sábado, 15 de julho de 2017

ONG de Judô ministra aulas gratuitamente para diversas pessoas em Taubaté


Associação Projudô é uma ONG que disponibiliza aulas de Judô gratuitamente para crianças, jovens e adultos de Taubaté e região. A ONG, por meio de doações e contribuições de associados já atendeu desde 2012 cerca de 300 alunos. Neste semestre mais de 100 judocas foram atendidos e 36 deles foram graduados a nova faixa.

A importância da graduação de faixa é a evolução de conhecimento dos atletas dentro do Judô além de mantê-los dentro da hierarquia. Os alunos da associação que foram indicados para serem promovidos neste semestre receberam além da nova faixa, certificados que garantem o novo nível de aprendizado.

Para serem avaliados os judocas realizaram provas teóricas e práticas. As práticas foram organizadas pelos senseis com o objetivo de avaliar o grau de conhecimento e de aplicabilidade do golpe de cada aluno. Já as teóricas o intuito foi de estimular os atletas na leitura.

A ONG difunde a prática de atividade física com acompanhamento do comportamento do aluno dentro de casa e da escola. Para isso, o desenvolvimento escolar de cada judoca é avaliado por meio do boletim escolar. “A avaliação da escola é pelas notas, e em casa é por meio de reuniões com os pais”, acrescenta o professor responsável pela associação, Sensei Regis Cândido da Silva (5° DAN).

Elaine Cristina é mãe do judoca Pedro Henrique de 11 anos, e fala sobre a importância da associação para o desenvolvimento de seu filho, assim como a nova graduação de faixa que ele recebeu. “Foi uma motivação para ele, porque antes ele não fazia nada durante seu dia e não fazia nenhum exercício físico também, hoje ele já tem um incentivo a mais. Meu filho pretendente continuar na ONG por muitos anos ainda”, declara.

A associação Projudô está em cinco polos localizados em diferentes bairros de Taubaté com professores que atuam como voluntários. As aulas acontecem no bairro Três Marias (quadra do Projeto Esperança), no bairro Santa Fé, no bairro Chácara Guisard (Dojo F. Camargo Chápeu), no bairro Barreiro (escola Prof. Dr. Roman de Oliveira Ortiz) e no bairro Santa Fé. O professor responsável pela associação, Régis Cândido, declara que a meta é de “criar ainda mais polos em outros bairros para atender mais pessoas”.

Para mais informações sobre a ONG ou para saber como participar das aulas pode entrar em contato pela página do facebook – facebook.com/Associacao.ProJudo, ou pelo email ong-projudo@hotmail.com. 

Por: ProJudô Taubaté

Um comentário:

  1. exelencia e competencia, profissionais dedicados e que amam o que fazem.

    ResponderExcluir

Gostou da matéria? Deixe um comentário!
Aproveite e seja um membro deste grupo, siga-nos e acompanhe o judô diariamente!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pesquisa personalizada