Pi), Thiago Valladão, Jair Gimenes, Angélica da Silva e Alexandre Vitorino, participou deste evento com muita garra e determinação, conquistando o total de 12 medalhas, sendo 03 de ouro, 03 de prata e 06 de bronze, resultado que colocou a equipe em 9º lugar da classificação geral. Os judocas que subiram no pódio foram:

Campeões – Isabella Montaldi, Barbara Vitorino e Felipe Breitenbach.

Vice-Campeões – Ana Beatriz Santos, Kaique Gabriel Santos e Gabriel Vitorino.

Terceiros Colocados – Beatriz Barbosa, Francielle Watanabe, Isabella Oliveira, Luana de Oliveira, Pedro Meirelles e Anna Paola Rodrigues.

Felipe Breitenbach e Gabriel Vitorino classificados para representar o Estado de São Paulo na Seletiva Nacional do Combate Games.

Representando o Brasil, embarcaram para Alemanha nesta quarta-feira quatro judocas atibaienses, como técnico da equipe masculina do Brasil o professor Thiago Valladão e os atletas Gustavo Brait, Felipe Breitenbach e Isabella Angélica, com o objetivo e em busca de resultados positivos no Circuito Mundial de Judô e pontuação no Ranking Nacional. A equipe masculina luta em Bremen e a feminina em Bad Blankenburg, onde permanecem em competição e treinamento de campo até o dia 28 de março, data do retorno ao Brasil.

Por: APAJA - Atibaia

terça-feira, 19 de março de 2019

Santo André: Está chegando o dia! Copa Auto Shopping Global 2019


A primeira competição do Circuito ABC de Judô, a Copa Auto Shopping Global de Judô 2019, será realizado em 07 de abril no ginásio de esportes Noêmia Assumpção em Santo André.

As disputas no masculino serão para as classes Sub 11, Sub 13, Sub 15, Sub 18, Adulto, Master A e Master B. As disputas no feminino serão para as classes Sub 11, Sub 13, Sub 15, Sub 18 e Adulto.

Informações adicionais poderão ser adquiridos através dos seguintes contatos:

gilsports@uol.com.br ou mjhungaro@gmail.com

(11) 94084-3813 ou (11) 99518-8272

Evento contará com a cobertura de mídia através do boletim OSOTOGARI.

Serviço:
Copa Auto Shopping Global de Judô 2019
Data: 07 de abril
Local: Ginásio de esportes Noêmia Assumpção
Rua Custódia, s/n, Camilópolis, Santo André, SP
Abertura: 09h

Por: Boletim OSOTOGARI



Equipe Mercival/Paulínia, tem três judocas no Brasileiro


De 15 a 17 de Março, em São Bernardo do Campo, no ginásio municipal “Adib Moysés Dib”, foi realizada a Copa São Paulo de Judô, da divisão Especial, a 1º divisão do Judô, contando com judocas de todo o Brasil, e também de outros Países, foram mais de 260 equipes, foram mais de 2500, atletas, do mais alto nível, o maior torneio Interclubes das Américas, o competição termina no próximo final de semana com a divisão aspirantes a segunda divisão do judô Paulista.

A Mercival/Paulínia, teve a melhor classificação na História da São Paulo, 21º no geral, entre as mais de 260 equipes, que participaram, em 2018, tínhamos obtido até então nossa melhor marca 22º, esse anos passamos uma colocação com o 21º lugar.

Nossos judocas, que conseguiram chegar a chave principal, e ficar entre os oito melhores:
Campeão da Copa São Paulo 2019, Eduardo Henrique Silva Santos, começou entre os 64 judocas da categoria, sub13 – 52 k, 6 lutas, 6 vitorias por Ippon, (técnica Perfeita, como o Nocaut), sendo 2 delas no solo.

Campeã da Copa São Paulo 2019, Evellyn Vitoria das Chagas Pereira, iniciou sua campanha na sub 15 + 73 k, nas quartas de final, é a atual vice campeã Paulista, na Copa São Paulo de 2019 foram três vitorias por Ippon.

Vice Campeã da Copa São Paulo 2019, sub 13 + 60 k, bronze no Pan Americano e Campeã Paulista 2018, começou sua campanha na Copa São Paulo, entre as 32 judocas, venceu as quatro primeiras lutas, e depois de uma final, decidida no goldscore.

Cinco judocas da equipe chegaram em 5º lugar com campanhas, que começaram com mais de 80 judocas, Matheus Gabriel Z Camilo, sub 18 – 90 k, 7 lutas 5 vitorias 4 por ippon, e duas derrotas, João Pedro Moura sub 15 – 48 k, fez 6 lutas venceu 4 e perdeu 2, Rafael Ferreira Lima, sub 13 – 52, 4 vitorias 2 derrotas, com campanhas idênticas, as estreantes, e na mesma categoria, sub 15 – 73 k, Larissa Maria, Ap. Piva de Sá e Ana Caroline Silva, também ficaram na 5ª colocação.

Os três medalhistas garantiram vaga no Brasileiro Região Sul. 

Comissão técnica da Equipe Mercival de Paulínia, foi formada, pelo Professor e Técnico Principal, Mestre Sensei Mercival Breda Daminelli, Mestre Kodansha Mercival Daminelli, Sensei Monica Satiko e Sensei Bruno Nogueira. Comissão de Apoio, França Pinheiro, Iria Onira, Pedro Correia e Lucas Moura.

Por: Judô Mercival - Paulínia

Atletas do Esporte Clube Santa Sofia/ AEJAR conquistam medalhas na Copa São Paulo de Judô 2019


No dia 16, na cidade de São Bernardo do Campo, foi realizada a tradicional Copa São Paulo de Judô das categorias Sub- 11/13/15/18 masculino e feminino. Competição com 7 Estados do Brasil participando, mais de 3500 atletas e mais de 260 Associações e Clubes participantes. 

Considerado o maior evento de judô da América Latina, nossos atletas não poderiam ficar de fora e, principalmente, conquistando medalhas. Com duas medalhas de prata e uma de bronze, fechamos nossa participação nesse grande evento.

Destaques
Vice Campeão - João Pedro Pires de Camargo Durante, sub-13 Meio Pesado
Vice Campeã - Ariana de Souza Capeletto, sub- 18 Pesado
3°Colocado - Heitor Cunha Marques, Sub - 11 Extra pesado

A equipe foi acompanhada pelos Senseis José Amorin Junior e Acácio Rodrigo da Silva, contando com a bela participação dos atletas Lucas da Silva Nardin Duarte, Marcelo Henrique Loner, Abner Otávio Cornélio de Souza e Matheus Cardoso dos Santos, que, infelizmente, não conseguiram lugar mais alto no pódio.

Sensei Acácio agradeceu o apoio do Esporte Clube Santa Sofia, pela confiança em nosso trabalho com essa juventude, à Secretaria de Esportes de Pedreira, pelo transporte cedido e , principalmente, aos pais que mais uma vez não mediram esforços em acompanhar nossa equipe em mais grande dia de combates. Vitorioso é aquele que não desiste e o apoio dos pais e mães é fundamental nessa nossa caminhada no Caminho Suave.

Por: Esporte Clube Santa Sofia/ AEJAR - Pedreira

Mogi Guaçu na Copa São Paulo 2019


Neste último fim de semana na cidade de São Bernardo do Campo aconteceu mais uma edição da Copa São Paulo, torneio que reúne mais de uma centena de clubes e associações, além de mais de milhares de judocas das mais diversas cidades e Estados do Brasil, e a equipe Judô Mogi Guaçu AJAS/SET não podia ficar de fora desta.

No sábado, dia 16 houve a disputa das categorias SUB11 e 13 Aspirantes, além da Divisão Especial, em um ambiente todo voltado e respirando o Judô a equipe guaçuana voltou com grandes conquistas na sua bagagem no caminho de volta para o interior, levando consigo 6 medalhas.

Larissa Santos da Silva (Sub13 Meio Leve) foi campeã em sua categoria, já Emanuelly Azevedo Peres (Sub11 Pesado) e João Paulo de Souza (Sub11 Extra Pesado) conquistaram medalhas de prata, enquanto que Ana Carolina Mattos (Sub11 Super Pesado), Ana Beatriz Piérico (Sub11 Superligeiro) e Guilherme de Oliveira da Silva (Sub11 Superligeiro) conquistaram o bronze.

Os técnicos Antonio José da Silva e Renato Mattos que estiveram acompanhando os atletas saíram satisfeitos com o resultado, uma vez que a maioria dos atletas estão iniciando uma nova categoria, um novo ciclo ou ainda estão debutando dentro de uma Copa São Paulo, o que os motiva mais ainda para o próximo final de semana, quando acontece o restante das disputas na Classe Aspirante, classe essa que a equipe que treina na cidade de Mogi Guaçu é a atual campeã na classificação geral, tendo levantado o troféu no lugar mais alto do pódio na última edição em 2018.

“O treinamento segue focado para o próximo fim de semana e esperamos repetir o feito de 2018...” ressaltam os técnicos da Equipe.

Em nome de toda a equipe o Sensei Antonio Silva agradece o empenho dos atletas, a disposição da comissão técnica, o apoio dos pais e familiares, além da Secretaria de Esportes de Mogi Guaçu.    

Fonte: Mogi Guaçu AJAS/SET 

Judoca de Ribeirão Preto fatura medalha de bronze na Copa São Paulo 2019


A Associação Corpore Sano/Secretaria de Esportes disputou no último final de semana a Copa São Paulo de Judô, o maior evento da modalidade de toda a América Latina. 

Disputando com atletas de grande nível no esporte, o time ribeirão-pretano conquistou um resultado bastante expressivo com o bronze faturado por Victor Rocha, na categoria super ligeiro sub21. 

Atual campeão dos Jogos Abertos do Interior, Victor Rocha teve grande desempenho, tendo lutas equilibradas com atletas de ótimo nível. O bronze foi bastante comemorado pelo jovem atleta, que afirmou estar colhendo frutos da boa preparação. 

“Estou muito feliz com a conquista desta medalha. Estamos trabalhando bem e por isso colhemos bons frutos. Nossa preparação para as competições está sendo bastante intensa e completa. Hoje é comemorar, mas amanhã continuar treinando para poder manter um bom nível”, disse. 

Técnico da Corpore Sano, Terêncio Neto, afirmou que apesar de conquistar uma única medalha, a avaliação geral da competição foi bastante positiva. 

“Nem sempre vamos vencer em todas as categorias, essa competição é muito dura, os adversários são de grande nível, é o maior evento da América Latina. Saímos felizes porque nossos atletas conseguiram disputar de igual para igual com todos os adversários. Isso nos deixa felizes e mostra que nosso trabalho está caminhando na direção certa”, afirmou

Espírito Santo: Judoca Nacif Elias viaja para a Grécia para fazer treinamento de campo


Na próxima sexta-feira (22/03), o judoca brasileiro-libanês Nacif Elias (categoria -90Kg), embarcará do Líbano para a Grécia para fazer um treinamento de campo que acontecerá nos dias 25, 26 e 27 de março.  

Esse treinamento de campo na Grécia que o atleta Nacif Elias irá participar, reunirá vários atletas da categoria Junior de todo o mundo, será um treino forte e vai servir de teste para fortalecer o treino de preparação para o Grand Prix de Tbilisi, que acontece nos dias 29 a 31 de março, na Geórgia. 

Nacif até o momento está classificado para as Olimpíadas de Tóquio 2020. Mas precisa se manter ranqueado até o fim das competições do circuito mundial. 

Ele está treinando de 2 a 3 vezes ao dia, incluindo sábados e domingos. Mas aos domingos, ele faz uma parte mais técnica, às vezes uma parte física mais regenerativa. Aos sábados são sempre dois treinos, de manhã e à noite. Mantendo esse treino forte para buscar um bom resultado. “Estou completamente focado, abdiquei de várias coisas, já estou no Líbano há quase 3 meses, longe da minha família, e treinando intensamente. As pessoas aqui me recebem de braços abertos, me apoiam e acreditam no meu trabalho, então está sendo muito proveitoso, mas só bate uma saudade do Brasil. Quero retornar ao Brasil com uma medalha de ouro”, declarou Nacif Elias. 

Crédito da foto: Juliana Marino
Por Raquel Lima – Assessora de Imprensa   


segunda-feira, 18 de março de 2019

Copa São Paulo de Judô 2019: Fotos e resultados disponíveis.


Sábado e domingo, 16 e 17 de março, o ginásio municipal Adib Moysés Dib, em São Bernardo do Campo foi palco da Copa São Paulo de Judô 2019, uma realização da Federação paulista de Judô. Mais um recorde batido com a participação de mais de 2500 atletas nos dois dias de competição.
Na contagem geral de pontos os resultados foram os seguintes:
1º ESPORTE CLUBE PINHEIROS
2º ASSOCIAÇÃO NAMIE DE JUDÔ 
3º CLUBE PAINEIRAS DO MORUMBY
4º INSTITUTO REACAO
5º SESI SP 
6º ASS DE JUDO ARAÇATUBA 
7º A. D. SAO CAETANO 
8º SEDUC - PRAIA GRANDE 
9º SAO JOAO TENIS CLUBE/APAJA 
10º ASS BRAS A HEBRAICA DE SP

Clique aqui e confira os resultados completos.
Clique aqui e confira o álbum de fotos de sábado.
Clique aqui e confira o álbum de fotos de domingo.

Por: Assessoria de imprensa da F.P.Judô

Confederação Brasileira de Judô celebra 50 anos de fundação



A Confederação Brasileira de Judô celebra nesta segunda-feira 50 anos de fundação. Em 18 de março de 1969, o Judô nacional, que até então era dirigido pela Confederação Brasileira de Puglilismo, ganhou independência sob o comando da CBJ. O maior impulso veio em 1964, quando o judô ingressou no programa olímpico dos Jogos de Tóquio 1964, onde fomos representados por Lhofei Shiozawa, o primeiro judoca olímpico brasileiro. E o reconhecimento final da CBJ chegou com o primeiro judoca a subir no pódio olímpico, Chiaki Ishii, medalhista de bronze em Munique 1972. 

De lá para cá, a Confederação desenvolveu-se como instituição esportiva, organizou e promoveu o judô nacionalmente até transformar o Brasil em uma das maiores potências mundiais no esporte criado por Jigoro Kano. Em 2012, o judô assumiu a posição de esporte brasileiro com o maior número de medalhas em edições de Jogos Olímpicos e se manteve em 2016 como modalidade mais vitoriosa do país. São 22 pódios olímpicos conquistados pelos judocas brasileiros. 

Ídolos que ajudaram a construir uma nação de judocas. Segundo estimativa do Atlas do Esporte, cerca de dois milhões de brasileiros praticam judô atualmente. A modalidade está presente nos 26 estados brasileiros mais o Distrito Federal e organizada no sistema federativo com 27 Federações Estaduais filiadas à CBJ.  

"Muito me honra estar à frente da CBJ nesse aniversário de 50 anos. É uma grande responsabilidade liderar uma modalidade tão vitoriosa e dar continuidade ao legado deixado pelos imigrantes japoneses pioneiros do Judô no Brasil, pelos presidentes que geriram esta instituição, professores, patrocinadores, técnicos, árbitros e, sobretudo, pelos atletas que construíram o judô brasileiro", pontua Silvio Acácio Borges, presidente da CBJ. "A CBJ é, hoje, uma referência a nível nacional, continental e mundial, não apenas dentro do tatami, como também a nível de gestão. Seguiremos nesse caminho, com trabalho responsável sempre buscando a excelência em todos os níveis."

Borges é o sétimo presidente a comandar a Confederação nesse meio século de fundação. Antes dele, dirigiram a entidade Augusto de Oliveira Cordeiro (1969-1979), Miguel Martins Fernandez (1980-1981), Sérgio Adib Bahi (1982-1984), Joaquim Mamede de Carvalho e Silva (1985-1990), Joaquim Mamede de Carvalho e Silva Júnior (1991-2000) e Paulo Wanderley Teixeira (2001-2017).


Clique aqui e leia a matéria na íntegra.

Por: Assessoria de imprensa da CBJ


Americana: Judocas da Associação Moura de Judô conquistam medalhas na Copa São Paulo de Judô


Os judocas americanenses da Associação Moura de Judô, marcaram presença na tradicional Copa São Paulo, uma das principais competições do calendário nacional, reunindo milhares de atletas de todo o Brasil, o evento foi realizado no dia 16/03 no Ginásio Poli Esportivo Municipal “Adib Moysés Dib” no município de São Bernardo do Campo. Os judocas aspirantes Matheus Alcântara na categoria sub11 meio leve conquistou a medalha de bronze e Guilherme de Oliveira Silva, vinculado pela SET de Mogi Guaçu na categoria sub11 superligeiro também garantiu o bronze, também esteve presente Mateus de Oliveira Lúcio da categoria sub13 ligeiro que ficou apenas na fase final da competição. No dia 23/03 a Copa São Paulo encerra e contará com nossos representantes nas categorias Aspirantes Sub15 e Adulto Primeira Divisão.

Com o apoio da Secretaria Municipal da Educação e Secretaria de Esportes, a Associação Moura de Judô, sob a responsabilidade dos professores Nelson de Moura, Lineu Hirata, Fernando Guerreiro, Taylor Gomes e Leonardo Silva, atua na Escola Municipal do Ensino Fundamental, Jonas Correa de Arruda Filho, do bairro Vila Margarida, às terças e quintas-feiras, partir das 17:30 hs., gratuitamente à toda comunidade.

Por: Fernando Guerreiro - ASCOM Associação Moura de Judô


Maria Suelen Altheman é campeã e judô brasileiro volta da Rússia com seis medalhas no Grand Slam de Ecaterimburgo



Os presentes de aniversário da CBJ, que completa 50 anos de fundação na segunda-feira, 18, vieram, antecipadamente, neste domingo, diretamente da Rússia. O judô brasileiro encerrou em alta sua participação no Grand Slam de Ecaterimburgo, conquistando mais cinco medalhas. O maior destaque da campanha foi o título da pesado Maria Suelen Altheman, que derrotou a francesa Anne Fatoumata M'Bairo na final, de virada.

Mayra Aguiar (78kg) ainda levou a prata e Rafael Macedo (90kg), David Moura (+100kg) e Rafael Silva Baby (+100kg) conquistaram as primeiras medalhas da seleção masculina em 2019, todas de bronze. Com a prata conquistada por Maria Portela (70kg) no sábado, o Brasil volta da Rússia com seis pódios e o quinto lugar no quadro geral, atrás da Rússia (1º), Israel (2º), França (3º) e Japão (4º).

A caminhada de Maria Suelen na Rússia começou com vitória sobre a israelense Raz Hershko, o que a garantiu nas quartas. A partir daí, foram duas vitórias sobre compatriotas. Primeiro, venceu Rochele Nunes, que hoje luta por Portugal, nas punições (3-2). E, na semifinal, conseguiu o ippon sobre Beatriz Souza.

A disputa pelo ouro foi emocionante e Suelen precisou buscar a virada depois de ficar em desvantagem de um waza-ari logo no primeiro minuto de luta com Anne Fatoumata M Bairo, da França. Mais agressiva, a brasileira foi para cima, empatou o combate no tempo normal e, no terceiro minuto do golden score, liquidou a disputa com mais um waza-ari.

"Comecei a final perdendo. Mas, graças a sintonia com o técnico Mario Tsutsui, tive cabeça para conseguir virar o placar. Essa conquista me ajudou bastante no Ranking Olímpico e no classificatório para o Campeonato Mundial", avaliou Suelen. "A equipe inteira está de parabéns. Obtivemos três finais e isso mostra que a equipe do Brasil está cada vez mais preparada para os próximos desafios."

Na mesma categoria, o Brasil teve a chance de fazer uma dobradinha com Bia Souza, que acabou deixando escapar a medalha de bronze no combate com a lituana Sandra Jablonskyte.

Mayra Aguiar também chegou à final de sua categoria com três vitórias nas preliminares. Venceu a britânica Yeats-Brown na estreia e, nas quartas, passou pela japonesa Rika Takayama. Na semifinal, novo encontro com a austríaca Bernadette Graf,  adversária da brasileira na final em Oberwart e nas quartas em Dusseldorf. Vitória para Mayra por waza-ari e classificação à terceira final consecutiva da brasileira no Circuito Mundial IJF.

Em duelo equilibrado com a japonesa Mao Izumi, Mayra conseguiu impor leve vantagem nas punições (2-1), mas caiu no shime-waza (estrangulamento) da adversária e bateu, desistindo do combate.

Os homens subiram ao pódio três vezes neste domingo, começando pelo bronze do peso médio Rafael Macedo (90kg). Para conquistar sua primeira medalha em Grand Slam, Macedo derrotou o russo Khusen Khalmurzaev e o italiano Nicholas Mungai até parar no georgiano Beka Gviniashvili, na semifinal. A medalha veio com vitória por waza-ari sobre o holandês Jasper Smink.

"É minha primeira medalha em Grand Slam e estou muito feliz por essa conquista. Somei pontos importantes no ranking para conseguir minha vaga em Tóquio 2020. Foi um passo muito importante em busca dessa vaga. Mas, temos muito mais competições pela frente, e agora é continuar o trabalho duro para concretizar essa vaga em Tóquio", projeta Macedo que, com os 360 pontos da Rússia deve melhorar sua 18ª colocação no ranking mundial.

Em seguida, os pesados David Moura e Rafael Silva Baby fizeram a dobradinha de bronze para o Brasil, derrotando, respectivamente, Stephan Hegyi, da Áustria, e o russo Anton Krivobokov.

Eduardo Bettoni (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Samanta Soares (78kg) também lutaram neste domingo. Bettoni parou em Piotr Kukzera, da Polônia, na primeira luta. Leonardo Gonçalves eliminou o campeão europeu eu cabeça-de-chave, Toma Nikiforov, da Bélgica, mas caiu para o candense Shady El Nahas, que ficou com o bronze no final. Buzacarini perdeu para o holandês Michael Korrel, número 8 do mundo. E Samanta caiu para a francesa Sama Hawa Camara.

Além dos medalhistas, o Brasil ainda teve mais quatro judocas no bloco final. Eduardo Katsuhiro Barbosa (73kg) e Beatriz Souza (+78kg) ficaram em quinto, enquanto Eric Takabatake (60kg) e Daniel Cargnin (66kg) pararam na repescagem, ficando em sétimo lugar.

Na Rússia, a seleção fecha uma sequência de três Grand Slam em dois meses com onze medalhas conquistadas. Faltou pódio em Paris, mas a recuperação veio em seguida, em Dusseldorf, com cinco medalhas e, agora, mais seis em Ecaterimburgo. Foram dois ouros, três pratas e seis bronzes para o Brasil nos três Grand Slam de início de temporada.


Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

domingo, 17 de março de 2019

Bahia: Judocas coiteenses conquistam medalhas na primeira Etapa do Circuito Baiano de Judô


Neste sábado, dia 16 de março, houve a primeira Etapa do Circuito Baiano de Judô no Centro Pan-americano em Lauro de Freitas, com a presença de 645 atletas.

A Associação de Judô Coiteense esteve presente com os judocas representando sua Região e os resultados foram os seguintes:

Artur Rebelo 5° no sub 11
Gabriel  Silva 5° no sub 11
Igor Souza vice campeão sub 11
Davi Davizinho Flamberry 3°Lugar no sub 15
José Henrique Silva vice campeão no sênior
Rafaela Silva no 3° sub 18
Janequeila Santana vice campeã  no sub 18
Bruna Oliveira no 3° sub 18
Bruna Oliveira campeã no Iniciante
Carol Sampaio vice campeã no iniciante
Rafaela Silva campeã no iniciante
Sara Oliveira campeã no iniciante
José Henrique campeão no Iniciante
José Henrique vice campeão no sub 21
Técnicos: Lucas Lima e Sensei Vladson Mattos.


"Foi um bom resultado para nossa Região", comentou o técnico Vladson Mattos. 
Os  atletas agradecem a parceria com a Prefeitura Municipal de Conceição do Coité-BA.

Por: Judô Coiteense - Bahia.

sexta-feira, 15 de março de 2019

Atleta capixaba Bruno Altoé é eleito o novo coordenador de judô de alto rendimento do Espírito Santo


O atleta capixaba de judô Bruno Altoé, 27 anos, recebeu recentemente o voto de congratulação da Federação de Judô e foi eleito um dos novos coordenadores técnicos da Federação Espírito-santense de Judô. 

A nomeação de Bruno Altoé foi graças ao seu excelente desempenho em toda sua trajetória no judô, sendo o atleta que mais trouxe títulos nacionais e internacionais para o estado do Espírito Santo:  pentacampeão brasileiro, bicampeão pan-americano, foi integrante da equipe olímpica em Tóquio 2008 e de Londres em 2012. Tem uma hegemonia no estado do Espírito Santo: cinco anos sem perder nenhuma luta em campeonatos estaduais. Já representou o Minas Tênis Clube, participou da seleção brasileira desde a equipe juvenil (aos 15 anos) até a equipe sênior, ou seja, tem uma bagagem competitiva e de seleção brasileira. 

Escolher um atleta renomado e nomear como coordenador técnico é também uma tradição do Japão. O exemplo disso é do judoca japonês Kōsei Inoue, medalhista olímpico, de grande destaque, foi parando de competir, mas que agora, faz parte da comissão técnica, a convite da seleção japonesa de judô. E a Federação Capixaba está fazendo o mesmo processo. Mas Bruno Altoé vai continuar competindo, tentando manter a hegemonia do estado, participando de algumas competições especiais, treinando, mas passando suas experiências para as próximas gerações: “Foi um depósito de confiança na juventude, no novo, por eu ter apenas 27 anos e já estar assumindo um cargo de responsabilidade, é uma coisa nova e exige muita responsabilidade e competência. Mas irei me empenhar e me dedicar para que o judô no estado do Espírito Santo se desenvolva ainda mais nas próximas gerações, agradeço pela oportunidade crendo que será bem executada”, afirmou Bruno Altoé confiante. 

Por Raquel Lima – Assessora de Imprensa  

Começa amanhã! Com cobertura fotográfica do boletim OSOTOGARI.


Sábado e domingo São Bernardo do Campo será a cidade do Judô. Com estimativas de mais de 3000 participantes, será realizado no ginásio municipal Adib Moysés Dib, a edição 2019 da Copa São Paulo de Judô.

A  Copa  São  Paulo  foi  criada  em  2007 e as duas primeiras edições  foram  realizadas  na  cidade de  Praia Grande, litoral paulista. 

Depois a competição foi transferida  para a cidade de São Paulo (2009),  sendo realizada no ginásio do Corinthians. Nos anos seguintes a Copa São Paulo foi para a cidade de  São Bernardo do Campo, no ginásio  municipal  “Adib  Moysés  Dib”  (2010 à 2015). Em 2016 a competição foi realizada  em São Paulo no ginásio José de  Almeida,  no  Complexo Esportivo  Constâncio Vaz Guimarães, o Ibirapuera, contando pela primeira vez  em sua história com a presença do  então  Governador  do  Estado  de São  Paulo,  Geraldo  Alckmin. Por  meio de um decreto que ele assinou em 04 de maio de 2015, a Copa São Paulo de Judô foi incluída  como  evento  oficial  no  calendário  estadual de esportes. 

As edições de 2017 e 2018 voltaram a ser realizadas na cidade de  São Bernardo do Campo, no ginásio municipal “Adib Moysés Dib” e a  edição 2019 também será realizada  nesta cidade da região do ABC. 

A  Copa  São  Paulo  foi  idealizada  para abrir o calendário esportivo do  judô  do  Estado com  um mega  evento. A cada ano o número de  inscritos aumenta e hoje é considerado o maior evento inter clubes da  America Latina.

E o boletim OSOTOGARI realizará a cobertura fotográfica da competição.

Serviço
Copa São Paulo de Judô 2019
Data: 15, 16 e 17 de março
Local: Ginásio Poli Esportivo Municipal “Adib Moysés Dib”
Av. Kennedy, 1155, Bairro Anchieta, São Bernardo do Campo, SP


Por: Boletim OSOTOGARI



quinta-feira, 14 de março de 2019

Seletiva Paulista para o Combat Games será realizado por convocação técnica durante a Copa São Paulo


A Federação do Desporto Escolar do Estado de São Paulo (Fedeesp) em conjunto com a Federação Paulista de Judô (F.P.Judô), realizarão uma avaliação para a convocação técnica dos judocas paulistas para as disputas da Fase Nacional do Combat Games 2019 de Judô. E essa avaliação será realizada durante as disputas da Copa São Paulo 2019, nos dias 16 e 17 de março, na cidade de São Bernardo do Campo.
Os judocas dessa classe serão avaliados, nas 16 categorias de peso, sendo 08 no masculino e 08 no feminino, por uma comissão técnica que será composta por Douglas Vieira, Joji Kimura, Marinho Esteves, Paulo Alvim, Andrea Oguma, Yoshio Kimura e José Olivio.
No final da competição a comissão se reunirá e convocará 08 atletas e 01 técnico, com o melhor índice técnico, que receberão passagens aéreas, alimentação e hospedagem para participar da Seletiva Nacional que será realizada na cidade de Palmas, no Tocantins. Porém haverá oportunidade de outros 08 atletas e mais um técnico que atingirem o índice técnico e poderão participar da seletiva, porém arcando com os custos de passagens aéreas e a CBDE custeará hospedagem e alimentação.
A Seletiva Nacional Escolar de Karatê, promovida pela Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), acontecerá no período de 18 a 21 de abril em Palmas-Tocantins e definirá a Seleção Brasileira que participará do ISF Combat Games 2019 (Jogos Mundiais Escolares de Lutas).
O ISF Combat Games 2019, promovido pela International School Sport Federation (ISF), acontecerá no período de 16 a 21 de junho de 2019, na cidade de Budapeste – Hungria.
Conforme regulamento da International School Sport Federation (ISF) só poderão participar na modalidade de Judô atletas das classes Sub 18,  ou seja, os atletas nascidos em 2002, 2003 e 2004, masculino e feminino.
Clique aqui e confira o regulamento do do ISF Combat Games 2019.

Por: Assessoria de Imprensa da F.P.Judô


F.P.Judô fará campanha para ajuda aos desabrigados das enchentes durante a Copa São Paulo 2019


A F.P.Judô está se mobilizando para ajudar as famílias desabrigadas, vítimas das últimas enchentes ocorridas em São Bernardo do Campo.
Para isso, montará um posto de arrecadação de mantimentos não perecíveis, produtos de limpeza, produtos de higiene pessoal e roupas no ginásio Adib Moysés Dib, durante a realização da Copa São Paulo de Judô 2019.
A entidade informa às Associações e Clubes que participarão da Copa São Paulo que, quiserem fazer suas doações, o posto de arrecadação ficará aberto durante todo o evento.
Por: Assessoria de Imprensa da Federação Paulista de Judô


Santo André: Copa Auto Shopping Global será a primeira etapa do Circuito ABC de Judô


Uma novidade criada pela 9ª Delegacia Regional Grande ABC para 2019 foi a criação do Circuito ABC de Judô. Serão quatro etapas no decorrer do ano e uma de encerramento.

A primeira competição do Circuito ABC de Judô, a Copa Auto Shopping Global de Judô 2019, será realizado em 07 de abril no ginásio de esportes Noêmia Assumpção em Santo André.

As disputas no masculino serão para as classes Sub 11, Sub 13, Sub 15, Sub 18, Adulto, Master A e Master B. As disputas no feminino serão para as classes Sub 11, Sub 13, Sub 15, Sub 18 e Adulto.

Informações adicionais poderão ser adquiridos através dos seguintes contatos:

gilsports@uol.com.br ou mjhungaro@gmail.com

(11) 94084-3813 ou (11) 99518-8272

Evento contará com a cobertura de mídia através do boletim OSOTOGARI.

Serviço:
Copa Auto Shopping Global de Judô 2019
Data: 07 de abril
Local: Ginásio de esportes Noêmia Assumpção
Rua Custódia, s/n, Camilópolis, Santo André, SP
Abertura: 09h

Por: Boletim OSOTOGARI


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada