quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Parceria do judô Atibaiense realiza graduação de judocas em Santa Barbara D’Oeste


O judô atibaiense mantém em Santa Bárbara D’Oeste uma grande parceria entre a APAJA e Fundação Romi, beneficiando cerca de 200 crianças com aulas de judô, objetivando uma formação diferenciada. 


Já em seu terceiro ano de execução, o sucesso do projeto é visível na sociedade barbarense. As aulas são ministradas pela sensei Angélica da Silva e a estagiária Yara Ferreira da Silva, que foram abraçadas com muito afeto pela cidade coirmã. Esta parceria teve inicio em 2012 por meio de projetos incentivados do governo do estado, com a Associação Paulo Alvim de Judô – Atibaia dando esta contrapartida de beneficio ao patrocinador, agora em 2015 a Fundação ROMI receberá incentivo da secretaria de produção social de Santa Barbara, resultando positivamente no fortalecimento desta parceria.

Em cerimonial de graduação comandado pelo professor Thiago Valladão no dia 13 de dezembro, com Ilustre presença na formação da mesa de honra dos Srs. e Sras., Secretário Executivo da Fundação ROMI - Vainer Penatt, Presidente de honra da APAJA – Sr. Paulo Alvim, Secretaria de Produção Social de Santa Bárbara – Maria Cristina da Silva, Assistente Social da Casa da Criança– Cássia Ribeiro, Monitora da Casa da Criança – Aparecida de Fatima Lopes, que presenciaram a entrega das novas faixas, totalizaram 170 novas graduações aos jovens barbarenses, que durante o ano 2014 se dedicaram não somente ao judô, mas sim no melhoramento comportamental e educacional. O evento foi realizado na Estação Cultural de Santa Barbara, local restaurado e mantido pela fundação.


Finalizando o evento, os judocas Mike Pinheiro da Seleção Brasileira de Base e Vitor Silva Souza, ambos da equipe do São João Tênis Clube/APAJA/Secretaria de Esportes Lazer da PEA, fizeram uma apresentação técnica para encantamento dos alunos do Projeto. Também presentes, as atibaienses Águeda Arruda (duas vezes Vice Campeã Mundial sub21) e Beatriz Nery (Campeã Sul Americana), fotografaram, confraternizaram e, ao término, saborearam deliciosas pipocas, algodões doce e refrigerantes, fechando festivamente o ano de 2014. 

Os judocas agradecem a Concessionária Rota das Bandeiras,Indústrias ROMI, Fundação ROMI, Estruturas Metálicas Ando, Colégio Objetivo, FAAT, Colégio Atibaia, Centro Integrado Atibaia Odontologia, Fisioterapeuta Layla Nery, Viação Atibaia São Paulo, Psicóloga Esportiva Mariah Theodoro, Academia R Sette, Nutrivial - Consultoria em Nutrição, Preparador Físico Roger Fonseca e Boletim OSOTOGARI, que acreditam e apoiam o judô atibaiense.

Por: APAJA - Atibaia

Santos: Jean Piaget realizou sua cerimônia de entrega de faixas


Foi realizado no dia 10 de dezembro a cerimônia de entrega de faixas dos alunos do Colégio Jean Piaget, de Santos.

Clique aqui e confira a documentação fotográfica do evento.

Fotos: Alberto Nunes Junior

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Prêmio Brasil Olímpico: Layana Colman e Mayra Aguiar são homenageadas


PREMIADAS!
Layana Colman (Judô Clube Rocha/MS) e Mayra Aguiar (Sogipa/RS) mostram os troféus da noite! Layana foi homenageada pelas medalhas nos Jogos Olímpicos da Juventude e Mayra como melhor judoca do ano.

MAIS UM PRÊMIO!
O judoca Francisco Perceu Lima, do Amazonas, recebeu uma homenagem como um dos destaques dos Jogos Escolares da Juventude!

Por Assessoria de Imprensa da CBJ


Judô brasileiro começa o ano com treinamento de campo na Áustria


Mal terminou a última competição em 2014 e a Confederação Brasileira de Judô já está pronta para o primeiro evento de 2015. Na primeira semana de janeiro, uma delegação com 22 atletas embarca para a Áustria, mais precisamente para a cidade de Mittersill, para um treinamento de campo internacional. As atividades vão de 06 a 17 de janeiro. Como o planejamento para o primeiro trimestre de 2015 não poderia esperar o resultado da Seletiva, foram convocados atletas que já estavam garantidos na seleção e outros que disputaram a Seletiva. 

Os atletas chamados para a primeira atividade do ano são Sarah Menezes (48kg), Nathália Brígida (48kg), Eleudis Valentim (52kg), Rafaela Silva (57kg), Ketleyn Quadros (57kg), Danielle Karla Oliveira (63kg), Mariana Silva (63kg), Maria Portela (70kg), Bárbara Timo (70kg), Rochele Nunes (+78kg), Felipe Kitadai (60kg), Eric Takabatake (60kg), Charles Chibana (66kg), Alex Pombo (73kg), Marcelo Contini (73kg), Victor Penalber (81kg), Leandro Guilheiro (81kg), Rafael Macedo (81kg), Eduardo Bettoni (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Rafael Silva (+100kg) e David Moura (+100kg).

“O planejamento do primeiro trimestre já estava pronto bem antes da Seletiva. Lidamos com uma logística muito complexa  - passagens, hospedagens, transporte de equipamentos - e, por isso, não podemos esperar. Essa convocação mescla nomes conhecidos, que já eram da Seleção, com jovens que tiveram bom desempenho do Mundial Sub 21”, disse Ney Wilson, gestor técnico de alto rendimento. 

Os atletas serão acompanhados por uma equipe técnica formada pelos técnicos Luiz Shinohara, Rosicleia Campos, Mário Tsutsui e Fulvio Miyata, pelo massoterapeuta Peter Stubreiter, pelos fisioterapeutas Priscila Marques e Thiago Takara e pela nutricionista Roberta Lima.

Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

Judocas paulistas tem 100% de aproveitamento nos Jogos Sul-americanos Escolares 2014


Os XX Jogos Escolares Sul-americanos 2014 foram organizados pelo CONSUDE – Conselho Sul-Americano de Desportes, do qual o Brasil é integrante,  destinado a estudantes da faixa etária de 12 a 14 anos.

Nesta vigésima edição, o evento, que aconteceu no período de 04 a 11 de dezembro de 2014, na cidade de Aracaju/SE, reuniu estudantes/atletas de 11 países de nosso continente, competindo nas modalidades de: atletismo, natação, tênis de mesa, xadrez, judô, basquetebol, handebol, voleibol e futsal, todas nos naipes masculino e feminino.

Os representantes do Estado de São Paulo este ano na modalidade de judô, foram os atletas da classe sub 15 Renan Tsutsumi do Círculo Militar de SP, Pedro Assumpção da Associação Cultural Esportiva Tucuruvi, Laura Louise da Associação de Judô Adrearmas da baixada santista, Sandy Souza da Associação Marcos Mercadante de Araras e Gabriela Mantena de Franco da Rocha, que juntos conquistaram 10 medalhas de ouro para o Brasil (individual e por equipes).

Outros destaques da F.P.Judô, foram o Sensei Fernando Catalano e Sensei Carlos Hayashida, que atuaram como técnicos da equipe masculina e feminina de Judô do Brasil e conquistaram junto de seus atletas o título de campeão geral do torneio nas duas classes.

“Estes jovens são sem dúvidas promessas olímpicas do judô nacional, apresentaram um Judô de muita qualidade técnica e demostraram um grande amadurecimento competitivo. Todos conquistaram as suas vagas na seleção brasileira por terem sido campeões nos Jogos Escolares da Juventude em Londrina e agora todos foram campeões Sul-americanos Escolares, conquistas que fortalecem o Judô do estado de São Paulo”, destaca o professor Fernando Catalano, técnico de Judô do CMSP e técnico da seleção brasileira escolar da CBDE 2014.



Conceição do Coité: Judocas Coiteenses irão receber premiação como melhores do ano na Bahia


Neste sábado dia 20 no Colégio Salesiano Dom Bosco será feita a entrega da premiação dos melhores Judocas deste ano na Bahia. A Federação Baiana de Judô irá homenagear aqueles que se destacaram em 2014. 

E entre os atletas teremos 07 da Associação de Judô Coiteense da cidade de Conceição do Coité. Os Judocas que serao premiados são: Tiago Leite, Larissa Ramos, Ana Clara Matos, Luana Pereira, Andressa Naiane, Magno Oliveira e Jackson Santos. 

O técnico Sensei Vladson Matos diz que este resultado veio premiar o Judô Coiteense que está sempre representando bem a sua comunidade. Aproveita para agradecer a Prefeitura Municipal por ceder sempre o transporte para os seus atletas. E espera no ano de 2015 um apoio maior do poder Executivo para que possamos ainda mais afastar nossos jovens da drogas e maus costumes.

Por: Judô Coiteense - Bahia

domingo, 14 de dezembro de 2014

Country Club Valinhos realizou a Cerimônia de Entrega de Faixas 2014


Os judocas do Country Club Valinhos foram contemplados na manhã deste domingo, 14 de dezembro, com a sua nova faixa. A Cerimônia de Entrega de Faixas foi realizado no ginásio esportivo social do clube e contou com apresentação de vídeo clipes com as retrospectivas do Judo Pocket Competition e Copa Country Club Valinhos, dois eventos tradicionais da modalidade no clube. 


Para a cerimônia, os alunos mais novos apresentaram atividades lúdicas.Os mais graduados desde séries combinadas de ukemis até aplicações de golpes. Houve também uma apresentação de nague-no-kata.


Prestigiaram o evento, compondo a mesa de honra o presidente do Country Club Valinhos, Claudinei Paranhos, o Delegado Regional da 15ª Delegacia Regional da Grande Campinas, Celso de Almeida Leite e sua esposa, Leonor Leite, o diretor de modalidades esportivas do Country Club Valinhos, Everton Monteiro, o coordenador de atividades do Country Club Valinhos, Décio Zenone Filho, o diretor adjunto de judô do Country Club Valinhos, Gabriel Galvão Monteiro, o representante dos pais, Sr. Celso Capovila, a professora titular do Country Club Valinhos, Priscila Leite, o professor auxiliar Bruno Medeiros e o professor Teófilo Coimbra Rojas.


Após todos os alunos receberem suas faixas, todos realizaram a troca ao mesmo tempo. 

O evento teve a cobertura fotográfica do boletim OSOTOGARI e também da Imaginação Studios. 

Agora os alunos fazem mais uma semana de treinos para estrear a nova faixa e então entram em ressesso, retornando às aulas em 26 de janeiro de 2015!

Clique aqui e confira a documentação fotográfica do evento.

Por: Boletim OSOTOGARI

sábado, 13 de dezembro de 2014

Com renovação, seleção brasileira de judô ganha mais 25 integrantes


A seleção brasileira de judô que defenderá as cores do Brasil em 2015 ganhou novos integrantes neste sábado, 13, após a última etapa da Seletiva Nacional Rio 2016. Foram 25 novos atletas integrados ao time de elite do Brasil. O feminino recebeu 15 judocas e o masculino mais 10. Desse total, 12 atletas são novatos na equipe principal. 

A competição foi dividida em duas seções: na parte da manhã lutaram os três pesos mais leves – ligeiro, meio-leve e leve.  Entre os homens, Ricardo Santos Jr (SP) e Gabriel Pinheiro (PE), classificaram-se em primeiro e segundo, respectivamente, e farão companhia a Charles Chibana no time dos meio-leves brasileiros.  Fechando a primeira rodada, Phelipe Pelim (SP) ficou com a do ligeiro e Igor Pereira (RJ) entrou na vaga do peso leve. Todos eles chegam pela primeira vez na seleção principal.

“Eu sabia que tinha que segurar mais dez, quinze segundos e disse para mim mesmo que só iria soltar quando o juiz desse um ippon. Naquele momento eu estava pensando em tudo que eu passei para chegar até aqui e conseguir essa vaga”, comentou o segundo integrante da família Pereira a se classificar para a seleção, já que sua irmã Jéssica Pereira (RJ) ficou em segundo na categoria até 52 kg e garantiu uma das vagas. A outra foi conquistada pela atleta Rafaela Barbosa, da Associação Barbosa (AM), campeã da Seletiva, estreante na seleção e única representante do Norte do país na seleção.

“Durante todo o ano eu pensei muito na Seletiva, principalmente nos últimos dois meses. Eu estava treinando cerca de oito horas por dia para chegar aqui e ganhar essa vaga”, desabafou Rafaela. Além delas, Nathália Brígida (MG) e Gabriela Chibana (SP) – mais duas novatas - foram as outras vencedoras da manhã, ficando cada uma com uma vaga na categoria ligeiro.

Na parte da tarde, mais quatro categorias colocaram “calouros” na seleção. No feminino, Giovana Silva (MG) conseguiu pela primeira vez uma vaga na seleção na categoria médio e Sibilla Facholli (SP) foi a novata da pesado. No masculino, Felipe Costa (81kg) e Gabriel Souza (100kg) fecharam o grupo dos estreantes no time principal. 

O peso leve feminino foi o único que não teve disputa devido à desistência de duas atletas que estavam inscritas: Giulia Penalber (RJ) e Flávia Gomes (SP). Com isso, Thamires Silva (RJ) ficou com a única vaga restante da categoria.
A Seletiva Rio 2016 contou com 128 lutas no total, num evento que teve cerca de nove horas de duração neste sábado. Representantes de sete Federações brasileiras estão entre os classificados. 

Veja abaixo a lista completa da seleção brasileira até 2016 já com os novos integrantes:

Feminino
Ligeiro (48kg)
1 – Sarah Menezes (Ass. De Judô Expedito Falcão/PI)*
2 – Nathália Brigida (Minas Tênis Clube/MG)
3 – Gabriela Chibana (Esporte Clube Pinheiros/SP)

Meio leve (52kg)
1 – Érika Miranda (Minas Tênis Clube/MG)*
2 – Rafaela Barbosa (Associação Barbosa/AM)
3 – Jéssica Pereira (Instituto Reação/RJ)

Leve (57kg)
1 – Rafaela Silva (Instituto Reação/RJ)*
2 – Ketleyn Quadros (Minas Tênis Clube/MG)*
3 – Tamires Crude Silva (Instituto Reação/RJ)

Meio médio (63kg)
1 – Danielle Karla Oliveira (Clube de Regatas do Flamengo/RJ)
2 – Mariana Silva (Minas Tênis Clube/MG)
3 – Veronice Chagas (Judô Clube Tomodachi/RN)

Médio (70kg)
1 – Bárbara Timo (Clube de Regatas do Flamengo/RJ)
2 – Maria Portela (Sogipa/RS)
3 - Giovana Silva (Praia Clube/MG)

Meio pesado (78kg)
1 – Mayra Aguiar (Sogipa/RS)*
2 - Samanta Soares (Ass. Desportiva São Caetano/SP)
3 – Renata Januário (Ass. De Judô dos Colégios da Zona Oeste/RJ)

Pesado (+78kg)
1 – Maria Suelen Altheman (Ass. De Judô Rogério Sampaio/SP)*
2 – Rochele Nunes (Sogipa/RS)
3 – Sibilla Faccholli (AADM São Bernardo/SP)


Masculino
Ligeiro (60kg)
1 – Felipe Kitadai (Sogipa/RS)*
2 – Eric Takabatake (Esporte Clube Pinheiros/SP)*
3 – Phelipe Pelim (Esporte Clube Pinheiros/SP)

Meio leve (66kg)
1 – Charles Chibana (Esporte Clube Pinheiros/SP)*
2 – Ricardo Santos Júnior (Minas Tênis Clube/MG)
3 – Gabriel Pinheiro (Cia do Judô/PE)

Leve (73kg)
1 – Alex Pombo (Minas Tênis Clube/MG)*
2 – Marcelo Contini (Esporte Clube Pinheiros/SP)*
3 – Igor Pereira (Instituto Reação/RJ)

Meio médio (81kg)
1 – Victor Penalber (Instituto Reação/RJ)*
2 – Leandro Guilheiro (Esporte Clube Pinheiros/SP)*
3 – Felipe Costa (Esporte Clube Pinheiros/SP)

Médio (90kg)
1 – Tiago Camilo (Esporte Clube Pinheiros/SP)*
2 – Eduardo Bettoni (Minas Tênis Clube/MG)
3 – Gustavo Assis (Minas Tênis Clube/MG)

Meio pesado (100kg)
1 – Luciano Correa (Minas Tênis Clube/MG)*
2 – Rafael Buzacarini (Ass. De Judô Vila Sônia/SP)
3 – Gabriel Souza (Esporte Clube Pinheiros/SP)

Pesado (+100kg)
1 – Rafael Silva (Esporte Clube Pinheiros/SP)*
2 – David Moura (Instituto Reação/RJ)*
3 – Walter Santos (Ass. Desportiva São Caetano/SP)

*Atletas que já estavam classificados por serem medalhistas olímpicos ou estarem na zona de ranqueamento olímpico na atualização de 04/11/14

Confira também:


Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Seletiva Rio 2016 terá 25 vagas em disputa


A seleção brasileira principal trabalha com três atletas por categoria, ou seja, 42 nomes compõem a equipe de elite do judô brasileiro. Desses 42 atletas, 17 já foram dispensados da Seletiva por serem medalhistas olímpicos ou estarem dentro da zona de ranqueamento olímpico (até o 22º lugar no masculino e o 14º no feminino) na atualização do ranking mundial de quatro de novembro: Felipe Kitadai (60kg), Eric Takabatake (60kg), Charles Chibana (66kg), Alex Pombo (73kg), Marcelo Contini (73kg), Victor Penalber (81kg), Leandro Guilheiro (81kg), Tiago Camilo (90kg), Luciano Correa (100kg), Rafael Silva (+100kg), David Moura (+100kg), Sarah Menezes (48kg), Érika Miranda (52kg), Rafaela Silva (57kg), Ketleyn Quadros (57kg), Mayra Aguiar (78kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg). Dessa forma, serão 25 vagas em disputa na Seletiva Olímpica deste sábado, 13, sendo 15 no feminino e dez no masculino. 

“A última seletiva que fiz no Brasil foi em 2011, quando entrei na Seleção Brasileira. De lá pra cá aconteceram muitas coisas e adquiri bastante experiência. Podem ter certeza que vou colocá-las todas em prática no sábado. Estou muito feliz de poder estar lutando e buscando meu sonho. Vamos com tudo”, disse Diego Santos, que vai buscar a permanência entre os atletas do superligeiro, categoria que terá apenas uma vaga em disputa.

“Desde o início da temporada venho treinando muito forte e a preparação para a Seletiva não foi diferente. Nessa reta final, fiz treinos mais específicos para cada adversária porque sei que a competição é forte. Minha expectativa é muito positiva”, disse Mariana Silva, representante do Brasil nos últimos Mundiais e nos Jogos de Londres, que tentará ficar com uma das três vagas na categoria até 63 kg.

A necessidade de se formar uma equipe com esse número de atletas tem uma explicação simples: são inúmeras competições durante o ano e o Brasil precisa estar bem representado em todas. Normalmente, um atleta do nível de seleção brasileira defende entre cinco e sete instituições em diferentes competições ao longo do ano. Compete pelo clube em etapas do circuito estadual, no Troféu Brasil e no Grand Prix Nacional Interclubes; pela Federação Estadual em campeonatos nacionais organizados pela CBJ; pela instituição de ensino em jogos escolares ou universitários; pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário no Mundial Universitário; pela Comissão Desportiva Militar do Brasil nos campeonatos e mundiais militares; pelo Comitê Olímpico Brasileiro em Jogos Sul-americanos, Pan-americanos e Olimpíadas; e pela Confederação Brasileira de Judô em campeonatos da Federação Internacional de Judô.

Hoje, a Confederação Brasileira de Judô consegue fazer um planejamento para cada um dos atletas atendendo às necessidades das várias instituições às quais eles estão diretamente ligados. Para se ter uma noção, só com a seleção, um atleta passa, em média, 127 dias viajando seja para treinamentos – nove ao longo do ano – ou para as seis competições das quais participa.

“As instituições entenderam que nós tínhamos o know-how para fazer esse planejamento. E isso deu certo já que tivemos recordes de medalhas no Mundial Militar, na Universíade e no Mundial de Judô em 2013. Fora o número de lesões graves entre os atletas de alto rendimento que foi muito pequeno”, disse Ney Wilson, gestor de alto rendimento.

A Seletiva Rio 2016 começará às 9h deste sábado, 13 de dezembro, na ESEFEx, na Urca, Rio de Janeiro e tem previsão de término para as 17h30. A disputa começará pelos pesos mais leves avançando até os mais pesados, que fecham a competição já no período da tarde.  

Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

Rio Grande do Sul: Judô gaúcho busca vagas na Seleção Brasileira na última disputa do ano


A definição dos planos para a temporada 2015 ocorre neste sábado para nove judocas do Rio Grande do Sul. Eles participarão, no Rio de Janeiro, da última etapa da seletiva Rio-2016. A disputa definirá os integrantes da Seleção Brasileira que disputarão torneios internacionais no ano que vem. A pontuação nessas competições definirá os classificados para os Jogos Olímpicos.

Os “gaúchos” que lutarão na seletiva são Milena Mendes (52 kg), Maria Portela (70 kg) e Rochele Nunes (+78 kg); Diego Santos (60 kg), Rafael Macedo (81 kg), Clóvis Braga (90 kg), Horácio Antunes (100 kg), Renan Nunes (100 kg) e João Cesarino (+100 kg). Do grupo, apenas Clóvis, atleta da Kiai, não é da Oi/Sogipa.

Para chegarem à seletiva, eles precisaram ser campeões brasileiros nas categorias sub-21, sub-23 ou sênior, do Troféu Brasil ou estão bem ranqueados no ranking mundial. Os participantes do Mundial sub-21 também estão na relação, como Rafael Macedo, que foi medalha de ouro no torneio. 

Ao todo, 98 atletas de 17 estados diferentes disputarão a seletiva. Eles disputam entre uma a três vagas por categoria – o número varia devido a algumas categorias já terem um ou mais atletas confirmados para o próximo ano.

Coordenador técnico da Oi/Sogipa, Antônio Carlos Pereira, o Kiko, garante confiança, apesar das baixas de última hora: “Iríamos com 11, mas tivemos três lesionados (João Pedro Macedo, Henrique Miniskowsky e Rodrigo Lopes). Ainda assim estamos bem preparados”.

Na atual temporada, a Sogipa teve seis atletas na Seleção principal. Além de Felipe Kitadai e Mayra Aguiar - já confirmados para 2015 - Diego Santos, Renan Nunes, Maria Portela e Rochele Nunes também integraram o grupo. A meta é manter a mesma quantidade: “Visamos pelo menos o mesmo número. É um desafio difícil, mas queremos manter o mesmo número”, afirmou.

Foto de divulgação de Maria Portela em anexo, crédito: "Tiago Medina / FGJ"
--


Tiago Medina
Assessor de Imprensa
Federação Gaúcha de Judô

São José dos Campos: Judocas do Projeto "Olhar Futuro" da Polícia Militar conquistam vaga na seleção de base


Os judocas joseenses Jeferson Luiz dos Santos Junior (15) e Michael Vinicius de Oliveira Marcelino (15), foram destaques da Seletiva Nacional de Base 2014 encerrada neste domingo, 7 de dezembro, no Centro Pan Americano, em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador (BA). Participaram também os atletas Daniel Silva (15) sétimo colocado, João Silva (16), Igor Mendes (16), Maria Heloisa (13), Leticia Bailon (17) sétima colocada, Diego Henrique (17), Lucas mariano (16), Marcio Gustavo (18), Ana Julia Mariano (15), Gabriela Costa (15) e Nicolas Mendes (18) e os técnicos 3º Sgt PM Jefferson Luiz dos Santos e o Cb PM Robson Luiz da Silva.
Os atletas do Projeto Olhar Futuro (ADPM Fábrica de Campeões) são apoiados pela Policia Militar do Estado de São Paulo e Prefeitura Municipal de São José dos Campos, terminando a competição em primeiro lugar nas categorias Leve (-66 Kg) e Meio Leve (-60 Kg) na classe Sub 18 Masculino.

“Com esse resultado, os atletas estão classificados para o Circuito Mundial de 2015 e compõe a seleção brasileira de base, visando à classificação para o Campeonato Mundial 2015, através do Ranking Nacional”


O calendário brasileiro encerra-se na próxima semana com a seletiva RIO 2016 – III Etapa, na cidade do Rio de Janeiro, seletiva esta que visa compor a equipe principal do Brasil visando as Olimpíadas Rio 2016, onde este projeto já tem um representante, que diga-se de passagem é o primeiro do ranking brasileiro e o melhor brasileiro ranqueado pela Federação Internacional de Judô na categoria Leve (-73), atleta Alex Pombo, filho do Cb PM Marcos da Silva do 1º Batalhão da Policia Militar do Interior de São José dos Campos, que hoje representa o Minas Tênis Clube (conceituada equipe da Capital Mineira).

Por: ADPM São José dos Campos

Terceira etapa da Seletiva Rio 2016 terá atletas de 17 Federações diferentes


A terceira etapa da Seletiva Rio 2016 que acontece no próximo sábado, 13 de dezembro, na Escola de Educação Física do Exército a partir das nove da manhã, teve 98 atletas aptos a entrar na disputa. E as cinco regiões do país estarão representadas. Uma análise das Federações às quais os judocas estão filiados mostra uma importante descentralização do judô apesar de uma forte presença dos Estados com mais tradição no esporte. São Paulo (33), Rio de Janeiro (16), Minas Gerais (13) e Rio Grande do Sul (12) são os Estados com mais nomes entre os convocados para a competição que definirá os três atletas em cada uma das quatorze categorias –sete no masculino e outras sete no feminino. 

Contudo, outras 13 Federações também marcarão presença no último campeonato do ano. Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande Norte e Santa Catarina terão pelo menos um representante na Seletiva. A cearense Érika Ferreira, que já conta com passagem pelas seleções de base e acaba de ser vice-campeã da Seletiva Sub 21, será uma das representantes do Nordeste na disputa por uma das três vagas na categoria meio médio.

“Para mim é uma responsabilidade muito grande ser a única representante do meu Estado. Mas também é uma honra poder mostrar a força do judô do Ceará e do Nordeste”, disse a judoca de apenas 19 anos. “A minha expectativa é, logicamente, ficar com uma das vagas e, assim, continuar desenvolvendo meu judô com as viagens e treinamentos. Mesmo que não esteja em 2016, tudo o que eu conseguir ter de aprendizado hoje, vai servir para amanhã”, concluiu.

Sentimento parecido tem a amazonense Rafaela Barbosa, única representante da região Norte na disputa. Ela tentará uma das vagas como reserva de Érika Miranda, medalhista de prata no Mundial do Rio em 2013 e de bronze no Mundial de Chelyabinsk este ano. A expectativa é superar o desempenho da Seletiva do ano passado quando ficou na quarta colocação entre as meio leves.

“É uma honra e um presente poder representar o meu Estado e a minha região. Tenho treinado muito para ser uma atleta de nível de seleção brasileira”, disse a jovem de 22 anos que também conta com passagens pelas seleções de base. “Sei que a disputa será muito difícil com atletas muito fortes, mas estou me preparando para dar o meu melhor e ficar entre as duas primeiras.”

Depois de São Paulo (15) e Rio de Janeiro (10), Minas Gerais e Mato Grosso do Sul aparecem como as Federações com mais representantes no feminino: quatro atletas. No masculino, São Paulo (18) é o Estado com mais atletas. Seguido por Minas Gerais e Rio Grande do Sul com nove e pelo Rio de Janeiro com seis. Espírito Santo, Distrito Federal e Maranhão terão dois atletas na Seletiva.

“É uma honra representar o estado do Maranhão em uma Seletiva de alto nível como esta. É o primeiro passo de um sonho que irei realizar. Sei que a caminhada até as Olimpíadas é árdua e sacrificante, mas estou preparado. Espero retribuir toda a torcida e carinho do povo maranhense à altura conquistando essa vaga”, disse Leonardo Kubo, que busca a única vaga em disputa no meio médio (81kg). Victor Penalber, quarto colocado no ranking mundial, e Leandro Guilheiro, duas vezes medalhista olímpico, são os atletas garantidos na seleção.

De acordo com a programação, as categorias ligeiro, meio leve e leve começam às nove da manhã e as categorias meio médio, médio, meio pesado e pesado às 13hs. Encerrando o dia, os atletas classificados e os representantes dos clubes que colocaram atletas na seleção se reunirão com a comissão técnica logo após o término das lutas. 

Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

Judô de Atibaia obtém quatro vagas na Seleção de Base


Entre os dias 03 e 08 de dezembro, a Bahia foi palco da Seletiva Nacional de Judô nas classes sub18 e sub21, evento chancelado pela Confederação Brasileira de Judô, realizado nas dependências do Centro Pan Americano de Judô, situado em Lauro de Freitas.

Denominada a nova casa do judô nacional, o centro Pan Americano recebeu aproximadamente 800 judocas da elite deste, representando 23 estados e Distrito Federal, todos em busca de obter vaga para 2015 junto a Seleção Brasileira de Base.

O judô atibaiense, novamente bem representado pela equipe do São João Tênis Clube/APAJA/Secretaria de Esportes e Lazer da PEA, instruídos pelos professores Paulo Alvim(Pi) e Thiago Valladão, voltou para casa com quatro judocas classificados, fato que coloca Atibaia mais uma vez entre as maiores potências do judô nacional, feito dado à excelente atuação dos judocas:

Campeões - (números um do  ranking nacional) Sub18 -55Kg Bruno César Watanabe (Rest. Sankô e Colégio Objetivo) e Sub18 -44Kg Jéssica Carvalho da Silva (Colégio Objetivo).

Vice-Campeão - (segundo do ranking nacional) Sub18 -50Kg Mike Silva Pinheiro (Colégio Objetivo e Rancho 2K).

Terceiro Colocado - (terceiro do ranking nacional) Sub18 -60Kg Haniel Gabriel de Oliveira Simas.

Este importantíssimo evento encerra o calendário de competições em 2014, ano em que a equipe atibaiense obteve grandes conquistas e recordes na esfera regional, estadual, nacional e internacional, fechando o ano com chave de ouro.

Ainda participaram desta seletiva, os atibaienses: Sub18 -66Kg sétimo colocado - Guilerme Brait de Lima (Colégio Objetivo), Sub18 +90Kg André Granado (Colégio Objetivo), Sub21 -66 Kg Rafael Bondezan de Freitas e Sub21 -90 Kg Caíque Bento dos Santos (FESB).


Os judocas agradecem a Concessionária Rota das Bandeiras, Estruturas Metálicas Ando, Colégio Objetivo, FAAT, Colégio Atibaia, Centro Integrado Atibaia Odontologia, Fisioterapeuta Layla Nery, Viação Atibaia São Paulo, Psicóloga Esportiva Mariah Theodoro, Academia R Sette, Nutrivial - Consultoria em Nutrição, Preparador Físico Roger Fonseca e Boletim OSOTOGARI, que acreditam e apoiam o judô atibaiense.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Medalhistas na Seletiva de Base, jovens talentos ganham fôlego para Seletiva Rio 2016


Um título sempre dá uma motivação a mais para seguir no esporte. No caso da Seletiva Nacional das Equipes de Base, sete atletas tem um motivo especial para comemorar a chegada ao pódio. Eles ganharam fôlego para a disputa da terceira e última etapa da Seletiva Rio 2016, que será disputada no próximo sábado, 13 de dezembro, no ginásio da Escola de Educação Física do Exército, na Urca, zona sul do Rio de Janeiro. Nathália Mercadante (48kg/SP), Camila Nogueira (+78kg/MS), Lincoln Neves (73kg/SP) e João Marcos Cesarino (+100kg/RS) foram campeões da Seletiva Sub 21 em suas categorias. Já Tawany Silva (48kg/SP) e Érika Ferreira (63kg/CE) ficaram em segundo e Viviane Donomai (63kg/PR) em terceiro.

No masculino, os dois campeões da competição Sub 21 garantiram a vaga para a disputa da Seletiva Rio 2016 por terem sido titulares da equipe brasileira no Mundial da categoria. Na competição disputada em Fort Lauderdale (EUA), não conseguiram chegar ao pódio. Mas o título na Seletiva das Equipes de Base deu um ânimo novo mesmo sabendo da dificuldade que será lutar contra atletas mais experientes e rodados em competições internacionais.

“Estou bastante confiante, apesar de algumas dificuldades que eu tive agora na Seletiva de base. Vou trabalhar esses últimos detalhes nesta semana. Tenho a expectativa de ir lá e lutar bem! Sei que não vai ser fácil até porque estarei lutando com os melhores do Brasil. Mas uma coisa puxa a outra: se eu lutar bem, terei grandes chances”, disse Lincoln.

“O título na Seletiva mostrou que todos meus treinos estão dando os resultados esperados. Na Seletiva Sênior, entro com mesmo objetivo de todas as competições: vou para tentar conquistar mais uma vitória”, disse João Marcos.

Para a pesada Camila Nogueira, que no mês passado teve a oportunidade de integrar a equipe brasileira que venceu o Desafio Internacional contra a Itália no primeiro evento-teste do Centro Pan-americano de Judô,  a experiência de treinar com uma adversária na Seletiva Sênior foi muito positiva.

“Meu objetivo agora é a Seletiva Sênior. Espero muito mais dificuldade porque são atletas de alto nível. Vou dar o meu melhor e tentar conseguir essa vaga”, disse a judoca sul-mato-grossense, que terá entre as adversárias a companheira de treinos no Desafio Internacional Brasil e Itália na Bahia, Rochele Nunes. “A Rochele me ajudou bastante, me deu muitas dicas. Na Seletiva de Base deu certo. Vamos ver agora”.

De acordo com a programação, as categorias ligeiro, meio leve e leve começam às nove da manhã e as categorias meio médio, médio, meio pesado e pesado às 13hs. Encerrando o dia, os atletas classificados e os representantes dos clubes que colocaram atletas na seleção se reunirão com a comissão técnica logo após o término das lutas. 

Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

Sorocaba: Judô na Faixa é i Campeão em Votorantim


Judo na Faixa / Prefeitura de Sorocaba fecha o ano com chave de ouro e vence mais uma competição regional, desta vez foi a Copa Votorantim realizada neste ultimo domingo (07) no SESI da cidade que recebeu mais de 400 atletas de todas a categorias no masculino e feminino pela Federação Paulista de Judo, e de quebra a conquista do BI-CAMPEÃO consecutivo da equipe Sorocabana nesta competição.
As medalhas foram: 14 ouros, 9 pratas e 3 bronzes da equipe do Judo na Faixa.
Na contagem Geram de Pontos o resultado ficou:
ASSOCIAÇÕES
PONTOS
JUDO NA FAIXA SOROCABA
106
SALTO
86
IRMÃOS RIBAS ITAPECERICA DA SERRA
81
BANDEIRANTES SOROCABA
76
YANAGUIMORI OSASCO
53

“ Fechamos  com chave de ouro, nossos atletas representaram Sorocaba com muita gara neste ano todo e vencemos inúmeras competições, e obtivemos atletas na seleção brasileira e um titulo Sul Americano, nosso planejamento foi cumprido à risca e nossos parceiros estão muito satisfeitos com nosso trabalho e com nossos resultados obtidos nesse ano.” Afirma Vlamir Dias Técnico da equipe e Campeão Mundial de Judo.

O Judo Na Faixa conta com os apoios da Prefeitura de Sorocaba, Pipocas Tuick, JCB, dentista Joaquim Barros, Luiz Yabiku Engenheiro de Incêndio, M.P. Bordados e Escritório Seiko.
Por: Judo na Faixa - Sorocaba

Aine Schmidt classifica-se na seletiva nacional de base


A judoca Aine Schmidt está  na seleção brasileira junior! Ela foi vice-campeã na seletiva nacional disputada no Centro Pan-Americano de Judô, em Simões Filho, região metropolitana de Salvador, Bahia. Realizou seis lutas, perdendo a ultima por yuko no golden score para a também paulita Karol Gimenes. Mesmo com a derrota, ficou muito contente pois sua meta era estar entre as quatro e classificou-se em segundo lugar!


Depois de um ano difícil de contusões e recuperações, Aine Schmidt está de volta `seleção de base.

Por: Paulo Schmidt

Araras: Sandy Souza é campeã nos Jogos Escolares Sul-Americanos 2014


Logo após disputar a Seletiva Nacional das Categorias de Base na categoria sub-18, a judoca do Projeto “Kimono de Ouro”, Sandy Souza, de apenas 14 anos, conquistou mais um importante título no último domingo (7). Sandy foi medalha de ouro, na categoria médio sub-15, nos Jogos Escolares Sul-americanos, competição realizada em Aracajú (SE), com presença dos melhores alunos-atletas da América do Sul.

A vaga para a competição continental foi garantida com a conquista do título dos Jogos Escolares da Juventude, realizados em setembro, em Londrina (PA). Nas duas competições, a atleta de Araras representou a EE “Prof. Oscar Janeiro”. Em Sergipe, Sandy venceu as três lutas que disputou e garantiu mais uma conquista internacional para o Brasil.


“A Sandy Souza é uma das principais promessas do Projeto “Kimono de Ouro”. Com apenas 14 anos, disputou a Seletiva Nacional na classe sub-18 mostrando um grande amadurecimento. Além disso, teve um ano sensacional, com título paulista, brasileiro, pan-americano e agora Sul-americano Escolar, que engrandecem o esporte ararense”, destaca o professor Marcos Mercadante.

Por: Associação Mercadante de Arara

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Artur Nogueira: Projeto Judô Esporte Social realiza cerimônia de graduação 2014


Após muitos treinos, lições, suor, vitórias e derrotas, o Projeto Judô Esporte Social, realizado pela Secretaria de Esportes de Artur Nogueira, coroou 2014 com a celebração da 4ª Cerimonia de Graduação. O Evento foi realizado na noite do último sábado (06/12), no Ginásio Municipal Mauricio Sia.


Cerca de 800 pessoas entre familiares, amigos, alunos e entusiastas do judô estiveram presente. Todos puderam acompanhar a retrospectiva do Projeto, que estava exposta através de matérias jornalísticas, fotos, medalhas e troféus, logo na entrada do Ginásio.

A aluna Lalesca de Almeida, acompanhada por seu pai Gerson, abriram a Cerimônia cantando a musica “Além do arco-íris”. Em seguida, o professor Rodolpho Lavoura deu as boas-vindas aos presentes e formou a mesa de honra composta pelo Secretário de Esportes Sandro Sacilotto, Diretora de Educação Debora Dell Bianco Sacilotto, Diretora da Educação Especial Rosana Denofrio, Diretora da Escola Caic Katia Rossetti Filipini, Professor da Associação Limeirense Ricardo Pereira dos Santos, Professor do Nosso Clube de Limeira Leandro Takada e Professor do Judo de Leme Elias Rizziollli.

“Fico feliz em ver o Crescimento do Judô em nosso município. A Prefeitura de Artur Nogueira tem orgulho de apoiar esse Projeto, não só pelas conquistas competitivas, mais principalmente pelo teor educativo que o Judô carrega consigo”, discursou o Secretario Sandro Sacilotto.

Em seguida o Projeto retribuiu com um troféu, todo o apoio dado por algumas empresas da cidade: Escola de Idiomas Wizard, Colégio Anglo, Supermercado Guidolin Central e Júlio Elétrica. Também foi homenageado o Sr. Norman Takada, por seus 50 anos de Judô e por tudo que contribuiu com o Programa “Jovens Árbitros”, realizados no Projeto. Esse programa tem o objetivo de ensinar a mecânica de arbitragens aos judocas desde cedo, de forma a fomentar o interesse de atuarem como árbitros, o que contribuirá muito na vida judoística dos alunos.

O prêmio de Judoca Destaque de 2014 foi entregue aos alunos: Raissa Joanes (8 anos) e Lucas da Costa Brito Dogão (14 anos). “Na verdade, o prêmio destaque é dado a 2 alunos, de forma a homenagear todos os demais alunos”, afirma o Professor Rodolpho.

Antes da entrega de faixas, os presentes puderam assistir ao vídeo organizado pelo aluno Bruno Custodio, e a apresentação cômica desenvolvida pelo aluno Kauan Cabrini.

Ao final da Cerimônia, todos os alunos promovidos foram chamados para receber a nova graduação junto ao certificado.“ No total, 320 alunos realizaram o exame de graduação, realizado durante todo o mês de outubro. Mais do que avaliar conhecimento, a realização do exame promove grande interação entre os alunos mais graduados e os menos graduados. Essa interação contribui para a evolução técnica e humana de ambos os lados. O fato de ser aprovado ou reprovado foi uma consequência de todo empenho e dedicação gerado pelo grupo”, conclui o Professor Rodolpho Lavoura.

Por: Secretaria de Esportes de Artur Nogueira - SP


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada