domingo, 22 de novembro de 2020

Presidente da FIJ entrega uma mensagem de paz e esperança


“A humanidade só pode progredir se as pessoas deste mundo viverem em harmonia e cooperação.”

Como parte do Festival Mundial Virtual da Juventude, o Sr. Marius Vizer, presidente da FIJ, participou no sábado, 21 de novembro, da mesa redonda 'VERDADE OLÍMPICA: ESPORTE PARA A PROMOÇÃO DA PAZ'.

Durante as discussões, ele apresentou o programa Judo pela Paz, “O programa Judo pela Paz da IJF foi criado em 2007 com o objetivo de promover a paz e o respeito mútuo em todo o mundo. A filosofia Judo para a Paz é baseada nos valores do código moral do judô e no lema 'ajuda mútua e bem-estar'.

Acreditamos firmemente que, além do desempenho, o esporte é uma ferramenta forte para a construção de sociedades melhores e para a resolução de conflitos. Como arte marcial e esporte olímpico, o judô lidera o caminho em termos de educação e apoio ao desenvolvimento social e, por meio de uma abordagem específica de resolução de conflitos, traumas e questões sociais são tratados para ajudar as pessoas a viverem juntas.

O Judo pela Paz atua em áreas de conflito, zonas pós-conflito e locais com desordens sociais e temos projetos em execução em campos de refugiados, bem como em outras áreas de conflito. Para citar alguns programas em que o IJF está envolvido: Turquia (campo de refugiados de Kilis), Zâmbia (acampamento de refugiados de Meheba), Malawi (campo de refugiados de Dzaleka), África do Sul (Judo pela Paz na África do Sul), a Região do Grande Lago da África ( Burundi, Ruanda, Congo Oriental), Jordânia (campo de refugiados Za'atari), Etiópia (programa de refugiados), Argentina (Terra del Fuego), Canadá (comunidades Inuit), Mongólia (comunidades isoladas), Brasil (Favelas), Afeganistão (em cooperação com o Comitê Olímpico da Noruega).

Durante todas essas atividades, uma estratégia específica de 'Judô pela Paz' é implementada como parte do plano de desenvolvimento global para as federações nacionais. As atividades dos refugiados se concentram nas gerações jovens, promovendo a autoconfiança, a identificação de traumas e a integração nas comunidades locais. O Judo pela Paz colabora ativamente com outras iniciativas educacionais da IJF, como Judo para Crianças, Judo nas Escolas ou Equidade de Gênero e os campeões do judô estão ativamente envolvidos no campo.

Por muitos anos, a IJF tem colaborado com organizações internacionais (Paz e Esporte, Fórum Crans Montana, Comitê Olímpico Norueguês e agência de desenvolvimento norueguesa) para reforçar as atividades de Judo pela Paz e uma estreita cooperação com o ACNUR foi desenvolvida para criar melhores condições para as pessoas em necessidade.

O Judo pela Paz tem como foco todos, sem qualquer tipo de discriminação e também auxilia na integração das crianças com deficiência física e mental. O foco principal é e continua sendo a educação e os valores essenciais para construir uma sociedade melhor. ”

O Presidente da IJF também entregou uma mensagem importante aos jovens, “Minha mensagem para os jovens conectados ao Festival Virtual Mundial, que é válido para todos os jovens do mundo, é muito simples: o esporte irá mantê-los saudáveis, em seu corpo e mente como bem. Será uma ferramenta insubstituível para você ser um cidadão melhor e fazer a diferença na sociedade em que vive.


Todos nós estamos atualmente passando por um período difícil; o mundo está dilacerado por conflitos e questões que dividem nações inteiras. Os jovens atletas estão acostumados ao trabalho árduo e à disciplina. Por exemplo, o judô é um esporte que ensina respeito, resiliência, amizade, ajuda mútua. Essas são qualidades que lhe dão uma boa posição moral e uma base sólida para sua vida futura. 

No judô, como em todos os esportes de combate, você tem um oponente, mas através do judô, o seu oponente também se torna seu amigo, uma pessoa que você respeita, estima e com quem coopera. Essa é a força do judô, a força do esporte: transferir para o cotidiano os inestimáveis ​​ensinamentos e meios para ser um cidadão modelo, bem integrado na sociedade e bem conectado com o mundo em que vivemos ”.

Por: Nicolas Messner - Federação Internacional de Judô


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gostou da matéria? Deixe um comentário!
Aproveite e seja um membro deste grupo, siga-nos e acompanhe o judô diariamente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada