terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Brasil e Japão assinam memorando para estimular judô nas escolas


Os governos de Brasil e Japão assinaram, na tarde desta segunda-feira (10), dois memorandos para intensificar o intercâmbio esportivo entre os dois países. Parte do acordo diz respeito à inclusão do judô no currículo escolar do Brasil. Além disso, Brasil e Japão querem estimular a cooperação bilateral nas áreas de medidas antidoping, medicina esportiva e o engajamento de idosos e pessoas com deficiência no esporte.

Os documentos não trazem ações concretas, mas reforçam laços já estabelecidos entre os dois países e firmam intenções de aumentar, em breve, a parceria nesses campos. A visita de judocas brasileiros ao Japão e a vinda de mestres japoneses ao Brasil, para troca de experiências e difusão do esporte nas escolas brasileiras, já ocorre. Agora, ambos os países querem intensificar a prática.

“Trabalharemos para expandir a prática do judô entre as crianças em idade escolar. Acreditamos que o esporte é a melhor ferramenta de transformação da vida humana. Ele forma cidadãos e transforma realidades”, disse Décio Brasil, secretário Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania.

O embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada, destacou o caráter educativo do judô. “Entre os muitos esportes, judô é muito importante para a nossa cooperação. Porque muitos judocas japoneses vieram ao Brasil ensinar judô aos brasileiros. E agora, o Brasil é um país forte no judô. O governo japonês está cooperando para que o governo brasileiro introduza o judô no currículo das escolas públicas porque através do judô podemos aprender disciplina, respeito. Tem um valor muito educativo”.

Por: Isto É Dinheiro


5 comentários:

  1. Excelente iniciativa. Eu acredito no esporte como ferramenta para a boa formação do caráter do bom cidadão.
    Para que isso possa se bem aproveitado os nossos governantes tem que aderir e fomentar a formação das equipes escolares e oportunizar.
    Organizar competições do nível regionais,seguindo para competição estaduais e competições nacionais.
    Ter como regra primordial a frequência escolar como também as notas de avaliação acadêmicas em condições do aluno far seguimento na evolução acadêmicas. Além desses requisitos ter o comportamento ilibado. O resultado é ter um Brasil melhor tanto na questão educacionais como um Brasil com os resultados mais amplos nos quadros de medalhas Olímpico

    ResponderExcluir
  2. Interessante, vai ser uma ótima decisão do Brasil.
    Esporte é tudo

    ResponderExcluir
  3. Ótima iniciativa, o Judô ajuda no desenvolvimento do caráter do cidadão.parabéns (Gabriela Yutaka)

    ResponderExcluir
  4. Oba! Meu judoca do coração sabe demais, mas detesta competir. O forte dele é ensinar.

    ResponderExcluir
  5. Excelente ideia,nós pais ficaremos gratos ao ver nossos filhos ter mais uma chance de um futuro feliz e mais humano.

    ResponderExcluir

Gostou da matéria? Deixe um comentário!
Aproveite e seja um membro deste grupo, siga-nos e acompanhe o judô diariamente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada