quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Mundial de Veteranos 2021: Judocas por paixão - Resultados do primeiro dia


O primeiro dia do Campeonato Mundial de Veteranos ocorreu nas melhores condições possíveis para as quatro categorias de idade inscritas (M6: 55-59 anos, M7: 60-64, M8: 65-69, M9: 70+). A partir das 11h o local experimentou um aumento de tensão específico a cada rodada e é porque os atletas já possuem alguma experiência que conhecem o estresse da competição.


François Aron (FRA), medalhista de bronze do M7 com -81kg, expressou-o perfeitamente: “Esta manhã estava tenso e estressado e não comecei o meu dia perfeitamente, mas esta noite sou um medalhista de bronze e é simplesmente enorme. Fui segundo no Campeonato Europeu, então estou muito, muito feliz. Foi realmente um sonho de criança. Desde criança queria ganhar medalhas no judô, mas a vida não me orientou nesse caminho, até agora. Posso finalmente realizar meu sonho. "


Para outro medalhista, Joachim Maerz (GER) - M6 / M7 +100, nem tudo foi fácil, “Aqui todos me chamam de Jogi, somos todos amigos. Há anos participo de competições de veterano. Estou muito feliz com meu resultado porque não foi fácil. Normalmente eu luto nos -100kg, mas aqui eu ultrapassei um pouco o limite, então fiquei na + 100kg contra adversários muito mais pesados ​​do que eu. Sofri. O judô é a minha vida. Comecei a praticar quando era 10 anos. Aos 17, consegui meus primeiros resultados internacionais com a Alemanha. Com os veteranos, sigo em frente, mas da próxima vez, tenho certeza que vou fazer uma dieta. "


O César Ramos é português, por isso estava a competir em casa na categoria M9 até -81kg e foi em casa que subiu ao pódio: “Adoro judô! Comecei em 1964 e já estou com 74 anos. Posso não imagino a minha vida sem o judô. É um esporte fantástico. Não precisei ir muito longe desta vez e realmente espero que tenhamos muito mais competições como esta em Portugal. É uma ótima promoção para o judô, especialmente depois do pandemia que sofremos. "


Anton Cena terminou em primeiro na categoria -66kg. Ele vem de um país cada vez mais conhecido no mundo do judô: Kosovo. “Foi o meu melhor dia! Eu estava perfeitamente preparado após a longa pausa que tivemos. Sou instrutor da força policial em Pristina, então, entre meu trabalho e o clube, passo doze horas por dia no tatame. Agora, depois dos resultados dos nossos atletas nos Campeonatos Mundiais e nos Jogos Olímpicos, temos todas as medalhas possíveis em Kosovo ”.


Medalhistas do dia 1 do Veterans World Championships

O que caracteriza esses poucos depoimentos, que ilustram o espírito geral de todos os participantes, é a paixão pelo judô. Praticando há décadas, mesmo que a vida profissional e pessoal às vezes os tenha afastado das competições, eles são fãs incondicionais do nosso esporte, que lhes traz muito mais do que medalhas.

O Sr. Rebelo recebeu a IJF Golden Plaquette da Dra. Lisa Allan, Diretora de Eventos da IJF

Durante uma breve cerimónia que antecedeu as últimas cerimónias de premiação do dia, o Secretário de Estado da Juventude e Desportos, João Paulo Rebelo disse: “Boa tarde. O Governo português está muito orgulhoso pelo facto de os Campeonatos do Mundo de Veteranos e Kata se realizarem no Campus da Universidade de Lisboa. Não tenho dúvidas que estes eventos, com o empenho da Câmara Municipal de Lisboa e com o árduo trabalho da Federação Portuguesa de Judô, serão um grande sucesso. Portugal é reconhecido como um país de excepção na organização de eventos desportivos e este campeonato vai ajudar no sucesso da Federação Internacional de Judo em 2021. Desejo boa sorte a todos e boas-vindas a Lisboa, Portugal. ” Em seguida, o Sr. Rebelo recebeu a IJF Golden Plaquette da Dra. Lisa Allan, Diretora de Eventos da IJF.


Enquanto todos os vencedores aguardavam o recebimento de suas medalhas, gritos de encorajamento e parabéns irromperam das arquibancadas e os próprios medalhistas já reproduziam o filme do dia. Grandes sorrisos eram visíveis por trás das máscaras. Não havia dúvida de que, embora fossem verdadeiros competidores, também eram um bando de camaradas infernal.

Todos os resultados CLIQUE AQUI 

Por: Nicolas Messner - Federação Internacional de Judô
Fotos: Gabriela Sabau e Marina Mayorova


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria? Deixe um comentário!
Aproveite e seja um membro deste grupo, siga-nos e acompanhe o judô diariamente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada