terça-feira, 9 de agosto de 2022

Em homenagem surpresa, presidente Silvio Acácio Borges recebe promoção ao 8º Dan

O presidente da Confederação Brasileira de Judô, Silvio Acácio Borges, anfitrião, idealizador e um dos maiores entusiastas do Encontro Nacional de Kôdanshas, criado na sua gestão para valorizar os grandes mestres do judô, foi surpreendido por seus pares com uma homenagem mais do que especial.  

No último sábado, 06, segundo dia do Encontro de Kôdanshas, o presidente do Conselho Nacional de Graus, Sensei Icracir Rosa, anunciou a promoção ao 8º Dan outorgada a Silvio Acácio Borges, atendendo a solicitações enviadas por 22 das 27 Federações Estaduais de judô em reconhecimento à dedicação e contribuição do presidente ao judô nacional.  

O presidente Silvio tem uma vida inteira dedicada ao judô. Começou a praticar ainda criança, na Associação Joinvillense por influência de seu amigo Rubens Cláudio da Graça. Discípulo do Sensei Kenzo Minami, teve destaque como juvenil e júnior, chegando competir até a classe adulta.  

Atuou como professor de judô, técnico, chefe de delegação e fez carreira na arbitragem, onde alcançou a categoria FIJ A, mais alta da arbitragem mundial. Integrou o Conselho Nacional de Arbitragem até que, em 2013, assumiu a presidência da Federação Catarinense de Judô. Em março de 2017, foi eleito presidente da CBJ por aclamação e reeleito quatro anos depois para seu segundo mandato, que cumprirá até 2025.

Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

CBJ homenageia Aurélio Miguel com a comenda da Ordem do Mérito


O primeiro campeão olímpico do judô brasileiro, Aurélio Miguel, é o mais novo integrante da Ordem do Mérito, condecoração entregue pela Confederação Brasileira de Judô a pessoas ou instituições com relevantes contribuições ao judô.  

A homenagem foi anunciada pelo presidente Silvio Acácio Borges durante o Encontro de Kôdanshas, na última sexta-feira, 05, em Joinville. Aurélio não pôde estar presente ao evento por questões pessoais e receberá a comenda em outra oportunidade.  

Mas, seu nome já está integrado ao seleto grupo da Ordem do Mérito ao lado de Chiaki Ishii, Geraldo Bernardes e Paulo Wanderley Teixeira.  

Aurélio Fernandez Miguel começou a lutar judô aos 7 anos por indicação médica a fim de tratar problemas respiratórios. Aos 13 já despontava como grande promessa do judô de São Paulo e, antes de chegar aos 20 anos, sagrou-se campeão pan-americano adulto, em 1983. Cinco anos depois, entrou para a história como o primeiro campeão olímpico do judô no Brasil, conquistando o ouro nos Jogos Olímpicos de Seul. Em Atlanta 1996, ele faturou ainda mais uma medalha, dessa vez o bronze.  

Foi um dos maiores judocas da história do Brasil e teve papel fundamental na modernização do esporte no país. Em 2020, Aurélio foi reconhecido como uma das lendas do esporte brasileiro e entrou para o Hall da Fama do Comitê Olímpico do Brasil. 

Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

Foto: Robson Khalaf/CBJ


Encontro Nacional e Pan-Americano de Kôdanshas foi realizado em Joinville-SC

Na última sexta-feira (05), grandes mestres do judô brasileiro e pan-americano estiveram reunidos no Teatro Juarez Machado, em Joinville-SC, para o V Encontro Nacional e Pan-Americano de Kôdanshas. O evento foi conduzido pelo presidente da Confederação Brasileira de Judô, Silvio Acácio Borges, e prestigiado por autoridades nacionais, como presidentes de Federações, e autoridades locais, como o Prefeito de Joinville, Adriano Silva, o Secretário de Esportes, André Mendonça Furtado Mattos, e o Presidente da Câmara de Vereadores, Maurício Peixer.

“Nem mesmo a pandemia conseguiu parar o seguimento do judô e muito menos dos Kôdanshas. Eu tenho muita honra, muito orgulho, de ser da gestão que trouxe o evento para o calendário oficial da CBJ. Era o sonho de muitos que estão aqui presentes ou dos que já não estão mais conosco. É o maior de todos os encontros, com um número excepcional [de presentes]”, disse o Presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges, na abertura do evento.

O dia contou com uma sequência de atividades que celebraram o Judô. Foram ministradas as palestras  “Desenvolvimento Esportivo das Equipes de Transição da CBJ: Uma Proposta Metodológica”, com o Prof. Marcelo Theotonio; “Judô nas Escolas: Quebrando Paradigmas”, com o Prof. Saimon Magalhães; e “Kata: A Evolução das Competições”, com o Prof. Rioiti Uchida. Além disso, ações e programas promovidos pela CBJ foram abordados. O Prof. Robnelson Ferreira apresentou a palestra "Compliance e Governança na CBJ"; a Dra. Adriana Schier, presidente do Conselho de Ética da CBJ, apresentou o Manual de Conduta e o Código de Ética da CBJ; o Dr. Paulo Schmitt falou sobre o Programa de Integridade da CBJ e a Profª. Dra. Clarice Pires sobre o Programa de Formação Continuada de Treinadores e Treinadoras.

Uma série de homenagens e promoções de Kôdanshas também marcaram a quinta edição do Encontro. Aurélio Miguel, campeão olímpico em Seul 1988 e bronze em Atlanta 1996, foi anunciado como o condecorado com a Ordem do Mérito CBJ e Cristian Cezário, coordenador de veteranos, com a comenda do Cinquentenário da CBJ. 

Ademais, durante o Seminário Nacional de Arbitragem, Augusto Eduardo Ramos recebeu o título de Árbitro FIJ A Honorário, a maior categoria da arbitragem; 87 árbitros foram convalidados à IJF C; 17 árbitros foram aprovados a Nacional A; 16 a Aspirantes a IJF; e 54 juízes de Kata receberam seus certificados nacionais.

Confira abaixo a relação da graduação de Kôdanshas em Joinville:

Herbert Marques Rodrigues (6°DAN)

Francisco Pereira da Silva (6°DAN)

Nilson Rabelo de Souza Júnior (6°DAN)

Zedemar Sena de Oliveira (6°DAN)

Antônio Luis Vieira Rocha (6°DAN)

Marco Antônio Pires da Silveira Leite (6°DAN)

Irisomar Fernandes Silva (7°DAN)

Francisco Bento Filho (7°DAN)

Alessandro Souza Nascimento (6°DAN)

Alexandre Ferreira Cano (6°DAN)

Nicodemos Figueiras Júnior (6°DAN)

Reginaldo Markievison Souza de Arruda (6°DAN)

Genivaldo Lima Farias (6°DAN)

Vinícius Rodrigues Jerschow (6°DAN)

Por: Assessoria de Imprensa da CBJ


Atleta petropolitano faz campanha para participar de campeonatos de judô


Matheus Domingues Moreira, de 17 anos, tem síndrome de down e pratica judô 
desde quando tinha oito anos. Em toda a história no esporte, o judoca já participou de mais de 45 competições e em todas esteve no pódio. Por causa da pandemia, Matheus deu uma pausa nos treinos e voltou às competições oficiais em julho deste ano. Para arcar com os custos dos campeonatos da Associação Brasileira de Judô Inclusivo (ABJI), a família está fazendo uma campanha. Os maiores custos são os campeonatos de Minas Gerais, São Paulo e Santa Catarina, onde o judoca tem a necessidade de translado, hospedagens e alimentação.

A família conseguiu uma parceria com uma empresa no mercado de esporte que doou duas mesas de tênis de mesa. Para arrecadar o suficiente para as competições deste ano, haverá um sorteio no próximo dia 17 de agosto através das redes sociais. Cada rifa custa R$25.

História

O judoca é filiado a Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro (FJERJ) e prova que vencer desafios é uma questão de força de vontade e de muito incentivo. Seu maior desafio foi quando, ainda bebê, recebeu um diagnóstico com uma válvula do coração que não se fechou sozinha e necessitaria de uma intervenção cirúrgica realizada em abril de 2006. A família atribuiu o sucesso da cirurgia a Deus que reservou a ele uma das melhores equipes médicas e todo o problema foi resolvido.

Após a cirurgia, Matheus passou por sessões de fisioterapia e, após um tempo, iniciou a prática esportiva na natação. Antes de embarcar no judô, o atleta também chegou a fazer aulas de futebol, esporte pelo qual é apaixonado, por isso se tornou torcedor do Fluminense e do Barcelona. Porém, a experiência no futebol foi desastrosa porque Matheus não conseguiu se desenvolver por conta de preconceito de alunos e pais.

Foi neste momento que o petropolitano percebeu seu interesse pelo judô porque via os irmãos mais velhos falando da luta em casa. E ao testar o esporte, ele se adaptou muito rápido e foi muito bem recebido por todos.

Matheus começou a praticar o judô aos oito anos. Sua estreia nas competições oficiais foi na 1° Etapa do Judô para Todos no Rio de Janeiro – Troféu Breno Viola em 15 de junho de 2014. 

Desde lá vem se destacando em mais de 20 competições em municípios dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

Matheus foi alfabetizado há dois anos e toda sua família se orgulha muito disso. “Saber que ele pode consumir informação dá uma tranquilidade para gente”, afirmou a mãe, Valéria Moreira. 

Atualmente, ele cursa o 8º ano do ensino fundamental na Escola Municipal Fábrica do Saber, onde acompanha uma turma regular.

A mãe foi a grande incentivadora na parte educacional se esforçando ao 
máximo para a alfabetização do Matheus para que com isso ele pudesse adquirir conhecimentos e uma melhor qualidade de vida. O pai, André Moreira, sonha em dar uma oportunidade de vida ao Matheus através do esporte. “Ele ama o Judô a ponto de acordar e perguntar se é dia de treino, nas competições se concentra no que vai fazer, leva a sério mesmo. Embora respeite, não gosta
da derrota e se cobra por ela”, afirma André.

Rotina de treinos

O pai conta que os treinos do Matheus acontecem todas terças e quintas de 17h30, às 19h, no CT DVJJ com o Sensei Ronaldo da Lua, no Cascatinha. O treino do Matheus é adaptado para as regras da ABJI que preserva a integridade física dos atletas. André explica que para o exame de faixas do judô, Matheus aprende e executa todos os golpes solicitados.


Como ajudar?

Para adquirir uma rifa do sorteio das mesas de tênis, basta ler o QR Code ou fazer um Pix de R$25 para o CPF 125.169.337-70 ou pelo e-mail: matheusjudocaespecial@gmail.com

O lançamento do nome do comprador será feito através do extrato bancário pelo nome do depositante. O sorteio será feito em local público e com transmissão ao vivo pelo Instagram
do Matheus (https://www.instagram.com/matheusjudocaespecial/).




segunda-feira, 8 de agosto de 2022

Nova Geração do Judô Atibaiense Conquista Medalhas em Serra Negra


Domingo, 07 de agosto, os Judocas da equipe atibaiense do São João Tênis Clube/Associação 
Paulo Alvim de Judô Atibaia/Secretaria de Esportes e Lazer da PEA, participaram na cidade turística de Serra Negra, nas dependências do Esporte Clube Serra Negra, do tradicional Torneio de Judô do Serra Negra E.C., chancelado pela 15° Delegacia Regional da Federação Paulista de Judô, um dos mais antigos torneios da região, neste ano teve a participação aproximada de 650 Judocas nas classes Mirim a Sênior, representando 40 associações e clubes.

Orientada pelos treinadores Pi, Jair Gimenez e Angélica da Silva a equipe atibaiense participou somente com Judocas das classes Sub11 e Sub13, colocando essa nova geração em experiência esportiva. Com muita responsabilidade, mas acima de tudo alegria, os judocas tiveram um excelente desempenho e dos 24 participantes, 14 conquistaram lugar no pódio, sendo 03 campeões, 04 vice-campeões e 07 terceiros colocados, são eles:

Campeões
Yasmim de Moraes, Guilherme Augusto Previdelli e Rodrigo Rodrigues.
Vice-Campeões
Jennifer Queiroz, Sophia Mitsuoka, Ana Clara Franco e Gabriel Gianduci.
Terceiros Colocados 
Nicole Morais, Murilo Romacho, Diogo Silva, Jeferson de Souza, Pedro Almeida, José Renato 
Gomes e Riquelme Capelo.

Os judocas agradecem a CONCESSIONÁRIA ROTA DAS BANDEIRAS S.A., COLÉGIO ATIBAIA, HOTEL BOURBON ATIBAIA LTDA, ATIBAIA RESIDENCE HOTEL & RESORT, MTPLUS – consultoria em Segurança e Medicina do trabalho Ltda., CORA – Centro de Ortopedia e Reabilitação Atibaia Ltda., UNIMAGEM – Unidade de Diagnóstico por imagem São Francisco de Assis Ltda., UNIFAAT – Instituição Educacional Atibaiense Ltda., OFICIAL DE REGISTRO DE IMOVÉIS, PRIMEIRO TABELIÃO de Notas e de Protesto de Letras e Títulos da Comarca de Atibaia, SEGUNDO TABELIONATO de Notas e Protestos de Letras e Títulos, Estruturas Metálicas Ando, Centro Integrado Atibaia Odontologia, Fisioterapeuta Layla Nery, Viação Atibaia São Paulo, Academia R Sette, Preparador Físico Roger Fonseca, Psicóloga – Rubiana Shimoda, Centro Radiológico Atibaia – Alvinópolis, Escola de Inglês - iBox English – família Alaby, Imprensa de Atibaia e Boletim OSOTOGARI, que acreditam e apoiam o judô atibaiense

Por: APAJA - Atibaia

Clube Monte Líbano participa da Copa Matsumi de Judô


Em 06 de agosto de 2022, 41 judocas do Clube Monte Líbano, de São José do Rio Preto - SP, participaram da Copa Matsumi de Judô. Os judocas do Clube Monte Líbano foram acompanhados pelo professor Guilherme Suman e a competição teve a chancela da 6ª Delegacia Regional da FPJ.

Por: Judô Clube Monte Líbano

Campeonatos Brasileiros de Veteranos e Kata levam quase 600 judocas à Joinville-SC


Os Campeonatos Brasileiros de Veteranos e Kata, realizados no último final de semana (06 e 07 de agosto), reuniram quase 600 judocas de 25 estados brasileiros em solo catarinense e proporcionaram à cidade de Joinville um show de judô. Após uma pausa de dois anos devido à pandemia de covid-19, o número recorde de inscritos deu aos eventos uma volta mais do que triunfal.

No Campeonato Brasileiro de Veteranos, foram 552 judocas competindo em 87 categorias. No quadro geral de medalhas, destacaram-se os estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul. Já no Kata, 37 duplas, distribuídas em cinco categorias, mostraram ao ginásio Cau Hansen a técnica e o espírito que o judô possui.

Clique abaixo para acessar os resultados completos:

+RESULTADOS COMPLETOS VETERANOS

+RESULTADOS COMPLETOS KATA

Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

Foto: Robson Khalaf/CBJ



domingo, 7 de agosto de 2022

Vinícius Erchov é promovido a Kôdansha e recebe homenagens dos alunos


"Chegou o dia, chegou o momento, tudo no seu tempo". Vinícius Erchov, professor responsável pela Associação Projeto Budô, uma academia situada na Lapa, em São Paulo, recebeu na manhã deste sábado, 06 de agosto de 2022 a sua graduação de sexto dan, outorgado pela Confederação Brasileira de Judô (CBJ), durante as celebrações e ações realizadas em Joinville, Santa Catarina neste final de semana. Todos os judocas do Brasil promovidos para Kôdansha em 2022 receberam a sua outorga nesta cerimônia.


Apesar de ser responsável por uma academia de São Paulo, Erchov está registrado há cinco anos pela Federação Baiana de Judô (FEBAJU), que, cumprindo todas os requisitos necessários à indicação da promoção, foi aprovado pela Comissão Nacional de Graus da CBJ.


Em suas redes sociais, Erchov escreveu um texto sobre a sua promoção:

"Então, KODANSHA!

Sempre cumprindo carências e regulamentos e sempre fazendo exames (1 ao 5 Dan), hoje veio a conquista do título de Kodansha, o "Doutorado" do Judô.
Passando por centenas de alunos (quase 40 faixas-preta formados), Três Títulos Mundiais de Kata e a Certificação de Eficiência Técnica outorgada pela Kodokan nesta extensa trajetória no Judô, só penso em AGRADECER. Primeiro à minha MÃE que já me fez judoca (ensinando exemplos e valores) sem nunca ter pisado em um tatami; meus alunos e o PROJETO BUDÔ que me fazem diariamente estudar e procurar ser uma pessoa melhor para compartilhar com eles o maravilhoso "caminho suave"; o saudoso Sensei Carlos Penna que me iniciou na modalidade e me fez apaixonar pela mesma, o professor Uchida que me ensinou muito na minha caminhada como Yudansha, o ímpar Sensei Mário Matsuda que mostrou pra mim o que é um ser humano que representa o Judô em todas suas formas, o Sensei Dante Kanayama e as centenas de oportunidades e confiança em mim depositada, meu melhor amigo e parceiro de títulos mundiais, Roberto Albanese, pelos constantes exemplos e carinho, aos Senpais Rodrigo Motta pelos muitos ensinamentos sobre ter garra e acreditar sempre e Luís Alberto dos Santos pela parceria fundamental na conquista obtida na Kodokan, ensino/aprendizado de Kata e felicidade genuína pelos meus êxitos; aos meus irmãos de tatami do ICI (em especial Cris Cesário, Bahjet Hayek e Markinho Almeida) pelo constante estímulo e motivação; ao Colégio São Luís por (por mais de duas décadas) me possibilitar o constante desenvolvimento como professor, ao Presidente da Febaju, Marcelo Ornelas França, que me acolheu nesta inovadora Federação e me possibilitou essa grandiosa conquista e ao Presidente da CBJ, Silvio Acácio, por conduzir com competência, coerência e sensibilidade o órgão máximo do Judô no Brasil. 

Agora como "Guardião do Conhecimento" do Judô, se inicia uma nova fase na modalidade com o compromisso ainda maior de estudar, aprender e difundir este incrível modo de vida. Poder transformar para o bem ainda mais pessoas e melhorar a sociedade, objetivo final do caminho de vida proposto pelo singular Sensei Jigoro Kano, fundador do Judô." (Vinícius Erchov - Kôdansha 6º dan)

Vinícius retornou para São Paulo no mesmo dia em que recebeu a promoção e já programou uma comemoração com seus alunos para este domingo.

Mais de oitenta judocas se reuniram no dojô do Projeto Budô para um treinamento e homenagens de seus alunos mais graduados. Para a maioria de seus alunos, Erchov quis fazer uma surpresa, e conseguiu. Muitos alunos ficaram felizes e emocionados com a conquista de seu professor.


As comemorações se estenderam após o treinamento, onde foi oferecido um churrasco aos participantes que foi servido no Lapa Lapa Bar & Grelha, que fica em um anexo da Academia Projeto Budô.


A alegria e descontração de todos nessa grande comemoração pela conquista de Vinícius Erchov foi registrada pelo boletim OSOTOGARI, cuja documentação fotográfica foi disponibilizada.

Clique aqui e confira a documentação fotográfica do treino homenagem

Serviço:

Dojô do Projeto Budô.
Rua Antonio de Mariz, 123 - Lapa/São Paulo
Visite o site:
www.projetobudo.com.br

Lapa Lapa
Salão e retiradas: Rua Antônio de Mariz, 123, Lapa, tel. 3836-1910,  WhatsApp (tel. 9148-82895).
Das 12h até 15h e das 18h até 23h (fecha domingo e segunda).
Tem acessibilidade.
Instagram: @lapalapasp.

Por: Boletim OSOTOGARI






sábado, 6 de agosto de 2022

Joinville: Em dia de homenagens, Cristian Cesário recebe comenda dos 50 anos da CBJ.


"Homenagem especial aos 50 anos da CBJ": Cristian Cesário, Coordenador Nacional dos Veteranos, recebeu na manhã deste sábado, das mãos do Presidente Silvio Acácio Borges, a comenda especial comemorativa aos 50 anos da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), durante a realização do Encontro Nacional e Pan-Americano de Kôdanshas 2022, realizado no teatro Juarez Machado, em Joinville-SC. 

Cristian foi condecorado pelos trabalhos "incansáveis" realizados à frente da coordenação nacional de veteranos, juntamente com os coordenadores estaduais da classe que, juntos, elevaram a patamares nunca antes alcançados pelos veteranos e que a cada ano aumentam a representatividade tanto em participações e resultados em competições de todos os níveis (estaduais, nacionais e internacionais) mas principalmente no resgate de atletas com uma grande bagagem e história que retornam à ativa na modalidade e também incentivando pessoas com mais idade a começarem a praticar o judô.

Cristian, juntamente com Rodrigo Motta e Bahjet Hayek, é fundador do Instituto Camaradas Incansáveis (ICI), que ensina e treina o judô em todas as faixas etárias e tem destaque no trabalho realizado com a classe veteranos.

Por: ASCOM ICI




sexta-feira, 5 de agosto de 2022

Programa Faixa Preta | Esportismo | Chiaki Ishii como inspiração em um programa de GQT em vendas


Da frustrante desclassificação na seletiva para as Olimpíadas de 1964 à conquista da primeira medalha olímpica do Brasil no judô nas Olimpíadas de 1972, Chiaki Ishii perseverou com dedicação e disciplina a vida toda em vista de sua paixão pela arte marcial, sempre norteado pelas cinco competências que adquiriu no esporte e que o levaram a alcançar seus objetivos – atitude, visão, estratégia, execução e trabalho em equipe, conforme determina a Teoria do Esportismo.

Apresentando a trajetória do judoca que é uma figura tão influente e importante não só para a história do esporte no Brasil, como também para toda uma geração inspirada por seu espírito incansável, este vídeo foi desenvolvido pela Flora, sob curadoria de Rodrigo Motta e como parte do Programa Faixa Preta, com o objetivo de introduzir um ícone das artes marciais a fim de motivar a equipe a participar do programa de GQT em vendas.

Por: Rodrigo Guimarães Motta - Instituto Camaradas Incansáveis

Encontro Nacional de Kodanshas. Confira o vídeo da abertura!


Confira o vídeo de abertura Encontro Nacional de Kodanshas, que acontece nesta sexta-feira, 05 de agosto, na cidade de Joinville.

Por: CBJ

quinta-feira, 4 de agosto de 2022

Rio Grande do Sul: Sábado será marcado por disputas seletivas em Porto Alegre


A Federação Gaúcha de Judô organiza neste sábado dois eventos paralelos para as categorias de base. Enquanto os judocas de 12 a 14 anos e 15 a 17 anos disputam o Campeonato Estudantil do Rio Grande do Sul (Cergs), os atletas do sub-21 vão para o tatame do CETE de olho em um lugar na Seleção Gaúcha que disputará o Campeonato Brasileiro da categoria.

A programação começa logo cedo, a partir as 8h30, com a primeira etapa do Cergs, destinada a atletas dos 15 aos 17 anos. Em seguida, às 11h, iniciam os combates dos judocas entre 12 e 14 anos. Ao todo, 165 atletas vão participar do Cergs.

À tarde, os judocas do sub-21 vão, na prática, adiantar a disputa da sexta etapa do circuito estadual, que está marcada para setembro, em Lajeado. Mas se a pontuação valendo para a competição do mês que vem, os resultados já vão valer para a agora e 77 judocas vão tentar lugares na equipe que representará o RS no Campeonato Brasileiro sub-21, que ocorre entre setembro e outubro.

Por: Federação Gaúcha de Judô


quarta-feira, 3 de agosto de 2022

CBJ divulga atualização de agosto do Ranking dos Veteranos. Confira!


A Confederação Brasileira de Judô (CBJ) divulgou o ranking atualizado da classe Veteranos, masculino e feminino, bem como o documento de regras da classe, no mês de agosto de 2022.

Clique aqui e confira o Ranking Veteranos Masculino.

Clique aqui e confira o Ranking Veteranos Feminino.

Clique aqui e confira as regras do Ranking Veteranos.

Por: CBJ


terça-feira, 2 de agosto de 2022

Eventos da CBJ para Kôdanshas, Árbitros, Veteranos e Kata, em Joinville, têm recordes de inscritos


A Confederação Brasileira de Judô realizará em Joinville (SC), neste final de semana, uma grande celebração do judô nacional com uma série de eventos que prometem levar quase mil judocas à cidade catarinense. Na programação, o Encontro Nacional e Pan-Americano de Kôdanshas, o Seminário Nacional de Arbitragem e os Campeonatos Brasileiros de Veteranos e Kata, que lotarão o ginásio Cau Hansen e o Teatro Juarez Machado nos próximos dias 05, 06 e 07 de agosto.

Por causa da pandemia, esses eventos tiveram um hiato de dois anos de paralisação e voltam com grande expectativa em 2022. A lista prévia de inscritos com números recordes já indica o sucesso na realização desses eventos e o quanto os representantes desses segmentos esperam por esse momento de reencontro. 

Kôdanshas

Realizado pela CBJ desde 2017, o Encontro de Kôdanshas teve 145 inscritos e, nesta edição, receberá, de forma inédita, a chancela da Confederação Pan-Americana de Judô, podendo abrigar também os grandes mestres do judô de outros países do continente americano.

Diversas homenagens e palestras estão programadas para os dias 05 e 06, além da tão esperada entrega dos certificados de promoção aos kôdanshas. Essa será uma das novidades para os próximos anos: todos os certificados de kodanshas serão sempre entregues apenas no Encontro de Kodanshas. 

Também será anunciada homenagem da Ordem do Mérito CBJ, que outorga uma condecoração a grandes personalidades que prestaram relevantes serviços ao judô brasileiro. Já receberam a comenda da Ordem do Mérito os judocas Chiaki Ishii, Geraldo Bernardes e Paulo Wanderley Teixeira. 

Arbitragem 

Já o Seminário de Arbitragem contará com a participação do diretor de arbitragem da CPJ, Ovidio Garnero, e do coordenador nacional de arbitragem da CBJ, Edison Minakawa, que conduzirão o seminário atualizando os árbitros brasileiros com as novas orientações da FIJ. 

Haverá ainda exames para as categorias nacionais e a convalidação dos árbitros promovidos à FIJ C. Ao todo, 267 árbitros e árbitras estão inscritos no evento. 

Veteranos e Kata 

Por fim, os Campeonatos Brasileiros de Veteranos e Kata levarão quase 600 judocas ao ginásio Cau Hansen, no sábado e domingo, concluindo a programação em grande estilo, com a beleza da técnica e a lição de que o judô é para sempre. As inscrições para o Brasileiro de Veteranos fecharam com incríveis 568 judocas de 25 estados brasileiros. O Canal Brasil Judô transmitirá a competição ao vivo, gratuitamente, pelo Youtube. 

Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

Mari Hayse é convocada para o Campeonato Mundial Sub-18


A judoca Mari Hayse foi convocada na última sexta-feira (29), pela CBJ - Confederação Brasileira de Judô, para a disputa do Campeonato Mundial Sub-18, que acontecerá entre os dias 24 e 28 deste mês em Sarajevo, na Bósnia e Herzegovina.

A atleta, que é natural de Araras, iniciou o judô no Projeto Kimono de Ouro na Associação Marcos Mercadante e hoje defende o Club Athletico Paulistano.


A judoca garantiu sua vaga através de toda sua garra e determinação, ganhando importantes competições como o campeonato sul-americano e também o pan-americano deste ano, se tornando líder do ranking nacional, e neste mundial será representante do Brasil na categoria meio-pesado (até 70 kg) feminino.


Mari é a quarta judoca formada pelo Projeto Kimono de Ouro a disputar um Campeonato Mundial. Antes dela, os judocas Nathália Mercadante, João Paulo Correia e Sarah Souza tiveram essa honra e trouxeram bons resultados para casa. Nathália foi bronze no Mundial Sub-17 em 2011, em Kiev, na Ucrânia e foi 7ª colocada no Mundial Sub-21, em 2015, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Também em 2015, João Paulo foi 5º colocado no Mundial Sub-18, em Sarajevo, na Bósnia e Herzegovina. E em 2019, Sarah foi Campeã Mundial Escolar Sub-18 em Budapeste na Hungria e Vice-Campeã Mundial Sub-18 em Almaty no Cazaquistão.


“Mais um motivo de orgulho para nós do Projeto Kimono de Ouro, que tem como um dos principais objetivos formar atletas para representar o Brasil em competições desta magnitude. Parabenizo a Mari e também seu atual clube, pela merecida convocação”, comenta o mestre kodansha Marcos Mercadante.

 Por: Associação Mercadante de Araras


segunda-feira, 1 de agosto de 2022

Judô Atibaiense em Mais um Mundial e Destaque no Campeonato Paulista Sub21 2022


Grandes resultados e conquistas envolveram o judô atibaiense na última semana, através da equipe do São João Tênis Clube/ Associação Paulo Alvim de Judô Atibaia/Secretaria de Esportes e Lazer da PEA. A primeira comemoração aconteceu na quinta-feira, dia 28 de julho, onde foi oficializada pela Confederação Brasileira de Judô a convocação da atleta Isabella Marques Montaldi (Colégio Atibaia) para o Campeonato Mundial Sub18, a realizar-se na cidade de Sarajevo, capital da Bósnia e Herzegovina, entre os dias 24 e 28 de agosto. 

A convocação na categoria -63Kg é devida a atibaiense ser a líder do Ranking Nacional, nesta viagem também representando Atibaia, São Paulo e o Brasil estará o treinador Thiago Valladão, mostrando mais uma vez a excelência dos trabalhos realizados e colocando Atibaia como referência da modalidade no país. Continuando as comemorações e grandes resultados, no sábado dia 30, foi a vez da equipe Sub21 entrar em ação no Campeonato Paulista Fase Final 2022, realizado pela Federação Paulista de Judô nas dependências do Poliesportivo “Adib Moysés Dib” em São Bernardo do Campo, reuniu os principais Judocas do Estado, representando seus clubes e associações. 


A equipe atibaiense composta pelos treinadores, Thiago Valladão, Pi e Angélica da Silva e pelos atletas -60Kg Erick Matsumoto, -66Kg Gustavo Brait, -73Kg Murilo Anderson e +78Kg Luana Oliveira (Droga Lucas), obteve 100% de aproveitamento com a conquista de quatro pódios, Erick, Gustavo e Murilo com medalhas de bronze e Luana com medalha de prata, com esta conquista e por ser a líder do ranking estadual, Luana licencia-se para ser a representante do Estado no Campeonato Brasileiro 2022. 

Os judocas agradecem a CONCESSIONÁRIA ROTA DAS BANDEIRAS S.A., COLÉGIO ATIBAIA, HOTEL BOURBON ATIBAIA LTDA, ATIBAIA RESIDENCE HOTEL & RESORT, MTPLUS – consultoria em Segurança e Medicina do trabalho Ltda., CORA – Centro de Ortopedia e Reabilitação Atibaia Ltda., UNIMAGEM – Unidade de Diagnóstico por imagem São Francisco de Assis Ltda., UNIFAAT – Instituição Educacional Atibaiense Ltda., OFICIAL DE REGISTRO DE IMOVÉIS, PRIMEIRO TABELIÃO de Notas e de Protesto de Letras e Títulos da Comarca de Atibaia, SEGUNDO TABELIONATO de Notas e Protestos de Letras e Títulos, Estruturas Metálicas Ando, Centro Integrado Atibaia Odontologia, Fisioterapeuta Layla Nery, Viação Atibaia São Paulo, Academia R Sette, Preparador Físico Roger Fonseca, Psicóloga – Rubiana Shimoda, Centro Radiológico Atibaia – Alvinópolis, Escola de Inglês - iBox English – família Alaby, Imprensa de Atibaia e Boletim OSOTOGARI, que acreditam e apoiam o judô atibaiense.

Por: APAJA - Atibaia

Simplesmente JUDÔ #27 chegando e abrindo o mês de agosto com muito judô


Rafael Macedo é o homenageado da capa da edição #27. 

Revista Simplesmente JUDÔ, a revista 100% digital do boletim OSOTOGARI chegou. 

Matérias sobre o Grand Slam da Hungria, Campeonato Brasileiro Sub-18 e Taça Brasil Sub-21 estão na revista do mês de agosto,  fazendo a história contemporânea da modalidade.

E contaremos um pouco da história de Rafael Macedo que está mandando muito bem nos torneios do IJF World Judo Tour.

Clique aqui e leia a revista na plataforma Issuu.

Clique aqui e leia a versão em PDF.

Boa leitura a todos e até o próximo mês!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada