quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Presidente do ICI é homenageado pela Atlética da FGV


Dia 06 de Dezembro, foi realizado nas dependências da EAESP-FGV a cerimônia Jacaré do Ano, na qual a Associação Atlética Acadêmica Getúlio Vargas premiou os destaques de 2019. Neste evento, que aconteceu no auditório da EAESP-FGV, o atleta Álvaro Montes recebeu do presidente da Atlética Gabriel Fedele e dos dirigentes da instituição, como Guga Prado, o título de atleta do ano do judô. 

Na mesma cerimonia, Rodrigo Guimarães Motta, ex aluno, atleta e um dos técnicos da GV, que treina no ICI desde 2016, foi premiado com o troféu "Inspiração do Ano 2019".

"Camaradas e amados atletas da GV...

Não sei nem o que falar para dizer o quanto emocionado fiquei.
Parabéns pelo evento maravilhoso e vamos com garra absurda para 2020.

Os Incansáveis estão com vocês até a morte".

Dentro do planejamento de 2020 do Instituto Camaradas Incansáveis, liderado pelos técnicos Bahjet e Cristian, já está definitivamente inserido os eventos universitários. Vamos buscar mais um grande ano para a GV!

Por: ASCOM ICI

Araras: Em noite de Gala, Associação Mercadante homenageia judocas e patrocinadores


Uma festa de gala para celebrar mais uma temporada vitoriosa! Essa é uma ótima definição para a noite desta segunda-feira (09/12), ocasião em que o Projeto Kimono de Ouro premiou os melhores judocas de 2019. O tradicional evento, realizado anualmente pela Associação Marcos Mercadante de Judô, levou quase 400 pessoas ao Teatro Estadual “Maestro Francisco Paulo Russo”. Durante a celebração, foram homenageados também os patrocinadores e colaboradores do projeto, e representantes da FPJ – Federação Paulista de Judô.

Dos patrocinadores, importante destacar a presença do gerente de Marketing da Unimed, Luiz Augusto Carmelo; da Cerâmica Carmelo Fior, Felipe Hespanhol e Tarcila Marcucci, o assessor de comunicação da Usina São João, Marcus Oliveira. O delegado da 8ª Delegacia Regional Oeste, Sidney Paris, e o da 15ª Delegacia Regional de Judô da Grande Campinas, Celso de Almeida Leite, também prestigiaram a solenidade e foram homenageados. 

Os 23 judocas que se destacaram durante o ano receberam um belo troféu, que foi estendido também a todos os patrocinadores. Além de marcar o fim da temporada esportiva da Associação Mercadante, a comemoração serviu ainda para a entrega das faixas aos atletas que passaram pelo exame e conquistaram a ascensão.

Entre os judocas homenageados, teve uma mais que especial.  Sarah Souza foi a judoca que corou 2019 na história do judô mundial, ao conquistar o título de campeão mundial escolar em Budapeste na Hungria, e vice campeã mundial sub 18 em Almaty no Kazaquistão.  Ela recebeu uma linda placa pelas conquistas.

O último a discursar foi o coordenador do Projeto Kimono de Ouro, comendador e mestre kodansha Marcos Mercadante, que fez questão de ressaltar a importância de se comemorar mais uma temporada de vitórias para o judô de Araras. “É com um sentimento de gratidão que me dirijo a todas as pessoas que contribuem para o sucesso do nosso trabalho. Promover a 19ª edição do prêmio aos melhores judocas do ano mostra a importância e tradição desta data, uma das mais relevantes do esporte ararense. Agradeço, de coração, a participação de cada um de vocês, judocas, pais, patrocinadores e apoiadores, que estão ao nosso lado no dia a dia. Felizmente, 2019 foi um ano de muito trabalho e conquistas, o que faz com que encerremos a temporada com a sensação de dever cumprido. Que seja o prenúncio para um 2020 ainda mais vencedor para todos nós”, finalizou o comendador e mestre kodansha Marcos Mercadante.

Por: Associação Mercadante de Araras

Judô Atibaiense Representa Bem o Brasil na XXV Edição dos Jogos Escolares Sul-Americanos


Como divulgado na edição passada, os judocas atibaienses da equipe de judô do São João Tênis Clube/Associação Paulo Alvim de Judô de Atibaia/Secretaria de Esportes e Lazer da PEA, professor Paulo Alvim (Pi) como técnico oficial da equipe brasileira de judô e a atleta Isabella Marques Montaldi - Colégio Objetivo Atibaia, na categoria -64Kg meio pesado, estiveram entre os dias 30 de novembro e 07 de dezembro na cidade de Assunção, capital do Paraguai, participando da XXV edição dos Jogos Escolares Sul-Americanos. Considerada a mais importante competição escolar das Américas, com participação de 10 países da América do Sul, Brasil, Paraguai, Uruguai, Colômbia, Argentina, Chile, Peru, Suriname, Equador e como convidado Bonaire, totalizando 1.500 atletas, de 12 a 14 anos, nas modalidades de judô, vôlei, vôlei de praia, handebol, basquete, futsal, xadrez, tênis de mesa, natação, atletismo e atletismo paraolímpico. O Brasil nesta edição contou com uma delegação de 222 integrantes entre comissão técnica e atletas, que além do título de campeão geral 2019, ainda atingiu mais um recorde na conquista de 104 medalhas, subdivididas em das 53 de ouro, 29 de prata e 22 de bronze.

Como é de tradição, o judô brasileiro teve mais um registro positivo de participação, voltando para casa com 100% de conquistas e medalhista nas 15 categorias (individuais - por peso) e nas duas por equipes (masculina e feminina), registrando no quadro geral de medalhas 14 ouros, 02 pratas e 01 bronze.

A atibaiense Isabella foi uma das protagonistas em destaque na competição, ganhando todas as lutas por Ippon (ponto máximo). Na categoria individual, a ordem de lutas foi: primeira - Constanza Perez (Chile), segunda – Valeria Duarte (Paraguai) e terceira – Mariel Guaylupo (Peru), na disputa por equipes: Equador, Peru, Paraguai e Chile, trazendo para Atibaia duas medalhas de ouro na bagagem, outro destaque, ficou com a equipe masculina comandada pelo professor Paulo Alvim (Pi), com a conquista do ouro em todas as categorias individuais e por equipes.

A participação do Brasil contou com a parceria do Ministério da Cidadania, por meio de convênio entre a Secretaria Especial do Esporte e a Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE).

Outra ação da equipe atibaiense foi no dia 07 de dezembro, na cidade de São José dos Campos, onde participou do Seminário de Newaza com o judoca gaúcho especialista em luta de solo Moacir Mendes, que veio compartilhar sua experiência e conhecimento em um seminário de 4 horas, contribuindo com a evolução dos atletas do Estado de São Paulo. A equipe atibaiense foi dirigida pelo professor Leandro Lima, responsável pelas aulas de newaza (luta de solo) do judô atibaiense, acompanhado pela professora Angélica da Silva e mais dez atletas. Todos aproveitam muito a oportunidade de receber um grande leque de boas e novas informações. Os atletas que participaram do Seminário são: Felipe Lima (Colégio Atibaia), Murilo Anderson, Pedro Meirelles (Colégio São Paulo), Gabriel Bueno (Colégio São Paulo), Kaique Santos, Erick Matsumoto, Mateus Martinho, Luana Oliveira (Droga Lucas), Isabella Oliveira (Colégio São Paulo) e Amanda Burafaldi).

Os judocas agradecem a Concessionária Rota das Bandeiras, Hotel Bourbon Atibaia, Estruturas Metálicas Ando, CORA – Centro de Ortopedia e Reabilitação Atibaia, Colégio Objetivo, Centro Universitário UNIFAAT, Colégio Atibaia, Centro Integrado Atibaia Odontologia, Fisioterapia e Reabilitação Esportiva Sérgio Nery, Fisioterapeuta Layla Nery, Viação Atibaia São Paulo, Academia R Sette, NUTRIVIAL - CONSULTORIA EM NUTRIÇÃO, Preparador Físico Roger Fonseca, Psicóloga – Rubiana Shimoda, Centro Radiológico Atibaia – Alvinópolis, Imprensa de Atibaia e Boletim OSOTOGARI, que acreditam e apoiam o judô atibaiense.

Por: Boletim OSOTOGARI

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Shotyugueiko de São Carlos 2020 contará com cobertura do boletim OSOTOGARI!


Entre os dias 24 e 26 de janeiro de 2020 acontecerá o Shotyugueiko de São Carlos.

O Treinamento será realizado no Ginásio MIlton Olaio Filho, local onde os participantes também ficarão alojados.

Serão disponibilizaremos colchões e na taxa de R$200,00 (ou 3x de 70,00) já está incluso as refeições.

Para outras informações é só entrar em contato pelo whatsapp do professor Sebá: (16) 99147-4504

Evento contará com cobertura fotográfica do Boletim OSOTOGARI.

Participe!

Por: boletim OSOTOGARI


sábado, 7 de dezembro de 2019

São Paulo: JUDAN Massao Shinohara completa hoje 95 anos!


Sensei Massao Shinohara primeiro e único JUDAN das Américas completa hoje 95 anos!

Shinohara foi e é um judoca ativo que muito contribui para o desenvolvimento do judô brasileiro.

Formou centenas de faixas pretas na Associação de Judô Vila Sônia, entre eles, destacamos Aurélio Miguel, medalha de ouro em Seul em 1988 e bronze em Barcelona em 1992 e Carlos Honorato, medalha de prata em Sydney em 2000. Shinohara também teve como aluno Luiz Onmura, bronze em Los Angeles 1984, onde junto com os outros dois medalhistas naquela olimpíada, Walter Carmona, bronze, e Douglas Vieira, prata, tiveram a participação de Massao Shinohara como o técnico da Seleção Brasileira naquela olimpíada.

Mas o legado de Massao Shinohara não parou por aí, afinal, todos os amantes do judô e principalmente os competidores, sempre receberam instruções e treinamentos de Shinohara, tanto na Associação Vila Sônia quanto no Centro de Aperfeiçoamento Técnico (CAT) da Federação Paulista de Judô.

Humilde, solícito e sempre disposto, completa seus 95 anos de idade fazendo questão de ministrar aulas e acompanhar seus alunos durante os treinos na agora Associação de Judô Shinohara, local onde também é a sua residência!

O boletim OSOTOGARI parabeniza Sensei Shinohara pelo seu aniversário! Muita saúde!

Por: Boletim OSOTOGARI



sexta-feira, 6 de dezembro de 2019

São Paulo: Judocas Paineirenses são homenageados na Festa do Atleta 2019


Quarta-feira, 04 de dezembro, o Clube Paineiras do Morumby realizou a sua tradicional "Festa do Atleta 2019". Os atletas paineirenses de diversas modalidades que representaram o clube em competições nacionais e internacionais, foram homenageados em uma cerimônia de gala para coroar todo o trabalho e dedicação desses jovens atletas. 

E o judô paineirense teve os seus destaques nesta grandiosa festa, com vários atletas recebendo sua honraria das mãos do coordenador do judô do clube, o judoca olímpico Alexandre Lee:

Sub 09: Pedro Morando, Sub 11: Ramon Hsieh, Sub 13: Lucas Dell´Aquila, Sub 15: Luisa Iutaka e Kauã Sandes, Sub 18: Chrystian Diogenes, Sub 21: Luis Kumakura, Sênior: Amanda Culato e Eduardo Barbosa, Destaque da Modalidade: Eduardo Barbosa e Destaque Geral entre todas as modalidades: Eduardo Barbosa.


E abrilhantando a Festa do Atleta de 2019, presença do judoca medalhista olímpico Tiago Camilo, que por todas as conquistas em sua carreira competitiva no judô, foi também homenageado na festa.


Os atletas foram recepcionados com um coquetel antes da Cerimônia de Gala e, após, uma balada os esperava na boate do clube.

Clique aqui e confira a documentação fotográfica completa da Festa do Atleta 2019.

Por: Boletim OSOTOGARI



quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Judô Atibaiense na XXV Edição dos Jogos Escolares Sul-Americanos


No dia 30 de novembro, os judocas atibaienses, da equipe de judô do São João Tênis Clube/Associação Paulo Alvim de Judô de Atibaia/Secretaria de Esportes e Lazer da PEA, professor Paulo Alvim (Pi) como técnico oficial da equipe brasileira de judô e a atleta Isabella Marques Montaldi - Colégio Objetivo Atibaia,  na categoria -64Kg meio pesado, embarcaram rumo a Assunção, capital do Paraguai, para participar entre os dias 1 e 7 de dezembro, da XXV edição dos Jogos Escolares Sul-Americanos. 

Considerada a mais importante competição escolar das Américas, com participação de 10 paísesda América do Sul e um total de 1.500 atletas, de 12 a 14 anos,nas modalidades de judô, vôlei, vôlei de praia, handebol, basquete, futsal, xadrez, tênis de mesa, natação, atletismo e atletismo paraolímpico. O Brasil é o grande campeão das ultimas edições e comparece com a maior delegação do evento, com 168 atletas e 54 técnicos nas 11 modalidades.A participação do Brasil conta com a parceria do Ministério da Cidadania, por meio de convênio entre a Secretaria Especial do Esporte e a Confederação Brasileira de Desporto Escolar (CBDE).

A equipe de judô brasileira participa nas categorias, individual (por peso) e por equipe. As competições do judô e de todas as outras modalidades são realizadas na Secretaria Nacional de Desportos do Paraguai.

Os judocas agradecem a Concessionária Rota das Bandeiras, Hotel Bourbon Atibaia, Estruturas Metálicas Ando, CORA – Centro de Ortopedia e Reabilitação Atibaia, Colégio Objetivo, Centro Universitário UNIFAAT, Colégio Atibaia, Centro Integrado Atibaia Odontologia, Fisioterapia e Reabilitação Esportiva Sérgio Nery, Fisioterapeuta Layla Nery, Viação Atibaia São Paulo, Academia R Sette,NUTRIVIAL-CONSULTORIA EM NUTRIÇÃO, Preparador Físico Roger Fonseca, Psicóloga – Rubiana Shimoda, Centro Radiológico Atibaia – Alvinópolis, Imprensa de Atibaia e Boletim OSOTOGARI, que acreditam e apoiam o judô atibaiense.

Por: APAJA - Atibaia


Araras: Vem aí o “Prêmio Melhores Judocas do Ano 2019” da Associação Marcos Mercadante de Judô.


Será realizado na próxima segunda-feira (9), a solenidade da 19ª edição do tradicional “Prêmio Melhores Judocas do Ano 2019” da Associação Marcos Mercadante de Judô. Uma linda festa de gala, que acontece todo fim de ano após o encerramento do calendário competitivo dos judocas da Associação Mercadante. A celebração sempre conta com a participação dos atletas, familiares, colaboradores do Projeto Kimono de Ouro e autoridades do meio do judô e do município de Araras.

A cerimônia será realizada no Teatro Estadual “Maestro Francisco Paulo Russo” às 19h30 e como de costume, os atletas que se destacaram nas competições do ano de 2019 serão premiados. Os judocas que foram promovidos de faixa, também receberão sua nova graduação e o certificado no dia do evento. Assim como nos anos anteriores, são esperadas mais de 400 pessoas para a solenidade que finaliza o ano esportivo do Projeto Kimono de Ouro.


“Esperamos que seja mais uma noite especial para todos os presentes, pois lá vamos celebrar as evoluções e conquistas do ano. Sempre ficamos ansiosos a cada edição, além de ser muito gratificante ver toda a equipe, pais, amigos e patrocinadores reunidos nessa festa que sempre é emocionante”, comenta o coordenador do Projeto Kimono de Ouro, Marcos Mercadante.

Por: Associação Mercadante de Araras

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

9ª Delegacia ABC realizou sua Cerimônia de Premiação dos Destaques do Circuito ABC de Judô


Após a realização do 1º Circuito ABC de judô, com quatro etapas realizadas em 2019, a 9ª Delegacia Regional ABC, através do Delegado Regional José Gildemar de Carvalho e sua equipe de trabalho, realizou a Cerimônia de Premiação dos Destaques do Circuito ABC de Judô.

Evento foi realizado em 03 de dezembro, no teatro do Colégio Arbos, unidade Santo André.


Com o teatro lotado e presença do Presidente da F.P.Judô e dos Kodanshas da 9ª Delegacia, 113 atletas das classes Sub 11, Sub 13, Sub 15, Sub 18 e Adulto, masculino e feminino, Master A e Master B masculino, receberam sua premiação como melhores das suas respectivas classes e categorias.


As 18 entidades filiadas na 9ª Delegacia do ABC foram agraciadas com um belo quadro de medalhas que representaram as quatro fases do recém implantado Circuito ABC de Judô. 
A diretoria da 9ª Delegacia Regional ABC é composta pelos seguintes membros:
  • Delegado Regional, José Gildemar Carvalho
  • Delegado Regional Adjunto e Diretor Técnico, Marcos José Hungaro
  • Diretora Técnica Adjunta, Ana Carolina Pereira
  • Tesoureiro, Everton Mendes
  • Diretor de Pesagem, Mario Assis
  • Diretora de Oficiais Técnicos, Mariana Possari
  • Diretora de Arbitragem, Andaluza Marin
  • Diretor de Arbitragem Adjunto, Cleginaldo Correia
  • Diretor de Cursos, Wagner Vettorazzi
  • Diretor de Cursos, Renato Ribeiro
  • Diretor de Cursos, Cristiano Carrion
Entidades Filiadas Participantes
  • A. D. JUDÔ GULÔ
  • A. D. SANTO ANDRÉ
  • A. D. SÃO CAETANO
  • ACADEMIA DE JUDÔ TABOÃO LTDA
  • ALVI CELESTE
  • ASSOCIAÇÃO DE JUDÔ MAUÁ
  • ASSOCIAÇÃO DE JUDÔ HINODÊ
  • ASSOCIAÇÃO NERY DE JUDÔ
  • A. R. C. D. SÃO BERNARDO
  • BUSHIKAN DOJÔ
  • CAMP SBC
  • CLUBE ATLETICO ARAMAÇAN
  • COLÉGIO EDUARDO GOMES
  • COLÉGIO IDEAL
  • HATSUYUME KAN DOÔ
  • INSTITUTO HUNGARO
O evento contou com a cobertura fotográfica do Boletim OSOTOGARI.

Clique aqui e confira a lista dos judocas premiados.

Clique aqui e confira a documentação fotográfica do evento.

Por: Boletim OSOTOGARI



terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Santo André: Hoje tem Cerimônia de Premiação "Destaques do Circuito ABC"




A 9ª Delegacia Regional realizará hoje, 03 de dezembro,  a Cerimônia de Premiação dos Destaques do Circuito ABC de Judô 2019, referente às quatro etapas do Circuito ABC de Judô realizado na temporada 2019 nesta Delegacia: 1º Torneio de Judô Auto Shopping Global, 25º Torneio Judô Taboão, Torneio Chico do Judô e 9º Torneio de Judô Hinodê.

O evento acontecerá no Teatro do Colégio ARBOS, unidade Santo André, a partir das 19h e contará com a cobertura fotográfica do boletim OSOTOGARI.

Serviço:
Cerimônia de Premiação dos Destaques do Circuito ABC de Judô 2019
Data: 03 de dezembro de 2019
Local: Teatro do Colégio Arbos
Av. Padre Anchieta, 466 – Bairro Jardim – Santo André – SP
Início: 19h30


Por: boletim OSOTOGARI

São Paulo: Presidentes da AAAGV visitam o Instituto Camaradas Incansáveis


Meninos de ouro, presidente de 2019 da AAAGV, Gabriel, e a presidente de 2020, Lara, visitaram o Coliseu do ICI nesta segunda-feira, 02 de dezembro.

Há 4 anos a AAAGV treina com os Incansáveis e com muito orgulho o ICI colocou em todos os anos a GV entre as top 3 das faculdades das Economíadas no judô.

"Vamos e com garra absurda!", disse o presidente do ICI, Rodrigo Motta.

Por: ASCOM do ICI.


Conceição do Mato Dentro: Judô Adentro/AVD é Campeão Brasileiro


Em evento realizado no dia 23 de novembro no Centro Olímpico UFTM – Uberaba – MG tendo como organizadores a Liga Nacional de Judô e a Confederacion Sudamericana de Judô, o Judô Adentro/AVD supera todas as expectativas e conquista 18 medalhas no XIX Brasileiro e 21 medalhas no Sul-americano. No Brasileiro foram 02 Ouros, 7 Pratas e 9 Bronzes. No Sul-americano foram 04 Ouros, 03 Pratas e 14 Bronzes. No Festival (até 10 anos/Sub 11) o Judô Adentro/AVD conquistou 12 medalhas de Bronze, seis no Brasileiro e seis no Sul-americano. No festival todos ganham medalha de bronze.

O Judô Adentro/AVD representando Minas Gerais conquistou o Ouro por Equipes. O segundo ouro do ano. Um no Estadual e agora no Brasileiro.

O Brasileiro e Sul-americano contou com cerca de 1.400 atletas, o primeiro com 16 Ligas de 11 estados e o Sul-americano com 03 países, Argentina, Brasil e Uruguai.

Os atletas do Judô Adentro/AVD, apesar da pouca graduação, o mais graduado um faixa verde, superou diversos atletas mais graduados, inclusive faixas pretas. Evento de alto nível onde os bravos guerreiros mostraram muita garra, determinação e técnica, levando o nome de Conceição do Mato Dentro ao pódio por 52 vezes.

“Primeiramente quero agradecer a Deus, por sempre nos proteger e nos guardar em nossas trajetórias. A minha família por me apoiarem em meus sonhos, dando-me forças pra sempre que cair levantar e seguir em frente. Ao senhor meu Sensei por me instruir, me encorajar e até mesmo me punir quando é preciso para me tornar um atleta de verdade, por acreditar em mim, me guiando em caminhos tortuosos com sua experiência e sabedoria.

Minha gratidão e imensurável por ter tido a honra de participar de um campeonato desse nível, muito bem organizado com atletas sensacionais. Acredito que hoje CMD está escrito no mapa do Judô Brasileiro, com a sua liderança, adquirimos respeito e confiança. E onde chegarmos todos irão nos olhar de igual pra igual. Obrigado!” Falou Erinei - atleta do projeto.

Cintia mãe do Guilherme que é cego também comentou sobre sua evolução: "Tenho dois filhos no judô e só tenho a agradecer, ambos estão progredindo a cada campeonato.

Enfatizando o meu filho Guilherme que é deficiente visual, cada vez mais ele vem se superando e evoluindo. Acreditando no sonho de ser um paralímpico, ganhador de uma medalha de ouro no judô especial (PCD) e de duas medalhas de bronze conquistados no judô convencional, decisão tomada por ele mesmo em competir por igual.

Estou muito feliz com a sua evolução, acompanho cada passo  e sou prova dessas conquistas.
O professor Eduardo vem realizando um ótimo trabalho incentivando e dando oportunidades a ele.

Inclusão no esporte transforma vidas, felizmente isso é uma realidade em nossa cidade não vamos deixar o sonho morrer.

Sensei minha gratidão, sei que você tem muito ainda para acrescentar."

O Sensei Eduardo Duarte chegou em janeiro deste ano assumindo o projeto como coordenar e professor. É carioca, formado em Educação Física, 6o Dan de Judô, pioneiro no país com o Judô Para Surdos, primeira medalha Surdolímpica do país em 2009/Taipei e referência no Judô Inclusivo.

Hoje o Judô Adentro/AVD conta com 13 alunos especiais e em 2020 a tendência é multiplicar.

No ano de 2019 o Judô Adentro/AVD entrou para o mapa do judô estadual, nacional e internacional:

Treino de Veteranos/CMD – Desafio Internacional Judô Veteranos Brasil
I Etapa – Ficou em 9º Lugar no Geral. Conquistou o 1º Lugar no Festival.
II Etapa – Ficou em 3º Lugar no Geral. Conquistou o 1º Lugar no Festival, 1º Lugar no Aspirante e 3º Lugar no Sub 15.
30ª Copa Betim – Ficou em 2º Lugar no Geral. Conquistou o 1º Lugar no Sub 18, 1º Lugar no Sub 21 e 3º Lugar no Festival.
III Etapa – Ficou em 5º Lugar no Geral. Conquistou o 1º Lugar no Aspirante, 1º Lugar por equipes, 2º Lugar no Festival e 3º Lugar no Sub 18.
Classificou 36 atletas para o Brasileiro – Ranking Estadual no Individua:  14 atletas em 1º Lugar, 11 atletas em 2º Lugar e 11 atletas em 3º Lugar. Mais cinco atletas ficaram em 5º Lugar.
Brasileiro – 18 medalhas, sendo duas de Ouro. Além de 06 medalhas no festival.
Sul-americano – 21 medalhas, sendo 04 de Ouro. E mais 06 medalhas no festival.

Ouro – 48
Prata – 55
Bronze – 71

Festival/Judô Para Todos – 114

Troféus – 13 Troféus, sendo 03 no Ranking Geral e 10 nas Classes.

O Projeto Judô Adentro/AVD levou o nome de Conceição do Mato Dentro ao pódio por 188 vezes.

Por: Eduardo Duarte - Fundador e Coordenador da AVD



Chiaki Ishii é homenageado pela CBJ e recebe a comenda da Ordem do Mérito do Judô Brasileiro


O pioneiro judoca brasileiro Chiaki Ishii recebeu, neste sábado, 30, em Balneário Camboriú, a inédita comenda da Ordem do Mérito do Judô Brasileiro, homenagem outorgada pela Confederação Brasileira de Judô em reconhecimento ao primeiro medalhista olímpico e mundial da modalidade no Brasil. 

A medalha e o diploma foram entregues pelo presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges, que destacou a importância de Ishii na história do judô brasileiro e o significado da condecoração criada em 2019 como parte das comemorações de 50 anos de fundação da Confederação. 

"Nós estamos resgatando as raízes do judô brasileiro com essa homenagem ao sensei Ishii, que muito me honra. A CBJ está muito feliz com esse momento de poder agraciar com a primeira comenda da Ordem do Mérito uma das personalidades mais importantes do judô e do esporte do Brasil", afirmou o presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges.  

Ao receber a comenda, Chiaki Ishii agradeceu à Confederação pelo reconhecimento e não segurou a emoção. 

"Minha vida toda foi só treinar judô, tudo pelo judô. Fico muito emocionado de receber esse diploma e a medalha. Gostei muito da homenagem", resumiu Ishii, que veio a Camboriú acompanhado por sua esposa, seu genro e sua filha Vânia, também ex-atleta da seleção brasileira de judô. 

"Falando em nome da família Ishii, é uma grande emoção estarmos recebendo essa comenda que faz jus ao meu pai, o primeiro medalhista olímpico do judô brasileiro. Fico muito feliz e muito agradecida. Há um tempo, meu pai ficou doente e, só neste ano, se recuperou. E, com essa homenagem, ele deu uma florescida e o ânimo voltou. É uma alegria vê-lo desse jeito e recebendo esse reconhecimento", comentou Vânia. 

A cerimônia de outorga do Mérito da CBJ a Chiaki Ishii foi prestigiada por Danys Queiroz, vice-presidente da CBJ; Icracir Rosa, presidente do Conselho de Graduação da CBJ; Michiharu Sogabe, membro do Conselho de Graduação da CBJ; Edison Minakawa, coordenador nacional de arbitragem; Rioiti Uchida, coordenador nacional de Kata; por coordenadores de arbitragem de diversos estados; e pelos presidentes Moisés Penso (SC), Marcelo Ornellas (BA), Paulo Cézar Ferreira (RR), Alessandro Puglia (SP), Rodolfo Leiete (MA), Alcindo Campos (PA) e Luiz Gonzaga Filho (DF). 

Após o evento, Ishii seguiu para o ginásio Multieventos Sergio Lorenzato, onde acontecem as disputas do Campeonato Brasileiro Sênior de Judô, e acompanhou, empolgado a cada ippon, os combates ao lado dos técnicos da seleção brasileira, Luiz Shinohara e Mario Tsutsui, além do bicampeão mundial, João Derly, que também prestigiou o evento neste sábado. 

Ordem do Mérito CBJ - A Ordem do Mérito da Confederação Brasileira de Judô, instituída pelo presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges, em 2019, ano de comemoração do Cinquentenário dessa instituição, tem por finalidade agraciar com uma insígnia personalidades ou instituições, nacionais ou estrangeiras, que tenham se destacado por suas atividades em seu ramo ou prestado relevantes serviços ao judô brasileiro, bem como em outra atividade sociocultural e esportiva. A insígnia da Ordem do Mérito é constituída de uma cruz de cinco pontas, tendo ao centro a logomarca especial de 50 anos da CBJ.

Chiaki Ishii – Nascido em 1º de outubro de 1941 em Ashikaga, Japão, Chiaki Ishii chegou ao Brasil na década de 1960 em busca de uma nova vida após a frustração de perder a seletiva olímpica para representar o judô japonês nos Jogos de Tóquio 1964, quando o Judô entrou pela primeira vez no programa olímpico.

Influenciado pelos filmes de faroeste norte-americanos dos anos 50 e 60, Ishii tinha o sonho de ser fazendeiro, ou cowboy. Trabalhou em fazendas no interior de São Paulo, mas, com dificuldade para realizar o sonho no começo da jornada no Brasil, voltou-se para o esporte que havia treinado desde pequeno, na academia do avô, no quintal de casa. Além de ensinar judô, ele passou a desafiar judocas brasileiros em troca de recompensas, algumas vezes até por comida.

Chamava atenção sua técnica e a velocidade com que finalizava seus combates por ippon. Foi então que, a pedido de Augusto Cordeiro, então presidente da Confederação Brasileira de Pugilismo, que administrava o judô no Brasil, Ishii naturalizou-se brasileiro e, com isso, vieram títulos nacionais, sul-americanos, pan-americanos e os mais importantes: o bronze no Mundial de Ludwigshafen 1971 e o bronze olímpico em Munique 1972.

Até hoje, Ishii ainda usa a sua academia em São Paulo para passar o conhecimento para novas gerações de medalhistas olímpicos, como Rafael Silva, bronze em Londres 2012 e Rio 2016.

Tânia e Vânia, filhas do sensei, também levaram o sobrenome Ishii aos Jogos Olímpicos. Tânia foi a Barcelona 1992. Vânia representou o Brasil em Sydney 2000 e Atenas 2004.

Imparável, Ishii voltou às competições internacionais em 2016, e conquistou o ouro no Campeonato Mundial de Veteranos, na categoria meio-pesado M10, aos 75 anos.


Por: Assessoria de Imprensa da CBJ - Foto: Lara Monsores / CBJ

Judocas de 16 estados conquistam medalhas no Campeonato Brasileiro Sênior de Judô


O Campeonato Brasileiro Sênior de Judô encerrou a temporada 2019 do calendário nacional da CBJ com judocas de 16 estados no pódio da principal competição nacional. Desses, seis conquistaram medalhas de ouro: Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Bahia e Maranhão. O maior destaque foi a seleção mineira, que chegou a dez finais e conquistou sete ouros neste domingo, 01, último dia de competição.  

“Esse resultado vem de muito trabalho. Fizemos um trabalho específico para o Brasileiro, estudamos nossos possíveis adversários nessa competição. Todo mundo veio muito focado no que queria e também era a última competição do ano. Trabalhamos tanto o ano inteiro e todo mundo veio com o sentimento de querer fechar o ano com chave de ouro. Isso fez a grande diferença”, avaliou a experiente Mariana Silva, representante do Brasil em duas Olimpíadas, que garantiu um dos sete ouros de Minas ao vencer Ana Carla Grincevicus, do Mato Grosso do Sul, na final do meio-médio feminino (63kg).
  
Os outros seis títulos mineiros vieram com Amanda Lima (48kg), Sarah Nascimento (70kg), Ariana Silva (78kg), Eduardo Bettoni (90kg), André Humberto (100kg) e Thiago Palmini (+100kg).  

O Rio Grande do Sul também fez bonito e levou três títulos para casa. Jéssica Lima venceu Layana Colman (MG) na final do peso Leve feminino (57kg); David Lima levou a melhor sobre Julio Toda Filho (MG) na decisão do Leve masculino (73kg); e João Pedro Macedo finalizou Luanh Saboya (RJ) para conquistar o ouro do meio-médio masculino (81kg).  

Os outro quatro ouros nacionais foram para Yasmim Lima (52kg), do Rio; Ítalo Mazzili (60kg), do Maranhão; Diego Santos (66kg), da Bahia; e Camila Yamakawa (+78kg), do Mato Grosso do Sul, que protagonizou um dos momentos mais emocionantes de evento ao subir no pódio com seu filho Ali, de apenas três meses de idade.  

A judoca de Dourados, vice-campeã mundial júnior em 2015, aproveitou o tempo de recuperação de uma cirurgia no joelho para realizar o sonho de ser mãe e planejou a gestação de uma forma que conseguisse voltar a treinar a tempo de lutar o Brasileiro para defender seu título de 2018. 

“Meu retorno foi mais difícil do que esperava. Sofri. Tinha muita coisa na minha cabeça, achava que não ia conseguir. Não foi só voltar de uma cirurgia. Foi voltar de uma cirurgia e de uma gravidez. Tinha que conciliar os cuidados com meu filho, o seio cheio de leite, que é uma coisa que dói muito, medo de me machucar de novo ao entrar os golpes. Então, foi um turbilhão de sentimentos que eu nunca tinha sentido antes. Quando vi que deu certo, não consegui fazer mais nada além de chorar”, explicou Camila ao sair do tatame muito emocionada após derrotar a paulista Sibilla Faccholi na decisão do pesado feminino (+78kg). 

LÍDERES DO RANKING NACIONAL SÊNIOR GANHAM CONVOCAÇÃO PARA CIRCUITO MUNDIAL 
O Brasileiro Sênior foi a última competição que distribuiu pontos no ranking nacional. O campeão de cada categoria arrematou 180 pontos na disputa pela liderança que vale uma convocação para representar o Brasil em uma etapa de Grand Prix do Circuito Mundial IJF.  

Ao todo, sete competições distribuem pontos nesse ranking: Brasileiro Sênior, Troféu Brasil Interclubes, Taça Brasil Sub-21, Brasileiro Regional, Copa Estadual, Campeonato Estadual e uma competição internacional IJF, que vale 220 pontos e contará apenas o melhor resultado obtido no ano.  
  




Por: Assessoria de Imprensa da CBJ 


segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Santos: Colégio Jean Piaget realizará sua Cerimônia de Troca de Faixas


As programações de fim de ano do Judô do Colégio Jean Piaget, de Santos, estão repletas! E, dentre diversas ações, o destaque fica com o Torneio Interno de Kata "Isadora Seixas e Vitor Doria" e a Cerimônia de Entrega de Faixas e Premiação aos Destaques do Ano e aos classificados no Trneio de Kata. Confira:

I – TORNEIO INTERNO DE KATA “ISADORA SEIXAS E VITOR DORIA”
Participação de 12 duplas de alunos dos 7ºs e 9ºs anos com participação especial de um aluno voluntariamente do 6º ano.

Avaliação: Sensei josé Gomes de Medeiros (8º DAN), Sensei Joelma Radiante (2º DAN) e Sensei Rodrigo Matos (3º DAN) – Todos da Federação Paulista de Judô.

7 de dezembro,  sábado, para os alunos dos 7º e 9ºs anos 9h30.

CERIMÔNIA DE ENTREGA DE FAIXAS E PREMIAÇÃO AOS DESTAQUES DO ANO E TORNEIO DE KATA
Serão entregues 59 faixas e diplomas
119 troféus
Sorteio de vários brindes e livros dos Grandes Mestres das Artes Marciais do Brasil (Edição 10) e das Américas (Edição 11)

10 de dezembro 3ª feira TODOS OS ALUNOS (AS), às 19h30

Local:Centro Español y Repatriación de Santos
Avenida Ana Costa, 286 em Santos
Estacionamento ao lado ao preço único de R$ 14,00 das 19h às 6h da manhã

Por: Professor Luiz Aquino - Colégio Jean Piaget


São José do Rio Preto : Clube Monte Líbano encerra competições em 2019


Foi realizada no último sábado 30 de novembro na cidade de Fernandópolis o Torneio de encerramento das competições da 6ª Delegacia F.P.Judô e o Clube Monte Líbano comandado pelo Prof. Guilherme Suman participou do evento com 15 judocas. Evento organizado pelo Prof. e Delegado Regional Mazinho e teve a presença do também Delegado Regional da 5ª Delegacia o Prof. Shiraga , reuniu 350 judocas das cidades de Rio Preto, Jales, Fernandópolis, Mirassol, Guaíra, Catanduva, Araçatuba e Altair. O próximo evento em que o Clube Monte Líbano participará é o festival de fim de ano do Clube Monte Líbano. 

Por: Judô Clube Monte Líbano - São José do Rio Preto

domingo, 1 de dezembro de 2019

Seleção Gaúcha é vice-campeã do Brasileiro sênior


A Seleção Gaúcha conquistou 10 medalhas no Campeonato Brasileiro sênior, realizado ao longo deste fim de semana, em Balneário Camboriú. O resultado, com três ouros, uma prata e um bronze, fez a equipe terminar em segundo lugar no quadro geral da competição, atrás apenas de Minas Gerais. Os resultados completos foram publicados no Zempo.
“Acho que foi um bom resultado, levando em conta que estávamos com vários desfalques. Então, foi um excelente resultado”, avaliou o professor Antônio Carlos Pereira, o Kiko, um dos técnicos da seleção em Balneário Camboriú. “Agora o foco é para o Masters da China”, complementou.
A competição rendeu os últimos pontos do ranking nacional deste ano. Os campeões garantiram 180 pontos. A CBJ garante ao menos uma convocação para o circuito internacional em 2020 aos líderes de cada categoria da lista.
O Brasileirão sênior fechou o calendário de eventos nacionais de 2019. Entre os dias 14 e 15, a Seleção Brasileira disputa o World Masters, na China, com participação de judocas do Rio Grande do Sul. No próximo fim de semana, o Gauchão de Judô, em Campo Bom, encerra as atividades deste ano no Estado.
MEDALHAS DO JUDÔ GAÚCHO:
OURO: Jéssica Lima (57kg/Sogipa), David Lima (73kg/Sogipa), João Macedo (81kg/Sogipa)
PRATA: Gabriel Genro (66kg/Sogipa)
BRONZE: Airton Antunes (66kg/GN União), Tiago Pinho (81kg/Sogipa), Aine Schmidt (70kg/Sogipa), Nathália Parisoto (78kg/GN União), Bruna Campos Silva (78kg/GN União), Luis Heck (100kg/GN União)

Por: Assessoria de Imprensa da Federação Gaúcha de Judô

Balneário Camboriú: Confira os resultados do Campeonato Brasileiro Sênior 2019


O ginásio multieventos Sergio Lorenzato, em Balneário Camboriú, recebeu, neste domingo, 01, as finais do Campeonato Brasileiro Sênior de Judô, última competição do calendário nacional de eventos da CBJ. 

Na primeira final do dia, Amanda Lima conseguiu duas projeções para desbancar a então campeã brasileira, Eduarda Francisco, do Rio de Janeiro, e garantir o primeiro ouro para Minas Gerais. 

Em seguida, o maranhense de Imperatriz, Ítalo Mazzili, forçou três punições contra Fellipe Almeida, do Rio, e levou o ouro dos ligeiros. 

Na terceira luta, o Rio, conseguiu, enfim, seu primeiro ouro na competição, com a meio-leve Yasmim Lima, que defendeu, diante de Maria Taba (MG), o título do 52kg. 

Na sequência, foi a vez de Diego Santos (BA) bater Gabriel Genro (RS) com um waza-ari no golden score e levar o ouro para a Bahia. 

Os gaúchos conseguiram reagir e arremataram dois ouros seguidos, com Jéssica Lima e David Lima. Eles venceram Layana Colman (MG) e Julio Koda Filho (MG), respectivamente. 

A sétima luta trouxe ao tatame Ana Carla Grincevicus (MS) contra a Mariana Silva (MG), que levou a melhor forçando três punições à adversária. 

Na final do 81kg, João Pedro Macedo (RS) deu o terceiro ouro ao Rio Grande do Sul ao derrotar Luanh Saboya (RJ) por ippon com uma chave de braço. 

Em seguida, Sarah Nascimento (MG), também utilizou uma técnica de finalização para fazer Érika Ferreira (CE) bater num estrangulamento. 

Minas conquistou mais um ouro no médio masculino, com Eduardo Bettoni vencendo Cleyanderson Silva (RJ) por ippon. 

Ariana Silva (MG) ampliou a vantagem mineira ao derrotar Gabrielle Ferreira (RJ) na final do 78kg.

A final do 100kg foi eletrizante. Rafael Buzacarini (SP) saiu na frente com um waza-ari, mas André Humberto não esmoreceu, buscou o empate e imobilizou o adversário para conquistar o ouro. 

No pesado feminino, Camila Yamakawa, do Mato Grosso do Sul, também por imobilização, venceu Sibilla Faccholi (SP) e defendeu seu título apenas três meses depois de dar à luz o pequeno Ali, que veio ao ginásio com a mais nova mamãe campeã do judô brasileiro. 
Fechando o dia, Tiago Palmini (MG) forçou três punições em Jonas Inocêncio (SP) e ficou com o título do pesado masculino. 
VEJA AQUI as súmulas e todos os resultados do Campeonato Brasileiro Sênior de Judô 2019. 
Por: Assessoria de Imprensa da CBJ

sábado, 30 de novembro de 2019

Curso Intensivo de Férias no Instituto Camaradas Incansáveis


CURSO INTENSIVO DE FÉRIAS ICI


O Instituto Camaradas Incansáveis realizará nesta temporada de férias treinamentos intensivos de judô, em especial infantil, de segunda à sexta, no período da tarde. Estes treinos são abertos para todos.

Para mais informações, contate: (11) 98067-8942 ou (11) 98840-4342!
Vamos com garra ABSURDA!!


Por: ASCOM Instituto Camaradas Incansáveis


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada